Meteorologia

  • 23 SETEMBRO 2018
Tempo
24º
MIN 23º MÁX 25º

Edição

Índia repudia relatório da ONU sobre direitos humanos em Caxemira

O Governo da Índia repudiou hoje o relatório do Alto-Comissário das Nações Unidas para os Direitos Humanos sobre a situação em Caxemira, afirmando que o documento é uma falácia e um ataque à soberania indiana.

Índia repudia relatório da ONU sobre direitos humanos em Caxemira
Notícias ao Minuto

12:23 - 14/06/18 por Lusa

Mundo Nações Unidas

"A Índia repudia o relatório. É falacioso, tendencioso e provocador", refere um comunicado do Ministério dos Negócios Estrangeiros indiano, na sequência da divulgação do documento do Alto-Comissariado das Nações Unidas para os Direitos Humanos sobre Caxemira.

Trata-se do primeiro relatório das Nações Unidas sobre direitos humanos em Caxemira e apela a uma investigação urgente sobre violações na região, palco de um conflito entre a Índia e o Paquistão desde 1947, altura da retirada do poder colonial britânico.

Para a Índia, o relatório divulgado hoje em Genebra pela ONU "não passa" de uma compilação que selecionou informação que não foi verificada e com o objetivo de "construir um discurso falacioso".

De acordo com as Nações Unidas, desde a morte de um líder independentista da região de Caxemira controlada pela Índia, em 2016, mais de 145 civis foram assassinados pelas forças de segurança e 20 pessoas morreram na sequência de ações de "grupos armados".

Para o executivo de Nova Deli, o relatório "viola a soberania indiana e a integridade territorial do país" sublinhando que o documento se refere a "duas regiões".

Para a Índia, a região controlada pelo Paquistão é "uma ocupação" de território sob soberania de Nova Deli.

A índia critica as classificações das Nações Unidas que, nomeadamente, se refere a "grupos armados do Paquistão" considerados "terroristas" por Nova Deli.

"O terrorismo é uma das mais atrozes violações dos direitos humanos", acrescenta a nota da diplomacia indiana.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório