Meteorologia

  • 19 OUTUBRO 2019
Tempo
17º
MIN 14º MÁX 19º

Edição

Cinco dicas para superar um amor não correspondido, para sempre

Sente borboletas no estômago e o seu coração quase pula do peito quando ‘aquela’ pessoa entra na sala. E caminha nas nuvens até descobrir que esse alguém está afinal apaixonado por outrem...

Cinco dicas para superar um amor não correspondido, para sempre
Notícias ao Minuto

15:00 - 20/08/19 por Liliana Lopes Monteiro  

Lifestyle Amor não correspondido

Por vezes trata-se apenas de uma paixão passageira, fácil de ultrapassar. No entanto, quando se apaixona profundamente por alguém que não sente o mesmo, é um amor não correspondido – e isso pode ser esmagador.

De acordo com o professor norte-americano de psicologia Gary W. Lewandowski Jr., em declarações à revista Women’s Health, um amor não correspondido pode assumir muitas formas. Alguns exemplos: ter uma ‘fraquinho’ por alguém não disponível ou por alguém próximo (um colega de trabalho ou um professor no ginásio), perseguir um amor após rejeição, desejar um amor antigo ou estar num relacionamento não recíproco.

Obviamente, que superar essa dor é muito mais fácil na teoria do que na prática. Felizmente, estas dicas aprovadas por especialistas ajudá-lo-ão a seguir em frente – e para sempre.

Cinco maneiras de superar um amor não correspondido para sempre:

1. Corte o contacto por 30 dias

Sabe aquele sentimento caloroso e confuso que ocorre quando a sua paixão publica uma nova fotografia no Instagram ou envia mensagens de texto? Trata-se de dopamina – o neuroquímico do bem-estar associado à paixão.

Quando o amor não é recíproco, no entanto, essa fonte de dopamina desaparece e o cérebro começa a passar pela abstinência.

“Para superar esses sintomas iniciais de abstinência, dê a si mesmo pelo menos 30 dias sem contacto para começar. Depois, reavalie como está se a sentir-se após esse mês”, orienta Samantha Burns, conselheira de saúde mental e coach em namoro, dos Estados Unidos. Sim, isso significa deixar de seguir e/ou bloqueá-lo nas redes sociais também. Ela explica: isso vai ajudar a resistir ao desejo de ‘perseguir’ online e “libertar alguma energia mental” que pode redirecionar para hábitos mais saudáveis.

2. Prepare-se para passar pelos estágios de tristeza

“As emoções e a dor de superar o amor não correspondido podem parecer muito semelhantes a romper um relacionamento”, diz Burns. De facto, seguir em frente a partir de uma situação de amor unilateral pode ser “especialmente doloroso porque geralmente coloca a sua paixão num pedestal”. Além disso, diz, “lamentar a perda de um futuro que imaginou em conjunto” pode doer tanto ou mais do que acabar com um relacionamento exclusivo e comprometido que não resultou por razões concretas.

A profissional explica que provavelmente passará por alguns, se não todos, os estágios do luto: negação, raiva, implorar, depressão e aceitação. Então, “dê a si mesmo tempo para digerir e processar as suas emoções”. “Uma pesquisa mostra que apenas o ato de se tornar consciente das suas emoções e rotulá-las pode ajudar a regular esses sentimentos intensos". 

3. Pare de ‘correr atrás da pessoa’

Agora é a hora de evitá-lo. Isso ajudará a “estabelecer limites saudáveis e não se cercar constantemente de gatilhos”, de acordo com Burns.

Se a sua paixão está no seu círculo social, Burns sugere fazer planos com diferentes grupos ou até mesmo novos amigos. “Se trabalha com ele, evite o refeitório ou qualquer outro lugar que a pessoa costume frequentar”, acrescenta. Quando tiver que interagir, mantenha o relacionamento “exclusivamente focado em problemas de trabalho”.

4. Diga que precisa de espaço

Se a sua paixão já sabe dos seus sentimentos, significa que você já não tem mais nada a perder. Pode muito bem ser direto sobre o que quer e necessita do relacionamento (ou falta dele) daqui para frente. “Diga que precisa de tempo e espaço para se refazer e que voltará quando estiver pronto”, diz Burns. “Não deixe que isso seja de modo algum um debate, e não sinta a necessidade de justificar as suas ações”.

5. Reconheça o amor não correspondido pelo que é

Embora compartilhe algumas qualidades com amor recíproco, “não é tão intenso quanto o verdadeiro amor romântico”. Isso é uma boa notícia, diz, porque saber que há potencial para encontrar algo melhor pode ajudá-lo a seguir em frente.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório