Meteorologia

  • 24 SETEMBRO 2020
Tempo
20º
MIN 16º MÁX 25º

Edição

Efacec "tem meios financeiros" para sanar situações com fornecedores

O ministro de Estado, da Economia e da Transição Digital, Pedro Siza Vieira, afirmou hoje à Lusa que a Efacec tem "neste momento os meios financeiros para sanar as situações" perante os fornecedores e "retomar normalmente" a atividade.

Efacec "tem meios financeiros" para sanar situações com fornecedores
Notícias ao Minuto

13:34 - 16/09/20 por Lusa

Economia Siza Vieira

Pedro Siza Vieira falava à Lusa à margem da sessão "Os portugueses e a Internet em tempo de pandemia", que decorreu no final desta manhã no teatro Thalia, em Lisboa.

Questionado sobre o ponto de situação daquela empresa, que foi nacionalizada em julho, o governante referiu que "a Efacec neste momento está a trabalhar, está a regularizar uma série de situações do passado, tem neste momento uma situação acionista estável".

Ou seja, "já não encontra a dificuldades de relacionamento com clientes e fornecedores que tinha no passado", especificou.

Assim, afirmou, a Efacec "tem neste momento os meios financeiros para sanar as situações perante os seus fornecedores e retomar normalmente a sua atividade comercial".

Sobre o processo de reprivatização, o ministro salientou que "tem passos preliminares, designadamente a avaliação da empresa, que estão neste momento a ser dados".

"Julgo que nos próximos tempos teremos seguramente a sequência disso mesmo", acrescentou Pedro Siza Vieira.

Questionado sobre a eventual ida do secretário de Estado Adjunto e das Comunicações, Alberto Souto de Miranda, para o Banco de Fomento, Pedro Siza Vieira escusou-se a comentar o tema.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório