Meteorologia

  • 20 SETEMBRO 2020
Tempo
20º
MIN 18º MÁX 26º

Edição

Câmara de Azambuja prepara dois pavilhões para fazer face ao surto

A Câmara Municipal de Azambuja, no distrito de Lisboa, anunciou hoje que está a preparar dois pavilhões, com capacidade para acolher cerca de 150 pessoas, na eventualidade de serem necessários para fazer face ao surto da covid-19.

Câmara de Azambuja prepara dois pavilhões para fazer face ao surto
Notícias ao Minuto

16:26 - 25/03/20 por Lusa

País Covid-19

Os pavilhões em questão são o Pavilhão Municipal de Azambuja e o pavilhão da Casa do Povo de Aveiras de Cima, refere a autarquia, em comunicado.

O Pavilhão Municipal de Azambuja, situado naquela vila, tem capacidade para receber 100 pessoas, sendo que as camas que ali vão ser instaladas foram cedidas pelo Centro Social e Paroquial de Aveiras de Cima.

"A autarquia está a diligenciar a questão dos lençóis e dos cobertores", explica a nota.

Já no caso do pavilhão da Casa do Povo, tem capacidade para acolher 50 pessoas, tendo sido as camas e as roupas instaladas em parceria com Cruz Vermelha Portuguesa e com a delegação local de Aveiras de Cima.

"Desejando o melhor desfecho para a atual situação e que estes equipamentos não venham a ser necessários, o município de Azambuja, em colaboração com todos os parceiros, prepara a resposta a um eventual cenário de surto", ressalva a autarquia.

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da covid-19, já infetou perto de 428 mil pessoas em todo o mundo, das quais morreram mais de 19.000.

Depois de surgir na China, em dezembro, o surto espalhou-se por todo o mundo, o que levou a Organização Mundial da Saúde (OMS) a declarar uma situação de pandemia.

O continente europeu, com mais de 226.000 infetados, é aquele onde está a surgir atualmente o maior número de casos, e a Itália é o país do mundo com mais vítimas mortais, com 6.820 mortos em 69.176 casos registados até terça-feira.

Em Portugal, há 43 mortes, mais 10 do que na véspera (+30,3%), e 2.995 infeções confirmadas, segundo o balanço feito hoje pela Direção-Geral da Saúde, que regista 633 novos casos em relação a terça-feira (+26,8%).

Dos infetados, 276 estão internados, 61 dos quais em unidades de cuidados intensivos, e há 22 doentes que já recuperaram.

Portugal, onde os primeiros casos confirmados foram registados no dia 02 de março, encontra-se em estado de emergência desde as 00:00 de 19 de março e até às 23:59 de 02 de abril.

Além disso, o Governo declarou no dia 17 o estado de calamidade pública para o concelho de Ovar.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório