Meteorologia

  • 15 OUTUBRO 2018
Tempo
18º
MIN 17º MÁX 20º

Edição

Lentidão algarvia para carrossel leonino demasiado veloz

Vitoria dos leões coloca, à condição, Sporting na liderança do campeonato, com mais três pontos do que o FC Porto, que, esta segunda-feira, recebe o Marítimo.

Lentidão algarvia para carrossel leonino demasiado veloz
Notícias ao Minuto

19:46 - 17/12/17 por Ricardo Santos Fernandes 

Desporto 15.ª jornada

O Sporting venceu, este domingo, o Portimonense, por 2-0, num jogo relativo à 15.ª jornada do campeonato nacional. Os golos foram apontados por Bruno Fernandes (9') e Bas Dost (60’).

Um triunfo que deixa os leões, à condição, na liderança do campeonato, com 39 pontos, esperando para ver o que faz o FC Porto, com 36, esta segunda-feira, quando receber o Marítimo no Estádio do Dragão. Já a formação algarvia, no 11.º lugar, permanece com 16 pontos, podendo apenas ser ultrapassada pelo Tondela, que contabiliza 15 pontos.

Uma montanha-russa que apaixonou Alvalade

O frio que se fez sentir em Alvalade não assustou o Sporting que entrou destemido em campo. Logo aos 2 minutos, Podence, após uma grande abertura de Bruno Fernandes, rematou já no interior da grande área, mas o guardião Ricardo Ferreira, com uma excelente mancha, evitou males maiores.

Se o primeiro assalto, protagonizado por Bruno Fernandes e Podence, não acabou em sucesso, à segunda tentativa, aos 9 minutos, o cofre do Portimonense foi mesmo ‘arrombado’, desta feita em papéis invertidos: o ‘rato atómico’ Daniel Podence assistiu na perfeição o médio português, que apontou o sétimo golo no campeonato.

Um inicio frenético que apaixonou as bancadas de Alvalade. O Sporting jogava em carrossel e aproveitava qualquer ocasião para perfurar a defesa algarvia, asfixiando qualquer hipótese de ataque à formação de Vítor Oliveira.

A espaços, o emblema de Portimão ia respirando, mas só o ‘quase’ impediu o Sporting, ao minuto 31, de dilatar a vantagem: após uma assistência primorosa de Bas Dost, Gelson Martins escorregou na área quando se preparava para rematar para uma baliza deserta.

Desperdício numa área e noutra. No lance imediatamente a seguir, o melhor marcador do Portimonense, Nakajima, isolou-se na grande área verde e branca, picou sobre Rui Patrício, mas a bola saiu ao lado.

Na montanha russa de Alvalade, nem o frio reduzia o batimento cardíaco dos adeptos leoninos e até ao final mais duas oportunidades para o emblema lisboeta alcançar o segundo golo: primeiro uma ‘bomba’ de Piccini, ainda fora da grande área, a rasar o poste esquerdo da baliza de Ricardo Ferreira e depois foi o central Lucas a tirar a bola em cima da linha.

Leão continuou feliz e o Portimonense permaneceu apático

A segunda parte terminou como a primeira. Os treinadores não mexeram ao intervalo e o leão começou por mostrar as garras, logo aos sete minutos da etapa complementar, por Gelson Martins. Adivinhava-se mais uma parte turbulenta para os jogadores de Vítor Oliveira.

E tudo ficou pior quando João Capela mostrou o segundo cartão amarelo a Hackman. Uma má notícia nunca vem só e apenas três minutos depois da expulsão do lateral-direito chegou o segundo golo do Sporting. Gelson assistiu e Bast Dost apareceu no coração da grande área, sem marcação. O holandês espremeu a laranja e assinou o 13.º golo no campeonato, ultrapassando o avançado do FC Porto, Aboubakar, que contabiliza 12.

Depois, Jorge Jesus entrou em modo gestão, operando logo de seguida duas saídas numa assentada: sairam Acuna e Podence, para as entradas de Battaglia e Bruno César. A toada leonina não diminuiu e apenas a espaços o Portimonense ia espevitando a avalanche verde e branca.

Até ao fim, os mais de 43 mil espectadores em Alvalade ainda estiveram perto de festejar o terceiro, mas Gelson acabou por rematar sem ângulo, não coroando uma bela exibição com um tento.

O frio de Alvalade acentuou-se e até os dois minutos de compensação dados por João Capela aceleraram a formação de Jorge Jesus para a liderança do campeonato. Isolada ou não? Esta segunda-feira saberemos.

Momento do jogo: O golo de Bas Dost, aos 60 minutos, encerrou em definitivo qualquer dúvida relativamente ao vencedor da partida.

Onze do Sporting: Patrício; Piccini, Coates, Mathieu e Fábio Coentrão; William Carvalho, Gelson, Bruno Fernandes e Acuña; Podence e Bas Dost.

Onze do Portimonense: Ricardo Ferreira; Hackman, Lucas, Rúben Fernandes e Lumor; Dener e Pedro Sá; Wellington, Paulinho e Nakajima; Fabrício.

Espanha - Ingaterra, um clássico de seleções! Aposte 20€ sem risco e ganhe 110€ como a Inglaterra vai ganhar!

Múltipla Liga das Nações: Aposte 20€ sem risco como Inglaterra e Islândia vão ganhar e ganhe 453,2€!

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório