Meteorologia

  • 20 OUTUBRO 2019
Tempo
17º
MIN 12º MÁX 18º

Edição

População convidada a envolver-se no Festival Materiais Diversos

O Festival Materiais Diversos procura "amantes de plantas", voluntários para o projeto Pergunta, mediadores para uma exposição sobre dança e pequenos participantes para o espetáculo 'Margem', iniciativas que vão acontecer no Cartaxo, a partir de dia 27.

População convidada a envolver-se no Festival Materiais Diversos
Notícias ao Minuto

11:45 - 17/09/19 por Lusa

Cultura Cartaxo

No ano em que celebra 10 edições "de encontros entre as artes performativas contemporâneas e diferentes comunidades, vozes e imaginários", o Festival Materiais Diversos (FMD) programou mais de 60 atividades e 17 espetáculos, cinco em estreia absoluta e quatro em estreia nacional, envolvendo cerca de 150 artistas, que vai mostrar, de 27 de setembro a 5 de outubro, no Cartaxo, em Alcanena e em Minde, no distrito de Santarém, salienta a associação que promove o evento.

Apostando no envolvimento das comunidades dos territórios em que o festival se realiza, agora de dois em dois anos, o FMD tem abertas inscrições, até dia 23, para vários projetos que vão decorrer no concelho do Cartaxo.

A organização convida "amantes de plantas" para emprestarem plantas "de todos os tipos e tamanhos" para a construção da BIOinstalação que vai fazer parte do espetáculo 'Selva Coragem', uma criação interdisciplinar que "articula arte sonora, escrita dramatúrgica e performance com perspetivas sobre o que é sustentabilidade, biodiversidade e qualidade de vida no tecido urbano" e que vai estar patente na Galeria Municipal José Tagarro, no Cartaxo, de 1 a 5 de outubro.

O espetáculo, do Teatro do Frio, pretende "aprofundar inquietações ambientais e artísticas, propondo misturar e equilibrar pessoas e territórios: Europa com América Latina, animal com humano, sabedoria popular e discurso artístico, cultura com natura; inspirar e desafiar o diálogo, o frente a frente e o lado a lado, a escuta e a criação como forma alternativa de construção. Para que talvez a coragem volte a emergir", afirma uma nota do FMD.

As plantas, para empréstimo de 24 de setembro a 5 de outubro, podem ser "enormes, grandes, me´dias, pequenas, micro, esguias e frondosas, de todas as densidades e alturas, árvores, arbustos, catos, suculentas, ervas aroma´ticas, de diferentes colorações, com ou sem flor, verticais ou sinuosas com a copa explodindo em todas as direções ou pendendo para o chão".

"Esta 'matéria verde e viva', cheia das memórias e significados que cada um atribui às plantas de que cuida, será alvo de discussão e a base para criar uma grande escultura vegetal e sonora, uma 'pequena selva colaborativa', que acolherá no seu interior diferentes espac¸os para estar, ouvir, conversar ou contemplar", acrescenta, sublinhando que, no final do projeto, "a matéria verde retornará à casa mãe com outras memórias, na perspetiva de um outro futuro, em que vegetal e humano, humano e não humano não estejam tão separados".

Já para o projeto Pergunta, um "dispositivo de participação cívica" desenvolvido pelo coletivo MIL M2, o FMD procura voluntários que se juntem aos criadores para, de 1 a 5 de outubro, levarem os habitantes do Cartaxo a participar em atividades de questionamento sobre diversos temas sociais, com recurso a painéis de letras gigantes instalados em locais de maior visibilidade.

A iniciativa "tem como objetivo gerar, tornar viral e potenciar debates coletivos no espaço público, ativando o conhecimento coletivo em territórios e comunidades", fomentando "novos tipos de discussão e consciência cívica".

O FMD procura ainda pessoas para serem "guias/intérpretes/mediadores locais" para apresentarem à comunidade e às escolas a exposição 'Para uma Timeline a Haver', um exercício coletivo de investigação da dança como prática artística em Portugal nos séculos XX e XXI que vai estar patente no Centro Cultural do Cartaxo, de 3 a 20 de outubro.

"Após uma residência de três meses na Escola Superior de Dança, o projeto chega ao Cartaxo para dar a conhecer esta parcela pouco documentada do nosso património cultural", afirma a nota.

Os candidatos podem inscrever-se até 2 de outubro, dia em que frequentarão um 'workshop' com Ana Bigotte Vieira e Carlos Oliveira, em que serão "problematizadas as conceções de dança e tipos de práticas corporais que lhes estão associados, bem como as noções de história que a exposição permite vislumbrar, para os relacionar com outras áreas de conhecimento, revisitando assim o passado recente e as formas de o narrar".

O outro projeto do FMD que procura voluntários no Cartaxo, neste caso oito meninos entre os sete e os 10 anos, é 'Margem', espetáculo de Victor Hugo Pontes inspirado no romance 'Capitães da Areia', de Jorge Amado, e galardoado com o prémio Autores 2019 para melhor coreografia, pela Sociedade Portuguesa de Autores, com exibição no Centro Cultural do Cartaxo no dia 3 de outubro.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório