Sobe para 48 número de mortos em naufrágio na Birmânia

As autoridades da Birmânia elevaram hoje para 48 o número de mortos na sequência do naufrágio de um ferry, no sábado, no noroeste da Birmânia, numa altura em que há ainda duas dezenas de desaparecidos.

© Reuters
Mundo Autoridades

A tragédia ocorreu no rio Chindwin, na manhã de sábado, depois de o 'ferry' ter embatido contra uma rocha quando fazia a ligação entre Homelin e Monywa, no estado Sagaing.

PUB

"Encontrámos 48 corpos até ao momento", disse o deputado local Tun Tun Win à agência AFP.

Fonte dos serviços de emergência, que falou sob a condição de anonimato, indicou que dois terços das vítimas mortais são mulheres, e que pelo menos 23 pessoas continuam desaparecidas.

Uma centena e meia de pessoas foram resgatadas com vida no dia do acidente, no sábado, prosseguindo hoje os trabalhos para tentar recuperar, com recurso a gruas, o que resta do navio naufragado.

Estima-se que a bordo seguissem aproximadamente 300 passageiros quando o barco teria capacidade para transportar entre 120 e 150 pessoas.

A polícia birmanesa deteve quatro pessoas devido ao acidente.

COMENTÁRIOS REGRAS DE CONDUTA DOS COMENTÁRIOS