Meteorologia

  • 17 JULHO 2018
Tempo
22º
MIN 20º MÁX 23º

Edição

"Garanto que nunca aliciámos ninguém. Nem nas modalidades"

Presidente do Benfica referiu também que o clube está "a equacionar deixar de contratar ou emprestar jogadores em Portugal".

"Garanto que nunca aliciámos ninguém. Nem nas modalidades"
Notícias ao Minuto

15:58 - 25/06/18 por Notícias Ao Minuto

Desporto Luís Filipe Vieira

O Benfica agendou, para as 15h30 desta segunda-feira, uma conferência de imprensa que foi levada a cabo pelo presidente Luís Filipe VieiraO evento surgiu pouco depois de a Polícia Judiciária ter realizado buscas nas instalações da SAD dos encarnados, numa operação que visa investigar a alegada existência de corrupção desportiva e fraude fiscal. 

Além do Benfica, também Paços de Ferreira, Vitória de Setúbal e Desportivo das Aves estão a ser investigados, por suspeitas de os respetivos jogadores terem recebidos subornos para vencer o FC Porto.

O líder das águias começou por ler um discurso preparado:

"Hoje como devem de imaginar fui surpreendido porque estaria a PJ nas instalações do Benfica. Estas buscas resultam de mais uma denúncia anónima com origem no Porto, e que está a ser investigada pelo DIAP do Porto. Baseia-se em factos falsos, envolvendo empréstimos e transferências de jogadores a alguns clubes da I Liga. Estou seguro que, com estas diligências, o resultado não deixará de ser clarificar e isentar o Benfica de qualquer suspeição. A mim não me incomoda nada que a PJ venha cá. Desconheço se esta investigação envolve outros clubes. Mas tudo isto, leva-nos a equacionar deixar de contratar ou emprestar jogadores em Portugal. O que aqui está em causa é a idoneidade dos jogadores e dos clubes."

"Não é por um mentira ser muitas vezes repetida, que se torna verdade. Não é com muitas denúncias anónimas que se prova qualquer ilegalidade. Tem sido a nossa serenidade e espírito de colaboração que o processo relacionado com os vouchers tenha sido arquivado e, agora, encerrado. Sem esquecer a decisão do Tribunal da Relação do Porto no caso dos emails", terminou Luís Filipe Vieira, respondendo agora a perguntas de jornalistas.

Graves suspeições: "Partindo do pressuposto que todos os clubes emprestam e contratam jogadores em Portugal, dá-me ideia que todos os clubes devem estar a ser investigados. Acho é que nem é o Benfica a emprestar mais jogadores. O que é grave nisto são as denúncias anónimas que criam suspeições sobre os clubes e também sobre jogadores. Isto tem de acabar. Posso dizer aos benfiquistas que nada faz sentido nestas buscas. Por isso, quem faz estas denúncias, não sei o que pretende. Se vamos começar um campeonato assim, já sabemos como se estão a condicionar pessoas."

Deixar de emprestar e contratar jogadores por empréstimo em Portugal vai ter efeito imediato?: "Este defeso não poderá ser. Poderá sim, de certeza absoluta, o Benfica deixar de emprestar jogadores, excepto os jogadores da sua formação. É difícil viver neste ambiente de suspeições. E há aqueles que nada têm a perder com isto e que estão ligados a casos de corrupção em Portugal, e bastante graves, se calhar estão sentados numa cadeira a olhar para mim e a rir-se. Que se investigue também os outros clubes. Acham que é o Benfica que diz que aquele determinado jogador vai fazer um penálti a dois minutos do fim? Nem o Benfica nem nenhum clube, acho eu."

Aliciamento de jogadores: "Garanto que nunca aliciámos ninguém. Nem nas modalidades. Mas basta olhar para os plantéis do Benfica, para ver os melhores plantéis em Portugal. Hoje passou a ser natural o Benfica ser campeão. Repare: o Benfica não ganhou o campeonato. E houve coisas estranhas nos relvados. Ouviram-me a mim ou a alguém do Benfica criar alguma suspeição? Era a coisa mais fácil. Nós não podemos colocar em causa a idoneidade dos jogadores. Qualquer dia temos de montar um gabinete só para denúncias anónimas."

João Amaral: "Na Liga está lá tudo. Veja com atenção quantas vezes o João Amaral jogou contra nós. Vocês têm de estar mais atentos ao que dizem e ler as coisas com atenção".

Timing da conferência: "Nunca me incomodou que a Polícia Judiciária viesse cá. Até poderiam sugerir que, com o clima que existe, de mês a mês investigassem os principais clubes em Portugal. Ficamos incomodados é com alguma comunicação que liga o Benfica à corrupção, sem saber o que se passa. Dizem logo que há corrupção no Benfica. Isso está mal. Se hoje eu vim aqui é porque o campeonato está a começar. Não são vocês que marcam o timing com que eu falo. Falo pouco, mas quando falo quer ser ouvido. E sabem por que é que eu pouco falo? Fui quatro vezes campeão e não dei nenhuma entrevista. Se falar uma vez por ano chega".

Denúncia terá sido do FC Porto: "Deixo-o a si a tratar disso. Faça estas investigações já que é jornalista. Mas é fácil perceber que há um senhor que fala todos os dias que parece um espantalho, daqueles de espantar pardais. Vocês é que têm de ver o que se passa. O Sport Lisboa e Benfica está completamente sereno, calmo e de cabeça bem levantada".

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório

Os cookies ajudam-nos a melhorar a sua experiência como utilizador.

Ao utilizar o nosso website, está a aceitar o uso de cookies e a concordar com a nossa política de utilização.