Meteorologia

  • 13 NOVEMBRO 2019
Tempo
16º
MIN 13º MÁX 20º

Edição

Banco de Inglaterra reduz previsão de crescimento. A culpa é do Brexit

O Banco de Inglaterra manteve hoje as taxas de juro no Reino Unido em 0,75%, reduzindo, contudo, a previsão de crescimento para 1,3% em 2018 e para 1,7% em 2019 devido aos efeitos da saída da União Europeia.

Banco de Inglaterra reduz previsão de crescimento. A culpa é do Brexit
Notícias ao Minuto

13:45 - 01/11/18 por Lusa

Economia Estimativa

A decisão foi tomada na reunião periódica do comité de política monetária e teve em conta o 'Brexit', através do qual o Reino Unido concretizará em março de 2019 a saída da União Europeia.

A manutenção das taxas de juro já era esperada pelos analistas, após a subida registada em agosto passado.

Na reunião, aquela instituição decidiu ainda manter o seu programa de estímulo económico, alocando 445 mil milhões de libras (cerca de 500 mil milhões de euros) para compra de dívida privada e soberana.

O Reino Unido está perto de fechar um acordo com a União Europeia sobre serviços financeiros que poderá facilitar o acesso das empresas britânicas ao mercado único europeu, disse hoje à Lusa fonte oficial.

A saída oficial está marcada para 29 de março de 2019, estando atualmente em negociações sobre os termos do divórcio e num impasse devido à fronteira entre a província britânica da Irlanda do Norte e a República da Irlanda, Estado-membro da UE.

Caso exista um entendimento, esta previsto um período de implementação dos termos do acordo até ao final de 2020, em que as relações entre o Reino Unido e o bloco europeu serão as mesmas.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório