Meteorologia

  • 21 NOVEMBRO 2018
Tempo
12º
MIN 12º MÁX 12º

Edição

Mais de um milhão de pessoas em Madrid na marcha de Orgulho Gay

Mais de um milhão de pessoas participaram hoje, em Madrid, na marcha de Orgulho Gay, que este ano teve como lema "Conquistando a igualdade, TRANSformando a sociedade".

Mais de um milhão de pessoas em Madrid na marcha de Orgulho Gay
Notícias ao Minuto

22:46 - 07/07/18 por Lusa

Mundo Espanha

Os organizadores anunciaram o cortejo de 47 carros alegóricos e esperam a participação de cerca de um milhão de pessoas, o mesmo número do ano passado, quando se celebrou o WorldPride na capital espanhola.

Com o tema 'Conquistando a igualdade, TRANSformando a sociedade", a principal reivindicação da edição deste ano da marcha de Orgulho Gay os direitos dos transexuais teve, pela primeira vez, dois ministros na linha da frente da marcha.

O ministro da Administração Interna, Fernando Grande-Marlaska, e a ministra da Saúde, Carmen Montón, partilharam a linha da frente da marcha com responsáveis da oposição como Albert Rivera (Ciudadanos), Íñigo Errejón (Podemos), e representantes de sindicatos e da região de Madrid.

Todos eles deixaram mensagens de apoio ao LGTBI e concordaram com a defesa dos direitos destas pessoas, com Marlaska a considerar que, apesar de Espanha ser um país "privilegiado" nesta matéria, ainda há "um grande caminho por percorrer".

A organização vedou a presença do PP na manifestação como "medida de pressão" por incumprimento de duas leis relacionadas ao coletivo LGTBI, os políticos deste partido compareceram, a título pessoal, na Praça de Colón.

Jaime de los Santos, titular de Cultura, Turismo e Desporto, considerou que o veto ao seu partido "é um regresso a tempos piores", mas que "importante são os 365 dias do ano em que se lutará por implementar as leis aprovadas há dois anos pelos direitos LGTBI".

Com a emblemática bandeira arco-íris e ao ritmo de músicas simbólicas como 'I will survive', mais de um milhão de pessoas desfilaram, num ambiente festivo, enquanto exigiam igualdade de direitos.

A manifestação de hoje foi o ponto mais alto de uma série de eventos que já se iniciaram no fim de semana passado e que levam a Madrid anualmente centenas de milhares de turistas.

Cerca de 3.000 efetivos, entre polícias e membros de serviços de emergência, foram mobilizados para proteger os participantes que desfilaram entre barreiras de proteção, para evitar incidentes, havendo restrições importantes ao trânsito de veículos.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório