Meteorologia

  • 16 DEZEMBRO 2018
Tempo
15º
MIN 14º MÁX 15º

Edição

E.coli na origem da morte de menina de sete anos na Maia

A Autoridade da Saúde identificou a bactéria que causou a doença da aluna. Fica assim afastada a hipótese de o contágio ter acontecido a partir do contacto com um hamster.

E.coli na origem da morte de menina de sete anos na Maia
Notícias ao Minuto

22:20 - 21/11/17 por Notícias Ao Minuto 

País Bactéria

A morte da uma criança de sete anos, aluna na escola do Centro Escolar da Gandra, na Maia, terá sido provocada pela bactéria Escherichia Coli, normalmente referida como E.coli. A Autoridade da Saúde identificou a bactéria que provocou a doença da criança. Terá sido contraída a partir de uma “fonte alimentar”, de acordo com um comunicado do Ministério da Agricultura.

O Ministério da Agricultura põe de lado a hipótese de o contágio ter acontecido através de um hamster de estimação.

“Na sequência de diversas notícias relatando a ocorrência da morte de uma criança no concelho da Maia, cuja origem tem sido atribuída a contágio a partir de um hamster, animal de companhia na família da vítima, a Direção Geral de Alimentação e Veterinária esclarece que não há qualquer evidência de que o foco de contágio tenha sido o animal de estimação, tendo em conta que nenhuma das doenças transmitidas dos roedores para os humanos provoca diarreia e vómitos nas pessoas atingidas”, pode ler-se no comunicado enviado às redações.

Em 2011, um surto da bactéria E.coli na Europa provocou a morte a mais de 30 pessoas. A Alemanha foi o país onde se registaram mais casos e vítimas mortais desta bactéria.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório