Meteorologia

  • 16 DEZEMBRO 2017
Tempo
12º
MIN 11º MÁX 13º

Edição

Síria: Mais de 13 milhões, quase metade crianças, precisam de ajuda

Mais de 13 milhões de pessoas, quase metade delas crianças, precisam de ajuda humanitária na Síria, apesar da relativa redução da violência ao fim de seis anos de guerra, alertou hoje a ONU.

Síria: Mais de 13 milhões, quase metade crianças, precisam de ajuda
Notícias ao Minuto

16:25 - 21/11/17 por Lusa

Mundo ONU

O conflito armado na Síria fez mais de 330.000 mortos e 5,5 milhões de refugiados desde março de 2011.

"Ao fim de seis anos, a dimensão, gravidade e complexidade das necessidades em todo o país continua a ser esmagadora", lê-se num relatório do Gabinete da ONU para os Assuntos Humanitários (OCHA).

"Cerca de 13,1 milhões de pessoas, ou seja, sete em cada dez habitantes, precisam de ajuda humanitária" e, para metade dessas pessoas, a necessidade atingiu um "nível crítico".

As crianças representam 40% das pessoas a precisar de ajuda, segundo o documento.

"Houve uma diminuição de violência [...], em especial nas zonas de distensão", zonas controladas por rebeldes "moderados" onde foi aceite o princípio de uma trégua com as forças do regime e seus aliados, mas o impacto dessa redução nos civis "foi mitigado".

Nos primeiros nove meses de 2017, cerca de 1,8 milhões de sírios tiveram de se deslocar devido à guerra, o que corresponde a 6.550 por dia, números superiores aos registados em 2016 (1,6 milhões).

"Apesar da redução do nível das hostilidades em certas partes do país, a violência mantém-se ou até aumentou em muitas outras áreas, afetando as vidas de muitos civis", segundo o documento.

Por outro lado, o regresso de refugiados continua a ser "muito limitado": nos primeiros nove meses de 2017, apenas cerca de 721.000 sírios regressaram.

Seja sempre o primeiro a saber. Acompanhe o site eleito pela Escolha do Consumidor 2017.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório