Meteorologia

  • 19 MAIO 2024
Tempo
13º
MIN 13º MÁX 21º

Sabia que a Galp baixou os preços da luz e do gás? Veja o que pode poupar

Artigo patrocinado por Galp

'O dinheiro é de quem o poupa', reza a sabedoria popular. E se a poupança for feita em gastos a que não podemos fugir, tanto melhor. É o caso da energia, cujo nosso nível de dependência é indiscutível. Ora, temos boas notícias: os preços da luz e do gás praticados pela Galp baixaram, pelo que o mesmo será dizer que mais dinheiro poderá ser seu. Explicamos-lhe tudo.

Sabia que a Galp baixou os preços da luz e do gás? Veja o que pode poupar
Notícias ao Minuto

17:45 - 19/04/24 por Notícias ao Minuto

Economia Galp

Todos sentimos no bolso as consequências da generalizada subida de preços, fruto do aumento da inflação, que foi escalando, nomeadamente, a reboque de cenários de guerra com a Europa como palco e não só. Mas, desta vez, as notícias são outras e são boas: a Galp baixou os preços de eletricidade e de gás natural em média 28% e 19% respetivamente, permitindo aliviar a carteira dos seus atuais clientes e daqueles que o vierem a ser.

Se há consumo que temos como certo é o da energia. Sem luz e sem gás natural dificilmente conseguimos manter um estilo de vida compaginável com o que estamos habituados, pelo que esta descida de preços se reveste de uma importância acrescida. E se lhe dissermos que, ao mesmo tempo, a Galp tem a decorrer, em parceria com o Continente, uma campanha que prevê uma oferta de boas-vindas no valor de 75 euros na adesão ao plano Galp & Continente, as notícias ficam ainda melhores.

Mas vamos a contas. O que significa, na prática, a redução de preços por parte da Galp na ordem dos 28% para a eletricidade e de 19% para o gás natural? Nada como exemplos concretos.

Para um casal sem filhos e que tenha uma potência contratada de 3,45 kVA de eletricidade, a fatura mensal poderá ficar 9 euros mais leve, passando de 32,9 euros para 23,6 euros.

Já um casal com dois filhos e uma potência contratada de 6,9 kVA de eletricidade poderá passar a pagar mensalmente 40,7 euros em vez de 56 euros, o que representa menos 15 euros por mês no orçamento doméstico.

Para um casal sem filhos no primeiro escalão de consumo de gás natural, a descida de preços tornará a fatura mais magra em 3 euros, passando o custo mensal de 17 euros para 14 euros.

Portanto, qualquer que seja o caso, a sua conta bancária irá agradecer. E se estendermos esta descida de preços ao ano inteiro, a gratidão, claro, será ainda mais expressiva. Estamos a falar de uma poupança anual superior a 100 euros no primeiro exemplo fornecido, de quase 200 euros no segundo, e de perto de 40 euros no terceiro.

Oferta de 75 euros só até ao final de abril!

Já vimos que quem já é cliente Galp tem motivos para sorrir. Mas para quem não é os argumentos ficam ainda mais fortes - e mais ainda se estiver em processo de mudança de casa, tendo de escolher um fornecedor de eletricidade e/ou gás natural em mercado livre - se somarmos a esta equação a variável da campanha de adesão que mencionámos acima, que estará em vigor até ao dia 30 de abril. Como funciona, afinal?

Se aderir ao plano Galp & Continente até ao final do mês poderá, então, usufruir de até 75 euros em Cartão Continente. E, para o efeito, nem precisará de sair de casa. Basta aceder a casa.galp.pt e fazer a adesão online, de forma rápida e intuitiva.
 
Uma vez concretizada a adesão ao plano Galp & Continente, deverá registar o novo contrato na aplicação Mundo Galp, disponível nos principais sistemas operativos - Android e iOS -,  até 31 de maio. 

O passo seguinte é beneficiar da oferta com a primeira fatura emitida após o registo. Simples! Aproveite, mas não se esqueça de que só tem até 30 de abril!

Recomendados para si

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório