Meteorologia

  • 17 JUNHO 2024
Tempo
19º
MIN 16º MÁX 22º

25 de Abril. Lula esteve em comemoração no Brasil (e Montenegro agradece)

O primeiro-ministro português agradeceu hoje a presença do Presidente do Brasil num jantar comemorativo dos 50 anos do 25 de Abril na residência oficial da Embaixada de Portugal em Brasília.

25 de Abril. Lula esteve em comemoração no Brasil (e Montenegro agradece)
Notícias ao Minuto

22:20 - 25/04/24 por Lusa

País 25 de Abril

"Na impossibilidade de acompanhar em Lisboa as comemorações dos 50 anos do 25 de abril, o Presidente da República Federativa do Brasil honrou esta efeméride com a sua presença num jantar na residência oficial do Embaixador de Portugal em Brasília. Um gesto que agradeço e assinala, também no Brasil, esta importante data na comunidade lusófona", escreveu Luís Montenegro, na rede social X (ex-Twitter).

A 11 de abril, em declarações à Lusa, fontes oficiais brasileiras indicaram que o Presidente brasileiro não marcaria presença em Portugal nas comemorações dos 50 anos 25 de Abril, tendo posteriormente adiantado que Lula da Silva participaria num jantar comemorativo da data na residência oficial da Embaixada de Portugal em Brasília.

O Presidente do Brasil esteve presente na Assembleia da República no 25 de Abril do ano passado, o que gerou polémica.

Em fevereiro de 2023, o então ministro dos Negócios Estrangeiros, João Gomes Cravinho, durante uma viagem a Brasília, anunciou que Lula da Silva iria discursar na sessão solene dos 49 anos da celebração da Revolução dos Cravos.

Contudo, após críticas de várias bancadas parlamentares portuguesas, o chefe de Estado acabou por não discursar nem estar na sessão solene 25 de Abril.

Em vez disso, foi realizada uma sessão de boas-vindas a Lula da Silva, nesse mesmo dia, na Assembleia da República, que antecedeu a sessão solene do 25 de Abril e que ficou marcada por um protesto do partido Chega durante o discurso do Presidente brasileiro.

Lula da Silva desvalorizou o protesto, considerando que as "pessoas quando não têm uma coisa boa para aparecer" fazem "essa cena de ridículo", um "papelão".

Este ano, os chefes de Estado de Angola, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, São Tomé e Príncipe, países africanos de língua oficial portuguesa (PALOP), e de Timor-Leste participaram em Lisboa numa sessão evocativa do 25 de Abril.

Leia Também: Centenas de milhares de pessoas desfilaram em Lisboa no 25 de Abril

Recomendados para si

;
Campo obrigatório