Meteorologia

  • 22 NOVEMBRO 2019
Tempo
15º
MIN 13º MÁX 18º

Edição

Furacão Lorenzo. Governo dos Açores determina ajuda social de emergência

O Governo dos Açores vai atribuir apoios extraordinários na área da habitação às famílias do Faial, Flores, Pico, São Jorge e Graciosa, afetadas pela passagem do furacão Lorenzo, e um apoio social de emergência para agregados em carência económica.

Furacão Lorenzo. Governo dos Açores determina ajuda social de emergência
Notícias ao Minuto

16:10 - 18/10/19 por Lusa

País Açores

A resolução que aprova este regime excecional de apoio às famílias afetadas pela passagem do furacão naquelas ilhas foi hoje publicada em Jornal Oficial.

"Na sequência da passagem do furacão Lorenzo pelo arquipélago no início deste mês, o Governo Regional aprovou, em 11 de outubro, o regime excecional de apoios a conceder às famílias do Faial, Flores, Pico, São Jorge e Graciosa, de forma a responder às necessidades decorrentes dos danos sofridos nas habitações onde residem, mas também, no caso de famílias em comprovada carência económica, através de apoio para aquisição de algum recheio essencial, nomeadamente mobiliário ou eletrodomésticos", refere uma nota do executivo.

Assim, estarão abrangidos "os cidadãos que residam a título permanente nas habitações afetadas" e o apoio "será aferido em função dos trabalhos a executar, atendendo aos levantamentos e orçamentos realizados pelos serviços da Direção Regional da Habitação, por altura daquela intempérie, na sequência das vistorias realizadas às moradias sinistradas", explica ainda o Governo açoriano.

Na área da habitação, este regime excecional de apoio será gerido pela Direção Regional de Habitação em colaboração com o Instituto da Segurança Social dos Açores.

Será concedido ainda um apoio social de emergência destinado às famílias que se encontrem em situação de comprovada carência económica, que dependerá da avaliação a efetuar pelas equipas do Instituto de Segurança Social dos Açores.

"Este apoio destina-se às aquisições essenciais e emergentes de equipamento doméstico essencial ou outras, consideradas imprescindíveis ao estabelecimento de condições mínimas e imediatas de subsistência, salubridade ou conforto do agregado familiar em causa", de acordo com a resolução.

Também hoje foram publicadas em Jornal Oficial outras resoluções que permitem atribuir apoios extraordinários aos agricultores, armadores e pescadores e empresas afetados pela passagem do furacão "Lorenzo".

Na quinta-feira foi publicada em Jornal Oficial a resolução que declara a situação de calamidade pública nos Açores, assegurando apoios para fazer face aos prejuízos registados.

A passagem do furacão "Lorenzo" nos Açores, em 02 de outubro, provocou prejuízos de cerca de 330 milhões de euros, segundo anunciou na segunda-feira o presidente do Governo Regional, Vasco Cordeiro.

Foram registadas 255 ocorrências, tendo o mau tempo obrigado ao realojamento de 53 pessoas.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório