Presidente irlandês destaca liderança de Martin McGuiness

O presidente da República da Irlanda, Michael D. Higgins, destacou a "liderança em momentos difíceis" demonstrada por Martin McGuiness, líder histórico do Sinn Fein que morreu hoje aos 66 anos.

© Reuters
Mundo Mensagem

"O mundo da política e as gentes desta ilha vão sentir a falta da liderança que demonstrou durante o processo de paz", disse Higgins referindo-se a McGuiness, antigo vice-primeiro-ministro do governo compartido da Irlanda do Norte e ex-comandante do Exército Republicano Irlandês (IRA).

PUB

O presidente irlandês destacou também o compromisso Martin McGuiness "com os valores da genuína democracia" e papel que desempenhou no "desenvolvimento das instituições" do governo partilhado entre protestantes e católicos na Irlanda do Norte.

"Quero prestar homenagem à sua imensa contribuição nos avanços do processo de paz e reconciliação", acrescentou Higgings.

Por outro lado, Alaistair Campbell, antigo porta-voz do ex-primeiro-ministro britânico, Tony Blair, disse que McGuiness foi um "bom 'tipo'" e que sem ele "não haveria paz" na província, "apesar de muitos não lhe perdoarem o seu passado".

Campbell participou nas negociações que terminaram com a assinatura do Acordo da Sexta-Feira Santa, em 1998, o texto que pôs termo a quase quatro décadas de conflito armada na província britânica.

"O homem que eu conheci era um grande 'tipo'", acrescentou Campbell através de uma mensagem que difundiu através da conta que mantém na rede social Twitter.

Martin McGuinness morreu esta madrugada na sequência de um raro problema cardíaco, segundo a emissora britânica BBC.

COMENTÁRIOS REGRAS DE CONDUTA DOS COMENTÁRIOS

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias Ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser