Meteorologia

  • 18 ABRIL 2021
Tempo
19º
MIN 11º MÁX 24º

Edição

AO MINUTO: Recuperados superam novos casos; "Não Deixes Cair a Máscara"

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19 em Portugal e no Mundo.

AO MINUTO: Recuperados superam novos casos; "Não Deixes Cair a Máscara"

Portugal está desde as 00h00 desta terça-feira num (novo) Estado de Emergência devido à pandemia de Covid-19, passando os 278 municípios do continente a estar divididos em quatro grupos, consoante os níveis de risco de transmissão - aqui recordamos em que 'nível' se encontra a sua região e que medidas tem de adotar. Este regime excecional vigora até às até às 23h59 de dia 8 de dezembro.

Já a ministra da Justiça assegurou ontem, após um encontro com Marcelo Rebelo de Sousa, que a situação pandémica nos estabelecimentos prisionais de Portugal está "totalmente" controlada, apesar de cerca de 350 reclusos terem testado positivo à Covid-19.

Portugal somou, nas últimas 24 horas, mais 85 vítimas mortais e 3.919 contágios do novo coronavírus. De acordo com o relatório epidemiológico divulgado, esta terça-feira, pela Direção-Geral da Saúde (DGS), em termos cumulativos, o país passou a contabilizar 4.056 óbitos e 268.721 casos confirmados de Covid-19, desde o início da pandemia.

Consulte os mapas da evolução da pandemia do novo coronavírus em Portugal e no Mundo.

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19 em Portugal e no Mundo:

15h50 - Boa tarde! Este registo termina, mas pode continuar a acompanhar todas as incidências relacionadas com o novo coronavírus aqui

15h45 - Israel manda preparar plano de vacinação. O Gabinete Coronavírus de Israel determinou a preparação de um plano de vacinação contra o SARS-CoV-2, a ser apresentado ao primeiro-ministro, Benjamin Netanyahu, e ao seu parceiro de coligação e ministro da Defesa, Benny Gantz.

15h41 - Enfermeira mostra o antes e depois após oito meses a combater a Covid-19. O combate à pandemia da Covid-19 tem levado os profissionais de saúde ao extremo, obrigando-os a trabalhar muitas horas e a darem muito de si para salvarem outros. Kathryn é uma enfermeira norte-americana que terminou o curso no passado mês de abril e foi colocada na linha da frente desta luta. Agora, publicou uma fotografia de como os seus traços faciais mudaram

15h10 - Espanha vai começar por vacinar utentes e pessoal de lares de idosos. Os residentes e o pessoal sanitário e auxiliar dos lares para a terceira idade vão ser os primeiros a serem vacinados contra a Covid-19 em Espanha a partir de janeiro, anunciou hoje o ministro da Saúde espanhol.

14h55 - Salah apto para voltar a jogar após testes negativos. O futebolista Mohamed Salah, avançado do Liverpool, testou negativo para o novo coronavírus e está apto para voltar à competição, após dois testes positivos que o obrigaram a parar desde 13 de novembro, anunciou hoje o clube inglês.

14h43 - Mais de 30 casos em surto num lar da Santa Casa da Misericórdia de Chaves. Um lar para idosos da Santa Casa de Misericórdia de Chaves tem 32 infetados com o novo coronavírus, entre os quais 14 funcionários e 18 utentes, nenhum deles em estado grave, adiantou hoje à Lusa o provedor.

14h17 - Recuperados superam os novos casos. Acaba de ser divulgado pela Direção Geral de Saúde o relatório epidemiológico das últimas horas em Portugal. Há a registar mais 3.919 novas infeções e mais 85 óbitos, mas também mais 7.406 recuperados. A região Norte mantém-se como a mais afetada, totalizando 2.284 dos novos contágios e 50 óbitos.

Preocupante continua a ser também o número de internamentos. Há hoje 3.275 pessoas internadas em enfermaria (mais 34 do que na véspera), das quais 506 (mais oito) em unidades de Cuidados Intensivos.

13h59 - Rede Expressos suspende atividade nos fins de semana, pontes e feriados. "A Rede Expressos, cumprindo a resolução do Conselho de Ministros, decidiu suspender a atividade nos próximos dois fins de semana perante a impossibilidade de haver deslocações entre concelhos", avançou a empresa em comunicado.

13h50 - Hotel em Braga reativado como unidade de retaguarda. O Hotel João Paulo II, junto ao Santuário do Sameiro, foi reativado esta segunda-feira como unidade de retaguarda distrital para doentes Covid-19 e tem capacidade para 70 camas, revelou o presidente da Câmara de Barcelos.

13h43 - Volume de negócios das companhias aéreas cairá mais de 60% este ano face a 2019, ficando em 328 mil milhões de dólares (276 mil milhões de euros), no pior ano para o setor. Os dados são da Associação Internacional de Transporte Aéreo (IATA) que salienta: "A crise da Covid-19 ameaçou a sobrevivência da indústria do transporte aéreo" e "os livros de história vão lembrar 2020 como o pior ano financeiro" para o setor.

13h30 - Papa critica protestos contra medidas antiCovid e elogia mulheres líderes. O Papa Francisco critica em livro os que protestam contra as medidas impostas para conter as infeções com o novo coronavírus, incluindo alguns membros da Igreja, e defende que a pandemia foi mais bem conduzida em países liderados por mulheres.

13h24 - Governo apela ao uso de máscaras reutilizáveis para evitar danos ambientais (e não só). O Governo apelou hoje para o uso de máscaras respiratórias reutilizáveis para reduzir os custos ambientais das descartáveis, que podem representar seis toneladas de plástico a ir parar aos mares todos os meses, só a partir de Portugal. Mas também para garantir que pessoas "com problemas de saúde específicos que exijam a sua utilização" as tenham disponíveis.

13h04 - UE acorda compra de até 160 milhões de doses da vacina da Moderna. A União Europeia chegou a acordo com a norte-americana Moderna para a aquisição de 160 milhões de doses da vacina contra a Covid-19. Anúncio foi feito esta terça-feira por Ursula Von der Leyen no Twitter.

"Amanhã vamos aprovar um sexto contrato para até 160 milhões de doses da vacina da Moderna", escreveu a presidente da Comissão Europeia na rede social, destacando ainda que a Europa está a "construir o mais vasto portefólio de vacinas contra a Covid-19" do Mundo. 

12h58 - Países mais pobres "não podem ser espezinhados" na corrida à vacina. A Organização Mundial de Saúde (OMS) avisa que os países mais pobres não devem ser colocados em desvantagem, tendo em conta os recentes desenvolvimentos das grandes farmacêuticas no desenvolvimento de vacinas para o combate ao novo coronavírus.

12h47 - Pelo menos 1,397 milhões de mortos no Mundo. A pandemia da covid-19 já causou pelo menos 1.397.322 mortos no mundo desde que o novo coronavírus foi descoberto em dezembro na China, indica um balanço da agência France-Presse até às 11 horas.

12h40 - Taxa de incidência na Rússia quase triplicou desde início de outubro. O Governo russo admitiu hoje que a propagação do novo coronavírus se está a complicar, tendo a taxa de incidência da Covid-19 quase triplicado desde desde o início de outubro. Nas últimas 24 horas, a Rússia detetou 24.326 novos casos de infeção nas suas 85 regiões e 491 mortes por Covid-19, um novo recorde desde o início da pandemia.

12h22 - Surto em lar de Gavião com 40 infetados. Um surto de covid-19 num dos três lares da Santa Casa da Misericórdia de Gavião, no distrito de Portalegre, infetou pelo menos 40 utentes e funcionários, disse hoje à agência Lusa o presidente do município, José Pio.

12h07 - "SNS trabalha todos os dias para dar resposta a todos os doentes". Marta Temido participou, esta terça-feira, no lançamento da primeira pedra de três novas unidades de saúde em Lisboa e, aos jornalistas, afirmou que "o Serviço Nacional de Saúde trabalha todos os dias para dar resposta a todos os doentes: aos doentes Covid e aos doentes com outras patologias". 

"Mas, neste momento, como em nenhum outro, precisamos que toda a população se empenhe para quebrar cadeias de transmissão para que tenhamos menos casos todos os dias, para que menos casos precisem de hospitalização, para que menos casos hospitalizados precisem de cuidados intensivos", frisou a ministra da Saúde.

11h50 - Ordem lamenta regras "injustas" e "desonestas" de prémio para os médicos. A Ordem dos Médicos (OM) lamentou hoje o que classifica de propaganda do Governo quanto ao prémio a atribuir aos profissionais de saúde que trabalharam na primeira vaga do combate à pandemia, considerando as regras injustas e desonestas.

11h42 - Reduzir quarentena à chegada a Inglaterra vai custar mais de 70 euros. A redução da quarentena exigida às pessoas que cheguem a Inglaterra do estrangeiro, de duas semanas para cinco dias, depende do resultado de um teste pago pelos viajantes, que custa pelo menos 65 libras (73 euros)

De acordo com o novo sistema, que entra em vigor a 15 de dezembro, as pessoas que cheguem de países sem isenção de quarentena têm na mesma de iniciar isolamento profilático, mas após cinco dias podem realizar um teste de diagnóstico à Covid-19. Se o resultado for negativo, podem sair da quarentena. 

11h32 - Índia com 37.975 casos e 480 mortos nas últimas 24 horas. A Índia registou 37.975 casos de covid-19 e 480 mortos nas últimas 24 horas, segundo os dados do Ministério da Saúde indiano, divulgados hoje. Desde o início da pandemia, a Índia contabilizou mais de 9,1 milhões de casos de Covid-19 (9.177.840), mantendo-se como o segundo país com mais infeções, atrás dos Estados Unidos, que no último balanço contava com mais de 12,3 milhões.

10h56 - Rússia diz que vacina contra o vírus SARS-CoV-2 é 95% eficaz. A vacina russa contra o novo coronavírus - Sputnik V - é 95% eficaz, de acordo com uma segunda análise provisória de dados de testes clínicos, avança a AFP.

10h52 - Espanha propõe limitação de familiares no Natal e confinamento no Ano Novo. O governo espanhol propõe limitar as reuniões familiares e sociais durante o Natal a seis pessoas e um confinamento noturno entre a 1h00 e as 6h00 da manhã nas vésperas de Natal e de Ano Novo (24 e 31 de dezembro), noticia a Europa Press, com base no documento com as medidas de saúde pública propostas para a quadra natalícia.

10h46 - Estados alemães querem regras especiais para o Natal e Ano Novo. Os Estados federados alemães acordaram regras especiais para o Natal e o Ano Novo, nomeadamente reuniões com até dez pessoas de diferentes casas, com crianças até 14 anos excluídas deste cálculo, segundo os media locais.

10h38 - "Na primeira onda fizemos alguns erros". O ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, admitiu hoje, em Berlim, que os países europeus cometeram "alguns erros" durante a primeira vaga da pandemia de Covid-19, garantindo que estão a reagir a eles positivamente.

"Na primeira onda fizemos alguns erros, mas estamos a reagir de uma forma positiva, com uma liderança importante da Comissão Europeia, coordenando as medidas, acelerando a produção da vacina e implementando uma estratégia de vacinação", sublinhou Santos Silva, ao lado dos seus homólogos da Alemanha e da Eslovénia, que formam o Trio de Presidências da União Europeia em 2020/2021.

10h25 - Ordem dos Médicos lança manual 'Viver em Tempo de Covid-19'. Neste guia, a Ordem responde às principais dúvidas e dá explicações sobre questões que ainda possam subsistir. Recorde-o e consulte-o no link disponibilizado abaixo.

10h16 - As características físicas que aumentam o risco de infeção. Um novo estudo realizado nos Estados Unidos, destaca que traços físicos como a dentição completa ou o nariz entupido podem elevar a quantidade de disseminação de gotículas infetadas com o novo coronavírus SARS-CoV-2, por trás da doença da Covid-19. Leia aqui.

09h53 - Beatriz Ângelo sem capacidade para doentes Covid em cuidados intensivos. O Hospital Beatriz Ângelo, em Loures, esgotou a capacidade para doentes Covid-19 em Unidade de Cuidados Intensivos. De acordo com a informação avançada pela TVI24, desde domingo que há 10 doentes internados em cuidados intensivos, seis dos quais ventilados. A estação de Queluz revela ainda que, desde o início da segunda vaga de covid-19 em Portugal, esta é a primeira vez que a unidade hospitalar atinge o limite.

09h45 - Parlamento Europeu aprova 37,5 milhões para Portugal enfrentar pandemia. O Parlamento Europeu (PE) aprovou hoje, em sessão plenária, um pacote de 37,5 milhões de euros, mobilizados através do Fundo de Solidariedade Europeu (FSUE), para Portugal "fazer face à emergência sanitária de Covid-19".

09h38 - África com mais 273 mortos e 11.000 infetados nas últimas 24h. África registou 273 mortes devido à Covid-19 nas últimas 24 horas, aumentando para 49.975 o total de vítimas mortais pelo novo coronavírus, que já infetou 2.080.923 pessoas no continente, segundo dados oficiais.

09h23 - Porto é o único distrito do Norte que regista diminuição de novos casos. O distrito do Porto registou, entre a segunda e terceira semana de novembro, uma diminuição de novos casos de infeção por SARS-CoV-2, e o de Bragança o maior crescimento, segundo um relatório da Administração Regional de Saúde do Norte.

09h20 - Recorde o boletim epidemiológico desta segunda-feira. Portugal somou, nas últimas 24 horas, mais 74 vítimas mortais e 4.044 contágios do novo coronavírus. Em termos cumulativos, o país passou a contabilizar 3.971 óbitos e 264.802 casos confirmados de Covid-19, desde o início da pandemia.

09h14 - Países que retirem medidas no Natal terão mais internamentos em janeiro. O Centro Europeu de Controlo de Doenças estima que se os países que em outubro e novembro tomaram novas medidas para controlar a pandemia as levantassem a 21 de dezembro, os internamentos hospitalares aumentariam na primeira semana de janeiro.

As projeções do ECDC indicam que Portugal deve atingir até ao final de novembro o pico de novos casos de Covid-19, mas que o pico de óbitos deve acontecer já em dezembro, com um número diário que se poderá manter elevado até ao Natal.

09h00 - Fraude financeira dispara desde março com aumento de transações online. Um relatório sobre crime financeiro indicou hoje que a taxa de fraude financeira disparou 60,5% desde março, quando começaram os períodos de confinamento devido à pandemia da Covid-19.

08h52 - Vacina da tríplice viral pode ajudar a diminuir propagação da Covid-19. Cientistas afirmam que a vacina tríplice contra o sarampo, papeira e rubéola (VASPR) pode ajudar a atenuar a propagação do novo coronavírus SARS-CoV-2, causador da Covid-19, enquanto se aguarda que outras vacinas próprias para combater o vírus estejam prontas.

08h34 - Máscara. distância, etiqueta respiratória, mãos e app. "O controle da pandemia depende da responsabilidade individual. Lembre-se sempre destas cinco regras simples que podem fazer a diferença na transmissão do vírus", recorda o Serviço Nacional de Saúde no Twitter. "Cuide de si, cuide de todos!"

08h22 - Alemanha com mais 13 mil infeções e 249 mortes nas últimas 24h. As autoridades sanitárias alemãs notificam esta terça-feira mais 13.554 novos casos de infeção reportados nas últimas 24 horas, de acordo com o Instituto Robert Koch (RKI), elevando o número total para 942.687. Na véspera tinham sido reportados 10.864 contágios.

08h20 - "Não estamos em caos de modo nenhum". O diretor do serviço de Infecciologia do Hospital de São João reconhece que há uma "carga de trabalho muito grande", mas têm sido mantidos os "níveis adequados quer em enfermaria, quer em cuidados intensivos". António Sarmento garante que a unidade hospitalar não está num "caos", apesar da "carga de trabalho muito grande".

08h00 - As medidas e as exceções do novo Estado de Emergência. O decreto do Governo que regulamenta a aplicação do novo Estado de Emergência devido à pandemia de Covid-19, em vigor desde as 00h00 desta terça-feira, enumera as medidas já anunciadas, estabelecendo também as exceções às proibições impostas. Saiba tudo aqui.

Ver esta publicação no Instagram

Uma publicação partilhada por República Portuguesa (@gov_pt)

07h56 - Especialistas com dúvidas sobre dados da vacina de Oxford/AstraZeneca. A vacina contra a Covid-19, que está a ser desenvolvida pela universidade de Oxford e pela AstraZeneca, demonstra ter uma eficácia média de 70%, segundo dados divulgados esta segunda-feira.

Contudo, a farmacêutica, no comunicado que enviou, não expôs os dados concretos que os levaram a essa conclusão. "Sem saber disso, é difícil saber a importância das suas descobertas", disse Paul Offit, da FDA, que irá rever as vacinas Covid-19 antes de serem colocadas no mercado.

07h49 - Companhia australiana vai exigir vacinação a passageiros internacionais. A companhia aérea Qantas vai exigir que os passageiros de voos internacionais sejam previamente vacinados contra a Covid-19, anunciou o presidente executivo da empresa.

07h40 - Saúde. Prémio só para 1.ª vaga; Privados negam tolerância. Veja aqui a Revista de Imprensa e fique a par das notícias que estão nas capas dos jornais desta terça-feira.

07h23 - 60% dos novos casos na Coreia do Sul com origem em reuniões familiares. As autoridades sul-coreanas apelaram hoje aos cidadãos para reduzirem as interações sociais para travar a terceira vaga da Covid-19, dado que cerca de 60% dos casos têm origem em reuniões familiares e de amigos.

07h16 - EUA registam mais 835 mortos e 176 mil casos num só dia. O Instituto de Métricas e Avaliações de Saúde da Universidade de Washington estimou que até ao final do ano os Estados Unidos vão atingir as 320 mil mortes até ao final do ano e 440 mil até 1 de março.

Os Estados Unidos são o país com mais mortos e também com mais casos de infeção confirmados.

07h10 - Portugal entrou num novo Estado de Emergência. Reveja em que 'nível' - moderado, elevado, muito elevado ou extremamente elevado - está a sua região e que medidas deve tomar, neste link. Abaixo, o mapa publicado pelo Executivo de António Costa.

07h06 - Teste negativo cinco dias após chegada a Inglaterra reduz quarentena. Os viajantes que entrarem em Inglaterra e que são obrigados a cumprir quarentena, poderão, em dezembro, encurtar esse isolamento, caso tenham um teste negativo para o novo coronavírus cinco dias após sua chegada, anunciou o Governo britânico.

07h02 - México regista 250 mortos nas últimas 24 horas. O México registou 250 mortos e 7.483 infetados com o novo coronavírus nas últimas 24 horas, disseram as autoridades. 

07h00 - Bom dia! Iniciamos um novo registo onde o vamos colocar a par de todas as incidências relacionadas com a Covid-19 em Portugal e no resto do Mundo. Para recordar as notícias de ontem, clique aqui.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório