Meteorologia

  • 18 DEZEMBRO 2017
Tempo
13º
MIN 12º MÁX 14º

Edição

Lixo espacial é um problema cada vez maior e ainda não tem solução

O facto de pequenos satélites serem cada vez mais baratos não está a ajudar.

Lixo espacial é um problema cada vez maior e ainda não tem solução
Notícias ao Minuto

18:33 - 14/09/17 por Miguel Patinha Dias

Tech Espaço

Uma investigação do Wall Street Journal revela que há cada vez mais lixo espacial na órbita terrestre, indicando que a situação pode ficar mais problemática à medida que os satélites se tornam cada vez mais pequenos e baratos.

O problema não se fica por aqui e é ainda mais grave por não haver qualquer solução para os próximos tempos. Na verdade, o Japão lançou no início do ano uma missão para limpar a órbita terrestre mas acabou por falhar, com a Agência Espacial Europeia a comprometer-se em realizar uma missão semelhante em 2024.

Não se pode dizer que o facto desta tecnologia estar mais acessível seja um problema em si, tornando-se sim uma questão por a maioria dos investigadores optar por satélites mais baratos que não se podem manobrar. Assim, estes satélites acabam por colidir com outros em órbita e causar ainda mais detritos, agravando ainda mais um problema que não tem solução.

Seja sempre o primeiro a saber. Acompanhe o site eleito pela Escolha do Consumidor 2017.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Recebe truques e dicas sobre Internet, iPhone, Android, Instagram e Facebook!

O mundo tecnológico em noticias, fotos e vídeos.

Obrigado por ter ativado as notificações de Tech ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório