Cinco sinais de que a sua pele está a envelhecer demasiado rápido

É normal que a pele vá dando sinais do passar do tempo e da sua idade, mas em cada idade há sinais mais comuns do que outros.

© iStock
Lifestyle Beleza

Rugas nas bochechas entre os 20 e 30 anos pode ser mau sinal.

PUB

A revista Vogue brasileira destaca os sinais de que a sua pele está a envelhecer demasiado rápido e a que deve estar atento.

Se lhe aparecem sardas e manchas provocadas pela exposição solar antes dos 30 anos é sinal de que não se tem protegido bem dos raios ultravioleta e que por isso a pele começou a produzir radicais livres que envelhecem a pele. Já a partir dos 30 anos estes sinais na pele são considerados normais, devido ao metabolismo de regeneração, que fica mais fraco a partir desta idade, segundo explica a Dra. Claudia Marçal, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia e da Academia Americana de Dermatologia. Para tentar remediar estes sinais de envelhecimento precoce deve apostar em cremes com vitamina C e E.

As rugas nas bochechas são sinais naturais do envelhecimento, mas se surgem entre os 20 e os 30 anos é sinal de que deixou o sol ‘estragar’ a sua pele. O Dr. Jardis Volpe diz que para ‘apagar’ estas marcas provocadas pelo sol deve procurar um dermatologista.

Ter a pele do pescoço de cor heterogénea indica que não a tem hidratado bem e que ela acabou por ser danificada pelo sol. De acordo com o Dr. Abdo Salomão, "[a pele do pescoço de cor desigual] é evidência do dano solar que provoca envelhecimento precoce e influencia também a função de barreira, deixando a pele facilmente irritável". A Dra. Claudia sugere a toma de vitamina C e o ácido hialurónico, para remediar o problema.

Se a pele está mesmo muito sensível e seca é provável que tenha algum tipo de carência nutricional, medicamentos de controlo de colesterol em grandes concentrações no organismo ou o organismo desregulado. Fazer uma alimentação equilibrada, tomar vitaminas e aplicar produtos tópicos que hidratem e tenham uma ação calmante são indicados neste caso.

A pele da região dos olhos fica em média 6% mais fina a cada dez anos, segundo conta o Dr. Jardis, devido a fragilidade das fibras de colagénio, responsável por manter essa pele. É comum que as olheiras fiquem mais escuras com o tempo em pessoas que abusaram do sal e do açúcar na alimentação, do álcool e do tabaco na juventude. Tecnologias como radiofrequência ajudam a aliviar as olheiras e a flacidez nesta região.

COMENTÁRIOS REGRAS DE CONDUTA DOS COMENTÁRIOS