Meteorologia

  • 03 ABRIL 2020
Tempo
19º
MIN 7º MÁX 20º

Edição

Após greve, jogadoras espanholas chegam a acordo para salário mínimo

Atletas da primeira divisão passam a receber valor mínimo tabelado, mas também asseguraram alguns direitos como férias e licença de maternidade.

Após greve, jogadoras espanholas chegam a acordo para salário mínimo

As jogadoras do principal escalão de futebol em Espanha conseguiram esta quinta-feira chegar a acordo para que seja posta em prática uma tabela de salários mínimos para as atletas a competir nesta divisão.

Segundo o que está a ser noticiado, depois de fazerem greve - em novembro - e obrigarem ao adiamento de uma jornada, estas atletas fixaram o valor mínimo a ser recebido nos 16 mil euros.

Para além desta conquista, as atletas asseguraram outros benefícios 'básicos', como direito a férias e a licença de maternidade. 

"É um dia histórico. Este acordo coletivo é muito importante para as atletas que estavam preocupadas com o seu futuro. É também importante para as mulheres espanholas, porque quando um grupo de pessoas faz avanços todos os outros os conseguem", afirmou Irene Lozano.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório