Meteorologia

  • 18 NOVEMBRO 2018
Tempo
13º
MIN 13º MÁX 13º

Edição

Meghan Markle grávida aos 37: Aumente naturalmente a sua fertilidade

A fertilidade feminina começa a decrescer por volta dos 30 anos. Em declarações à publicação Daily Star Online, a médica Dawn Harper revela como pode aumentar a possibilidade de conceber apenas com a adoção de certas mudanças na dieta e estilo de vida.

Meghan Markle grávida aos 37: Aumente naturalmente a sua fertilidade
Notícias ao Minuto

07:00 - 17/10/18 por Liliana Lopes Monteiro  

Lifestyle Maternidade

Meghan Markle e o Príncipe Harry anunciaram na passada segunda-feira, dia 14 de outubro, que estão à espera do seu primeiro filho, já na primavera de 2019.

E apesar da duquesa de Sussex ser ainda uma mulher jovem e não ser de todo o membro real mais velho alguma vez a conceber, esta gestação é vista como tardiasendo considerada até geriátrica.

O ritmo de vida moderno e as exigências que comporta, sobretudo a nível profissional, faz com que muitas mulheres esperem até cada vez mais tarde para engravidar.

Estimando-se que nos países ocidentais a idade média para conceber o primeiro filho ronde os 30,4 anos.

“Infelizmente a fertilidade feminina decresce significativamente após os 30 anos”, aponta a clínica Dawn Harper.

“A idade é um fator fundamental para qualquer mulher que está a tentar conceber. As mulheres têm um número finito de óvulos com os quais nascem e começam a perdê-los assim que têm a sua primeira menstruação”, acrescenta a especialista em fertilidade.

Harper sublinha que a dieta e o estilo de vida são elementos chave para a possibilidade de qualquer gestação – sobretudo entre mulheres acima dos 35 anos.

Mas, afinal como é que as mulheres podem aumentar a sua fertilidade?

“Manter um estilo de vida saudável e consumir uma dieta equilibrada rica em nutrientes, juntamente com a prática regular de exercício físico – são elementos fundamentais”.

A médica recomenda que examine a sua dieta e garanta que está a consumir alimentos que contêm quantidades suficientes destes nutrientes e vitaminas:

- Magnésio e vitamina B: para regular a atividade hormonal e a divisão celular;

- Zinco: contribui para a manutenção normal do sistema reprodutivo;

- Vitamina D: para o bom funcionamento do sistema imunitário;

- Vitamina C: ajuda à produção de células de alta qualidade;

- Vitamina E: previne a incidência do stress oxidativo;

- Ácido fólico: promove a saúde dos tecidos durante a gravidez

“Se acha que não está a consumir quantidades suficientes destas vitaminas e nutrientes, invista em suplementos à venda em farmácias e para-farmácias”, recomenda a médica.

Harper alerta ainda para banir o consumo de álcool e de cigarros.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório