Meteorologia

  • 18 NOVEMBRO 2019
Tempo
11º
MIN 9º MÁX 15º

Edição

Roubaram 29 Apple Watches, mas há um detalhe que ladrões não sabiam

Os relógios de exposição têm funcionalidades limitadas, apesar de serem idênticos aos originais.

Três jovens estão a ser procurados pela polícia australiana por terem roubado 12 Apple Watches de uma loja de um shopping em Charlestown, Austrália, no dia 18 de setembro. Já no dia 2 de outubro, foram a outro centro comercial, em Hornsby, e roubaram mais 17 exemplares. Mas há um pormenor que estes ladrões não conhecerão: estes relógios de exposição têm funcionalidades limitadas, apesar de se assemelharem aos originais.

A polícia de New South Wales alerta a população para se precaver porque estes relógios poderão ter sido colocados à venda. Sugere a força de segurança que nas compras online seja solicitado o comprovativo de compra do equipamento.

As imagens de videovigilância da loja foram divulgadas e pode vê-las na galeria. A polícia pretende, com esta divulgação, identificar os assaltantes. Um deles é descrito como sendo um jovem caucasiano, que terá entre 18 a 20 anos, barba e bigode pretos. 

Outro dos elementos é também descrito como sendo caucasiano que estará no mesmo intervalo de idades e o terceiro jovem terá entre 15 e 17 anos e cabelos escuros e curtos.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório