Meteorologia

  • 22 JULHO 2019
Tempo
18º
MIN 17º MÁX 19º

Edição

Finais não rimam com banco de suplentes. A maldição de Iker Casillas

Guardião espanhol com registo inédito na carreira.

Finais não rimam com banco de suplentes. A maldição de Iker Casillas

Iker Casillas é um dos guarda-redes mais experientes que se encontra no ativo neste momento. O guardião espanhol assinou um belo percurso no Real Madrid antes de chegar ao FC Porto, mas há um dado negativo que não consegue... driblar. 

Depois da final da Taça da Liga perdida para o rival Sporting, na noite de sábado, Casillas voltou a ser protagonista de uma maldição. 

Sempre que a equipa que representa joga uma final e o espanhol fica no banco de suplentes, essa mesma equipa nunca consegue levantar o troféu. 

Como o Mister Chip recorda, tal maldição começou desde cedo, há mais de dez anos. Mais precisamente na Taça do Rei referente à temporada 2001/02. E o mesmo se repetiu na  Taça do Rei de 2003/04 e 2012/13. 

No momento em que ingressou no FC Porto, Casillas transportou a 'maldição' para Portugal. Primeiro, na final da Taça de Portugal disputada na época 2015/16 diante do Sporting de Braga, em que fui suplente de Helton, e agora na Taça da Liga diante do Sporting. 

Muitas vezes considerado um verdadeiro amuleto na equipa do FC Porto, este é um registo que Casillas quererá afastar o mais rapidamente possível. 

 

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório