Meteorologia

  • 14 DEZEMBRO 2019
Tempo
16º
MIN 12º MÁX 17º

Edição

Rita Ribeiro recorda separação dos pais: "Foi tudo muito duro"

A atriz esteve à conversa com Júlia Pinheiro. Uma entrevista onde recordar um dos momentos mais difíceis da sua vida.

Rita Ribeiro recorda separação dos pais: "Foi tudo muito duro"

Filha de artistas, Rita Ribeiro esteve desde sempre em contacto com o mundo do espetáculo. Aliás, afirma, o seu pai foi "o último galã do cinema português", Fernando Curado Ribeiro. No entanto, apesar de ter tido uma infância de "ouro", um dos momentos mais difíceis da sua vida foi a separação dos pais. 

Na altura tinha 11 anos e foi uma decisão que a deixou "muito triste".

"Tive uma infância maravilhosa, de ouro, e eles nunca me mostraram algum desentendimento. Eu sabia que o meu pai era um galã e sabia que as mulheres adoravam o meu pai e que a minha mãe sofria muito com isso. Só tive muita consciência disso no dia em que a minha mãe disse que se ia divorciar", lembrou, referindo que o pai "teve uma reação péssima". 

"Aquilo foi um dia muito fatal, a minha mãe tentou-se suicidar... Foi tudo muito duro. Para uma criança de 11 anos, nós não percebemos nada disso", acrescentou, contando que foi a própria que descobriu que "o meu pai andava com a melhor amiga dela"

"Quando um casal não está bem o melhor que tem a fazer é separar-se e não desperdiçar a vida. É um ato de amor separar-se para os filhos estarem bem porque essa energia de desamor alcança os filhos e sente-se", alertou. 

O divórcio dos progenitores foi "litigioso" e a atriz acabou por ir para um colégio interno, mas só durante um período de três meses. "Foi uma mudança horrível. Fui presa ali. A minha mãe andava em digressão, portanto, deixei de ver a minha mãe, praticamente. Todos os dias me mandava encomendas para estar presente. O meu pai estava apaixonado, não havia muito tempo para me ir buscar... Aqueles primeiros três meses no colégio, cresci muito, fiquei com uma hepatite. O nosso fígado é o órgão de filtro das emoções...", recordou ainda. 

Teve uma hepatite durante um ano e mais tarde foi diagnosticada com tuberculose e ficou mais dois anos de cama. Dos 11 aos 14 anos"cresceu na cama". 

O primeiro casamento com Victor Mamede, com quem tem uma filha em comum, Joana, também foi tema de conversa. Uma união da qual, admite, "não foi feliz". 

"Ele foi o meu namorado desde os 15 anos... Não fui [feliz]. Fui feliz porque tive a minha filha Joana e fui feliz porque gostava dele. Estava apaixonada. Mas ele não queria que eu trabalhasse e isso para mim era impensável", revelou, referindo que se separou quando a filha tinha dois meses. 

"Fiz-lhe a mala, ele foi-se embora e felizmente porque dois meses a seguir o meu irmão telefonou-me a perguntar se queria ir a um casting no Teatro Villaret e fiquei para fazer [o musical] 'Godspell'", afirmou.

Recorde-se que Rita também esteve casada com Hugo Rendas, com quem teve também uma filha, Maria, hoje com 22 anos. 

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as notícias dos famosos, realeza, moda e as mulheres mais elegantes.

O mundo das celebridades com fotos, vídeos e noticias de atores, atrizes e famosos.

Obrigado por ter ativado as notificações de Fama ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório