Meteorologia

  • 20 JUNHO 2019
Tempo
17º
MIN 15º MÁX 18º

Edição

Microsoft supera a Apple e volta a ser a empresa mais valiosa dos EUA

Os resultados da aposta da Microsoft na cloud estão à vista.

Microsoft supera a Apple e volta a ser a empresa mais valiosa dos EUA

A Apple deixou de ser a empresa mais valiosa dos Estados Unidos. Foi superada pela Microsoft no encerramento da bolsa norte-americana, segundo a CNBC. Já se previa este desfecho depois de ao longo da semana a Microsoft ter ultrapassado periodicamente a marca da maçã. Mas o valor de mercado da Apple voltava a ser sempre superior ao da Microsoft no fecho do mercado. Algo que não se verificou esta sexta-feira. 

A empresa liderada por Satya Nadella terminou a sessão com um valor de 851,2 mil milhões de dólares (mais de 747 mil milhões de euros). Um valor ligeiramente superior ao da Apple, que encerrou a sessão com uma capitalização bolsista de 847,4 mil milhões de dólares (cerca de 744 mil milhões de euros). 

Embora ainda falte um mês para acabar o ano, se a Microsoft se despedir de 2018 como a empresa mais valiosa dos Estados Unidos será a primeira vez que acaba no topo desta lista desde 2002. Também põe termo ao reinado da Apple, que fechou os últimos seis anos como a empresa norte-americana mais valiosa. 

A liderança de Satya Nadella tem dado frutos. As ações da Microsoft triplicaram nos últimos quatro anos. Um dos factores decisivos para o desempenho da empresa foi a aposta na cloud. 

Por outro lado, as últimas semanas têm sido uma desilusão para a Apple. Os resultados anunciados no dia 1 de novembro desapontaram e as vendas dos novos iPhones estão abaixo das expetativas.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório