GNR alerta: "Não divulgue a localização das nossas patrulhas"

Na página de Facebook, esta autoridade pediu que se mantenha o sigilo sobre o local das patrulhas.

© Facebook / GNR
País Facebook

A Guarda Nacional Republicana (GNR) continua em busca do suspeito dos crimes de Aguiar da Beira, que vitimaram mortalmente duas pessoas, entre elas um militar, e deixaram três pessoas feridas, dois GNR e uma civil que ainda se encontra internada.

PUB

A GNR tem estado com um forte contingente no terreno e o quotidiano das populações tem sido afetada. Contudo, as autoridades têm tentado manter a normalidade e pedido ajuda para capturar o homem em fuga.

Esta tarde, a GNR pediu, através de uma publicação na sua página do Facebook, que as pessoas não divulguem o local onde estão os militares.

“Não divulgue a localização das nossas patrulhas”, acrescentando a frase “por questões de segurança”.

COMENTÁRIOS REGRAS DE CONDUTA DOS COMENTÁRIOS

Seja o primeiro a saber todas as novidades de Pais

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias Ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser