Meteorologia

  • 20 NOVEMBRO 2017
Tempo
15º
MIN 14º MÁX 15º

Edição

Livro do imã tinha carta dos jihadistas para os "pecadores"

Nota manuscrita foi encontrada após a explosão da habitação em Alcanar que matou o imã Abdelbaki Es Satty.

Livro do imã tinha carta dos jihadistas para os "pecadores"
Notícias ao Minuto

23:42 - 22/08/17 por Patrícia Martins Carvalho

Mundo Polícia

No dia em que os quatro terroristas (vivos) que mataram 15 pessoas na região da Catalunha foram presentes a tribunal, vão sendo conhecidos novos pormenores sobre a investigação policial em curso desde os atentados da semana passada.

Desta vez, o jornal catalão La Vanguardia revela que a polícia encontrou, na habitação que explodiu em Alcanar, um livro verde que pertencia ao imã – pois tinha o seu nome na primeira página – e no qual estava guardada uma nota que havia sido escrito à mão.

“Em nome de Alá, o Misericordioso, o Condolente. Breve carta dos soldados do Estado Islâmico na terra de Andaluz para os cruzados, os pecadores, os injustos e os corruptos”.

O texto, refere o mesmo diário, estava escrito em árabe e à mão, não sendo conhecidos mais detalhes sobre a descoberta – não se sabe se a carta continha mais alguma coisa escrita ou não.

Recorde-se que Driss Oukabir e de Mohamed Houli Chemlal, dois dos quatro terroristas detidos, vão aguardar julgamento em prisão preventiva. Por outro lado, Mohamed Aallaa ficou em liberdade por ordem do juiz Fernando Andreu, que requereu mais 72 horas de interrogatório para Salah El Karib, não havendo ainda, por essa razão, medida de coação para este suspeito.

Seja sempre o primeiro a saber. Acompanhe o site eleito pela Escolha do Consumidor 2017.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório