Meteorologia

  • 24 ABRIL 2018
Tempo
17º
MIN 17º MÁX 17º

Edição

Quer perder peso? Há quem treine e ganhe mais calorias, refere estudo

O problema não está no treino em si, mas naquilo que faz no restante dia que, inconscientemente, obedece a respostas biológicos que procuram 'proteger' o próprio corpo.

Quer perder peso? Há quem treine e ganhe mais calorias, refere estudo
Notícias ao Minuto

08:34 - 17/04/18 por Mariana Botelho

Lifestyle Perda de peso

Quando o objetivo é perder peso, importa gastar mais calorias do que as que se ingere. Para tal, o processo de emagrecimento carece de atenção não só na parte do exercício físico propriamente dito, como na rotina diária (alimentar e não só) que pratica no resto do dia.

Segundo uma análise publicada pela Associação Americana de Diabetes, analisada pelo New York Times, a impossibilidade para a perda de peso surge deste segundo ponto por alguns indivíduos que treinem mas tenham tendência a seguir uma alimentação menos rigorosa – onde são ingeridas mais calorias - e um estilo de vida mais sedentário do que quem mantém um maior foco.

Embora as conclusões tenham surgido de uma análise feita em ratos de laboratório, os especialistas estão confiantes quanto à sua transposição para o caso humano. Durante a análise, o comportamento dos ratos foi observado antes e depois dos mesmos se exercitarem (na roda) do qual se mediu a energia gasta em cada atividade praticada.

Numa primeira fase da análise, os ratos foram obrigados a andar na roda por um período de tempo. Já na segunda fase, foi lhes dado a possibilidade de andar na roda mas também comer e andar livremente pela jaula. Porque numa primeira fase a corrida passou a fazer parte da rotina diária, o organismo habituou-se a gastar a energia gasta no exercício e os ratos demonstravam foco e energia, por outro lado, quando o foco diminuiu com a maior liberdade para praticar outras atividades, os ratos passaram a exercitar-se menos e, mesmo comendo as mesmas calorias do que as que comia antes do treino, notou-se um maior acumulo das mesmas, já que o animal deixou de treinar como outrora.

Até então, não é certo para os cientistas o porquê de os animais em teste terem perdido o interesse e foco no exercício físico, contudo, aponta-se a possibilidade de o corpo e cérebro dos ratos sentirem o défice de energia e respondam a sinais biológicos que os levem a reduzir a intensidade como forma de proteger o organismo ao não perder, mas sim manter, o peso inicial.

Tal estudo vem assim sustentar a ideia de que, no sentido de perder peso, a alimentação é primordial, devendo as calorias ingeridas ser tidas em conta à intensidade do treino, uma vez que o corpo responde ao estado prévio àquele em que se começou a treinar.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório

Os cookies ajudam-nos a melhorar a sua experiência como utilizador.

Ao utilizar o nosso website, está a aceitar o uso de cookies e a concordar com a nossa política de utilização.