Meteorologia

  • 28 JUNHO 2017
Tempo
24º
MIN 21º MÁX 25º

Edição

"Prometi que não deixaria repetir o que aconteceu no FC Porto"

Paulo Fonseca recorda a passagem pelo Dragão, deixa um aviso ao Benfica e ainda elogios a Jorge Jesus.

"Prometi que não deixaria repetir o que aconteceu no FC Porto"
Notícias ao Minuto

07:05 - 18/10/16 por Carlos Pereira Fernandes

Desporto Paulo Fonseca

Paulo Fonseca estreia-se, esta temporada, enquanto técnico no estrangeiro, após passagens por clubes como Paços de Ferreira, Sporting de Braga e FC Porto.

O técnico português soma já 14 vitórias em 18 jogos e, apesar da eliminação da Liga dos Campeões, permanece no topo da Liga ucraniana, um objetivo que pretende assegurar até final da época.

Em entrevista ao jornal Record, o treinador abordou, entre outros temas, a passagem pelo Dragão, em que, admite, não ter sido “genuíno” foi um dos fatores responsáveis, algo não irá repetir-se no Shakhtar Donetsk.

“Prometi a mim mesmo que não deixaria acontecer o mesmo. A experiência no FC Porto foi muito enriquecedora a todos os níveis, e obviamente hoje sou um treinador diferente”, refere, garantindo que essa é “uma página virada” na sua vida, até porque já assumiu as suas “responsabilidades”.

Ainda assim, Paulo Fonseca garante que um dos seus objetivos passa por regressar a Portugal para orientar um dos três ‘grandes’: “Não perdi esse objetivo de voltar a um dos grandes e acredito que no futuro isso vai acontecer! Não sei é quando”.

“Provavelmente ao FC Porto não será, pois será difícil ter aí uma experiência em função do que se passou. Mas é importante dizer que estou muito feliz na Ucrânia e não está nos meus objetivos regressar a breve prazo”, acrescenta.

O técnico falou também do Dínamo Kiev, adversário do Benfica na terceira jornada da fase de grupos da Liga dos Campeões, e uma equipa que considera “muito forte e que vai jogar em casa”.

“Conheço bem o Dínamo Kiev, julgo que não existe um favorito. Vai ser um jogo muito equilibrado e qualquer uma das equipas poderá vencer. Será determinante para as duas”, antecipou.

Finalmente, Paulo Fonseca deixou algumas palavras àquele que considera um dos seus ‘mentores’ no mundo do futebol: Jorge Jesus.

“Tive muitos treinadores e alguns marcaram-me imenso. Agora aquele com quem aprendi mais a nível tático e com quem ganhei este interesse pela função de treinador foi com o Jesus! Já naquela altura ele estava muito avançado para a época e aprendi muito com ele. Agora se me perguntarem se quero ser como ele… Longe disso! Tenho as minhas ideias, que fui construindo, e não são parecidas com as do Jorge Jesus.”, termina.

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório