Meteorologia

  • 17 AGOSTO 2019
Tempo
25º
MIN 23º MÁX 30º

Edição

Bruxelas recomenda subida do IVA das fraldas

Em entrevista ao Jornal de Negócios, o comissário europeu dos Assuntos Fiscais, Algirdas Semeta, afirma que a aplicação da taxa reduzida ao IVA das fraldas de criança não é compatível com as regras deste imposto, por isso recomenda que em Portugal “subam o IVA das fraldas”.

Bruxelas recomenda subida do IVA das fraldas

O comissário europeu dos Assuntos Fiscais, o lituano Algirdas Semeta, comenta hoje no Jornal de Negócios o processo de infracção que Portugal tem mãos por ter baixado o IVA nas fraldas de criança.

Algirdas Semeta refere que “o problema subsiste” e recorda que outros países com a mesma situação, como a Hungria e a Estónia, já a corrigiram, aumentando o imposto sobre as fraldas.

“É assim que funciona. A Comissão conclui que a taxa reduzida [6%] não é compatível com as regras do IVA”, afirma o responsável europeu, acrescentando que “as taxas reduzidas aplicam-se a todos, independentemente da sua situação económica”.

Assim sendo, a solução passa também em Portugal pelo aumento deste imposto, conclui Algirdas Semeta: “A minha recomendação é que subam o IVA das fraldas” seguindo “as soluções dos húngaros e estónios”.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório