Meteorologia

  • 19 AGOSTO 2017
Tempo
18º
MIN 17º MÁX 19º

Edição

É "inegociável" visita de deputados alemães a soldados na Turquia

O Governo alemão está a tentar obter autorização para que membros do parlamento alemão (Bundestag) visitem os soldados colocados na base da NATO em Konya, na Turquia, que considera ser um direito inegociável.

É "inegociável" visita de deputados alemães a soldados na Turquia
Notícias ao Minuto

16:52 - 17/07/17 por Lusa

Mundo Stefen Seibert

"O direito dos deputados visitarem os militares alemães é algo inegociável", disse hoje o porta-voz do Governo alemão, Stefen Seibert.

De acordo com Seibert, o Governo turco pediu para adiar a visita e explicou ainda que as conversações entre Ancara e a NATO estão em curso.

"Houve conversações no âmbito da NATO, nas quais a chanceler alemã (Angela Merkel) falou com o Presidente turco (Recep Tayyip Erdogan) e o ministro dos Negócios Estrangeiros falou com o secretário-geral da NATO", acrescentou.

Há poucas semanas, a Alemanha transferiu as suas tropas e aeronaves da base aérea turca de Incirlik para a Jordânia, depois de Ancara proibir as visitas de membros do parlamento alemão.

Em Konya, os soldados alemães participaram numa missão da NATO como parte de uma tripulação de aviões de reconhecimento que envolvia entre dez e 15 soldados alemães, de acordo com o Ministério da Defesa.

Em Incirlik estavam colocados 280 soldados e as tensões começaram quando a Turquia proibiu um grupo de deputados alemães de visitar a base aérea, após o Bundestag ter reconhecido o genocídio dos arménios pelo poder otomano no decurso da I Guerra Mundial.

Ancara também justificou as suas ações como retaliação pelo facto de Berlim ter dado asilo político a cidadãos turcos, entre os quais militares, acusados pelo Presidente Recep Tayyip Erdogan de envolvimento no golpe de Estado falhado de julho de 2016.

Às tensões já sentidas, somou-se a detenção do jornalista alemão Deniz Yücel e tradutor Mesale Tolu, acusados por Ancara de apoio ao terrorismo.

Durante a última campanha do referendo para a reforma constitucional promovida pelo Presidente da Turquia, a Alemanha impediu vários comícios de ministros turcos no seu território.

Seja sempre o primeiro a saber. Acompanhe o site eleito pela Escolha do Consumidor 2017.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Ser o primeiro a saber será ainda mais rápido

Descarregue a aplicação e aceda a toda a informação do Notícias ao Minuto por smartphone ou tablet de uma forma mais cómoda, intuitiva e imediata.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório