Meteorologia

  • 21 NOVEMBRO 2017
Tempo
15º
MIN 14º MÁX 15º

Edição

No seu último comentário televisivo, Santana diz que ministra deve sair

António Vitorino e Pedro Santana Lopes deram, esta terça-feira a sua opinião no espaço habitual da SIC Notícias, um espaço que será descontinuado, pelo menos, neste formato, devido à candidatura do social-democrata à liderança do PSD.

No seu último comentário televisivo, Santana diz que ministra deve sair
Notícias ao Minuto

23:00 - 17/10/17 por Anabela de Sousa Dantas

Política Opinião

António Vitorino indicou que “ultimato é uma palavra muito forte” para descrever o que Marcelo Rebelo de Sousa disse no seu comunicado ao país sobre os incêndios. No que respeita ao Governo, o Presidente da República deixou, sim, “uma repreensão muito séria”.

O socialista acrescentou, ainda, que o chefe de Estado manifestou uma “relação de empatia com as vítimas que não esteve nas declarações do primeiro-ministro”, António Costa, para além de deixar uma referência explícita à “necessidade de um pedido de desculpas”.

“Ao remeter para a necessidade de clarificação das responsabilidades políticas em sede própria, que é o Parlamento”, o Presidente está a apenas a cumprir a sua função, considerou Vitorino.

No entender de Pedro Santana Lopes, “o Presidente da República foi a voz da consciência nacional”. “O Presidente da República pôs a tónica no que é preciso fazer, no que é preciso realizar”, realçou o atual provedor da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa.

Santana Lopes acredita que, “se há matéria em que deve haver entendimento”, a questão das florestas “é uma delas, pela defesa das pessoas”.

Sobre a permanência no cargo de Constança Urbano de Sousa, o social-democrata foi perentório: “Dizem que não é solução, a saída da Sra. Ministra. E ficar, será que é solução? Eu julgo que não”. “O país sente-se incomodado, insultado se as coisas continuarem como estão”, explicou.

Santana Lopes sublinhou, ainda, que “vai ser bom ver se PCP e Bloco de Esquerda sustentam o Governo agora”.

Naquele que foi o seu último comentário no espaço de opinião da SIC Notícias, que partilhou com António Vitorino, Santana Lopes adiantou que apresenta a sua candidatura à liderança do PSD no domingo em Santarém, às 16h. Santana referiu, em resposta a Clara de Sousa, que estará disposto a fazer um debate com Rui Rio, “com todo o gosto”.

Em jeito de despedida, Santana afirmou que “foi um gosto e um orgulho enorme ter um interlocutor desta dimensão e ter uma moderadora, também, com este nível”.

Recorde-se que as eleições diretas para a liderança do PSD estão marcadas para 13 de janeiro próximo.

Seja sempre o primeiro a saber. Acompanhe o site eleito pela Escolha do Consumidor 2017.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório