Meteorologia

  • 18 NOVEMBRO 2018
Tempo
11º
MIN 11º MÁX 11º

Edição

Entenda o que ocorre com o coração durante a prática de exercício físico

Especialista conta como a atividade física diária influencia no fortalecimento, crescimento e batimento do coração

Entenda o que ocorre com o coração durante a prática de exercício físico
Notícias ao Minuto

20:18 - 15/09/18 por Notícias Ao Minuto 

Lifestyle Bate Forte

Sabe-se que a prática regular de exercício físico, uma média de 150 minutos por semana com intensidade moderada ou de 75 minutos com intensidade vigorosa, como o recomendado pela Organização Mundial da Saúde, está diretamente associada a uma boa saúde cardiovascular e também à redução do risco de doenças cardíacas.

Mas o que, de fato, acontece ao coração durante apenas alguns minutos de atividade física?

Segundo o cirurgião cardiovascular, Marcelo Sobral, exercícios como os aeróbicos - aqueles de menor impacto e que são feitos com 'respiração normal', ou seja, sem faltar o fôlego, como correr, caminhar e pedalar – são os mais benéficos para a saúde, já que fortalecem os músculos do corpo todo, incluindo o coração, que também é um músculo.

“Durante a prática de exercício, para além de ficarem mais fortes, estes músculos crescem e para que haja essa hipertrofia, acabam por exigir mais sangue, estimulando a circulação sanguínea em todo o corpo. Neste processo as artérias coronárias tornam-se mais vigorosas e propicia-se a criação de novos vasos sanguíneos, melhorando assim a função do coração”, afirma Sobral.

De acordo com o especialista, quando a prática de atividade física é diária e sem exageros, regista-se uma mudança no padrão dos batimentos cardíacos, que passam a funcionar de forma mais controlada e ritmada. “Ao contrário do que muitos pensam, a aceleração dos batimentos durante o exercício não leva à arritmia cardíaca, mas é altamente benéfica para o organismo já que durante essa pratica ocorrem diversas reações químicas, tais como a libertação de hormónios, enzimas e proteínas, ajudando a equilibrar todo o metabolismo”, explica.

Sobral ressalta que antes de se aventurar na prática de exercício físico, é importante que seja visto por um clínico e ser submetido a uma avaliação médica e, no caso dos indíviduos que já apresentam complicações cardíacas, será indicado o tipo de exercício e a sua intensidade ideal. “Além dos benefícios já citados, exercitar-se da forma correta ajudará, independente da idade ou do estado clínico, a tornar as veias e as artérias mais eficientes, a produzir mais colesterol bom (HDL) e a melhorar, além da circulação de forma geral, também os níveis de açúcar no sangue e de stress”, conclui o cirurgião.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório