Petição contra música rap chega à Casa Branca

Uma petição online que pede a não-comercialização de uma canção do rapper YG contou com mais de 100 mil assinaturas e vai agora ser encaminhada para a sala oval americana.

© Getty Images
Mundo YG

O rapper YG está no centro de uma polémica que já chegou ao conhecimento do órgão máximo dos Estados Unidos, a Casa Branca. Ele é o visado de uma petição online que pedia a não-comercialização ou divulgação de uma faixa que escreveu, ‘Meet the Flockers’.

PUB

Trata-se de uma música que os cidadãos de ascendência ou origem estrangeira a viverem nos Estados Unidos acharam demasiado ofensiva. Na letra desta música, YG basicamente elabora um guião para se fazer um roubo bem sucedido, sendo as vítimas do assalto as famílias chinesas”.

A dada altura, na mesma faixa, YG sugere ao ladrão que encontre um bairro de chineses e aproveite, porque estes “não acreditam em contas bancárias”, o que fará com que o assalto seja bastante lucrativo.

Divulgada a controvérsia, foi criada uma petição online que pede a extinção da música, e que, de acordo com a BBC, já somou mais de 100 mil assinaturas, o que significa que o documento será encaminhado para a Casa Branca, que terá de tomar uma decisão sobre o assunto.

Além de pedirem que esta música não seja comercializada ou divulgada pelos media, os autores da petição pedem também que o rapper seja legalmente responsabilizado pelas suas palavras.

É de referir, contudo, que esta polémica nasceu já em 2014 e fez com que, em muitos dos países onde YG ia atuar, tinha uma comitiva de críticos à sua espera nos aeroportos.

COMENTÁRIOS REGRAS DE CONDUTA DOS COMENTÁRIOS