Bélgica acusa quatro pessoas de atividades terroristas após buscas

A justiça belga acusou hoje quatro pessoas de atividade terrorista, na sequência de 15 operações de busca realizadas ao princípio da manhã em Gante, Antuérpia e Deinze, no norte do país, informou o gabinete do procurador.

© Reuters
Mundo Justiça

Bruxelas, 18 out - A justiça belga acusou hoje quatro pessoas de atividade terrorista, na sequência de 15 operações de busca realizadas ao princípio da manhã em Gante, Antuérpia e Deinze, no norte do país, informou o gabinete do procurador.

PUB

"Estas pessoas foram acusadas de participação em atividades de um grupo terrorista, entre outras o seu financiamento", lê-se num comunicado à imprensa.

"Algumas delas são suspeitas de recrutar pessoas para irem para a Síria e se juntarem lá ao Estado Islâmico", acrescenta o texto.

Quinze pessoas foram inicialmente detidas para interrogatório em várias localidades da Flandres, "nomeadamente" Gante, Antuérpia e Deinze, precisa o comunicado.

De momento, "não há qualquer relação" com a investigação aos atentados de 22 de março em Bruxelas, afirmam as autoridades.

"Não foram encontradas armas nem explosivos" nas buscas realizadas.

COMENTÁRIOS REGRAS DE CONDUTA DOS COMENTÁRIOS

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias Ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser