Meteorologia

  • 24 SETEMBRO 2018
Tempo
28º
MIN 28º MÁX 28º

Edição

Mais de 500 músicos do jazz reúnem-se em Lisboa e há concertos gratuitos

Mais de 500 profissionais ligados ao jazz reúnem-se em Lisboa, a partir de quinta-feira, no âmbito da Conferência Europeia de Jazz, que se realiza pela primeira vez na cidade e que inclui concertos abertos ao público.

Mais de 500 músicos do jazz reúnem-se em Lisboa e há concertos gratuitos
Notícias ao Minuto

09:46 - 11/09/18 por Lusa

Cultura Conferência Europeia

Entre músicos, promotores, agentes, programadores, responsáveis dos principais festivais de jazz e editoras, os participantes serão mais de 500 - "um recorde de inscrições" - naquela que é, de acordo com a organização, a "edição mais concorrida de sempre".

Os profissionais irão reunir-se entre quinta-feira e sábado, no Centro Cultural de Belém (CCB), "para trocar conhecimento e experiência numa 'summit' [cimeira] sem precedentes".

Em janeiro, quando anunciou a realização do evento, o programador e saxofonista Carlos Martins explicava à Lusa que este encontro em Lisboa poderia ajudar à internacionalização do jazz português.

"No caso do jazz português, é preciso romper o muro geográfico e promovê-lo fora de Portugal, porque o país não tem dimensão para a qualidade extraordinária do jazz português. É preciso que se expanda e tenha uma estratégica organizada", disse.

A programação da conferência, a decorrer de manhã à noite, inclui palestras da cantora portuguesa Maria João, que falará sobre o percurso no jazz, e do francês François Pachet, diretor da área de pesquisa da plataforma de música Spotify, e vários 'showcases' de música portuguesa: Impermanence, Bode Wilson Trio, Axes, Pedro Melo Alves' Omniae Ensemble, Quarteto Beatriz Nunes e TGB.

Aproveitando a celebração do Ano Europeu do Património Cultural, os participantes serão convidados a visitar um espaço cultural ou museu da zona de Belém. A visita será feita por um narrador ou um músico de jazz, que atuará no local.

Ainda durante a conferência, a associação Europe Jazz Network fará uma assembleia geral, terá grupos de discussão sobre temas como educação pelo jazz, inclusão social e igualdade de género. Serão ainda atribuídos prémios entre os membros associados - festivais, promotoras, produtoras - e apresentado um livro sobre a história do jazz europeu.

Além disso, haverá vários concertos abertos ao público, "que visam mostrar o melhor jazz que se faz atualmente na Europa".

O Grande Auditório do CCB será palco, na quinta-feira, de um espetáculo da Orquestra de Jazz de Matosinhos, com a participação especial de Maria João, do pianista João Paulo Esteves da Silva, do acordeonista João Barradas e do saxofonista João Mortágua.

Na sexta-feira, juntam-se em palco o trio norueguês Espen Eriksen e o saxofonista britânico Andy Sheppard e, no sábado, atua o projeto New Conception of Jazz, do pianista e compositor norueguês Bugge Wesseltoft.

A conferência é organizada pela Europe Jazz Network, em parceria com a associação Sons da Lusofonia e com o CCB.

No ano passado, a Conferência Europeia de Jazz aconteceu em Liubliana, na Eslovénia.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório