Meteorologia

  • 19 NOVEMBRO 2018
Tempo
11º
MIN 10º MÁX 13º

Edição

Chefe do exército vai liderar forças de Defesa australianas

Um general australiano, que comandou as operações para impedir a chegada à Austrália de barcos de imigrantes ilegais, foi hoje nomeado chefe das forças de Defesa australianas, anunciou o Governo de Camberra.

Chefe do exército vai liderar forças de Defesa australianas
Notícias ao Minuto

08:18 - 16/04/18 por Lusa

Mundo Nomeação

O primeiro-ministro australiano, Malcolm Turnbull, disse que o general Angus Campbell vai susbtituir no cargo, em julho, o chefe da força aérea Mark Binski, que passa à reserva depois de quatro anos no comando.

Turnbull declarou que "a renovação da liderança" ocorre no "momento crítico" em que o país está focado em "modernizar a defesa".

Campbell tornou-se conhecido do público como comandante da Operação Fronteiras Soberanas, estabelecida pelo Governo conservador, então eleito, em 2013, para impedir que milhares de refugiados do Médio Oriente, África e Ásia chegassem de barco às costas australianas.

Nenhum barco de migrantes ou refugiados chegou à Austrália desde julho de 2014, e o Governo manteve sempre grande secretismos relativamente às políticas usadas durante as operações. Campbell foi promovido para a chefia do exército em 2015.

Desde 2013, 32 barcos com 800 pessoas foram devolvidos à Indonésia, uma prática que os indonésios consideraram "uma afronta à sua soberania".

Questionado por jornalistas, Campbell não se mostrou preocupado com a alegada militarização no mar do Sul da China. "Temos uma relação muito construtiva com a China e é tudo o que vou dizer", afirmou.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório