Meteorologia

  • 22 JANEIRO 2022
Tempo
14º
MIN 5º MÁX 14º

Edição

AO MINUTO: Fim de ano com restrições em Lisboa; Itália vacina crianças

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19.

AO MINUTO: Fim de ano com restrições em Lisboa; Itália vacina crianças

Portugal registou 2.898 casos e mais 13 mortes, segundo o boletim epidemiológico divulgado esta quarta-feira pela Direção-Geral da Saúde (DGS). A diretora-geral da Saúde, Graça Freitas, antecipou que Portugal poderá duplicar o número de casos dentro de cerca de 26 dias, ou seja, ter oito mil casos diários por volta da altura do Natal.

Após confirmar a deteção da Ómicron, a Coreia do Sul anunciou hoje que está a reativar as quarentenas obrigatórias para quem chega ao território, independentemente de terem ou não sido vacinados.

Pode consultar nestes mapas interativos a evolução da pandemia de coronavírus em Portugal e no mundo

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19:

00h00 - Boa noite, o registo de hoje fica por aqui. O acompanhamento será retomado na manhã de sexta-feira. Até lá, mantenha-se seguro!

23h57 - Resposta imunitária a doses de reforço varia conforme a vacina
 
Um estudo envolvendo quase 3.000 pessoas permitiu concluir que doses de reforço com seis tipos de vacina diferentes contra a Covid-19 permitem aumentar a resposta imunitária nas pessoas inoculadas, mas com grandes variações conforme as marcas.

23h37 - Rússia volta a ultrapassar os 33 mil casos diários
 
A Rússia registou hoje mais de 33 mil casos de covid-19 nas últimas 24 horas, após apenas dois dias abaixo deste limite, e continua a somar mais de 1.200 mortes diárias desde 08 de novembro. Em todo o país foram assinaladas 33.389 infeções, segundo os dados divulgados hoje.

23h33 - Testes Covid-19: Hospitais do Médio Tejo abrem laboratórios à população
 
O Centro Hospitalar do Médio Tejo (CHMT) anunciou hoje a abertura dos seus Serviços de Patologia Clínica à população, e a possibilidade, mediante marcação, da realização de testes à covid-19 nas unidades hospitalares de Abrantes, Tomar e Torres Novas. "Os testes podem ser solicitados por qualquer cidadão e para quaisquer fins, independentemente de o motivo estar ou não relacionado com a visita ou acompanhamento de doentes internados no CHMT", refere a instituição hospitalar em comunicado, podendo os mesmos ser agendados "a partir de 6 de dezembro", realizando-se "todos os dias úteis, nas três Unidades e também aos sábados, apenas na Unidade de Tomar", no distrito de Santarém.

22h44 - "Não haverá concertos dia 31". Passagem de ano com restrições em Lisboa

A passagem para o ano 2022 vai ter restrições (também) na cidade de Lisboa. "Nos próximos dias tomarei a decisão de restringir aquilo que são os festejos de fim do ano", indicou Carlos Moedas à CNN Portugal. Deste modo, explicou ainda o presidente da Câmara, "não haverá [os] típicos concertos na noite de 31", uma vez que "isso criaria um grande aglomerado de pessoas", e está ainda a ser estudado "se haverá ou não o fogo de artifício". 

22h39 - Brasil contabiliza quase 13 mil casos num só dia e 215 mortes
 
No último dia, o Brasil soma mais 12.910.215 infeções e 215 óbitos devido à pandemia da Covid-19, segundo os dados divulgados pelo Conselho Nacional de Secretários de Saúde (CONASS). O país totaliza, assim, 22.118.782 casos desde o início da pandemia e 615.179 mortos.

21h40 - Voos internacionais. O que é necessário? Onde é válido o certificado?

Com a entrada das novas regras decretadas pelo Governo para colocar um 'travão' na pandemia da Covid-19, há medidas recentes que dizem respeito aos viajantes para fora do país. (Re)leia, neste artigo, todas as mais recentes regras. 

21h33 - Biden pede à população que tome dose de reforço da vacina
 
O presidente dos Estados Unidos apelou hoje à população para que tome a dose de reforço da vacina contra a covid-19 e apoie o seu plano, que não prevê fortes restrições, para conter a nova variante Ómicron. Alguns países estão a encerrar fronteiras ou a decretar confinamentos devido à mais recente variante da covid-19, mas o presidente norte-americano referiu que não vai implementar, para já, mais restrições além das recomendações em vigor no país, que incluem o uso de máscara em locais públicos fechados.

20h57 -  "Ninguém fica bem na fotografia" no Belenenses SAD-Benfica
 
O secretário de Estado da Juventude e do Desporto admitiu hoje que não se pode repetir o sucedido no jogo entre Belenenses SAD e Benfica, no sábado, da 12.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol. "Diria que esse [jogo] seguramente não mereceria o cartão branco [de 'jogo limpo'] e, como já tive oportunidade de dizer, ninguém fica bem nessa fotografia", salientou aos jornalistas João Paulo Rebelo, à margem da cerimónia de entrega dos prémios do cartão branco, em Lisboa.

20h51 - Canadá reporta primeiros casos de Covid-19 em animais selvagens

O Canadá confirmou ontem os seus primeiros casos de Covid-19 em animais selvagens, nomeadamente em três veados-de-cauda-branca. Em comunicado, o ministério Enviroment Canada adiantou que as amostras foram recolhidas entre 6 e 8 de novembro, na região de Estrie, no Quebeque, que faz fronteira com os Estados Unidos.

20h49 - Bolsonaro reafirma que não haverá "passaporte de vacinação" no Brasil
 
O presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, reafirmou hoje que o seu Governo não pretende implementar o chamado "passaporte sanitário" no país para certificar pessoas vacinadas contra a covid-19. "A liberdade vem antes de tudo" e cada cidadão pode decidir se quer imunizar-se ou não, segundo o presidente brasileiro.

20h34 - Itália vai começar a vacinar crianças a partir de 16 de dezembro
 
A Itália vai começar a vacinar crianças entre os cinco e 12 anos contra a covid-19 a partir de 16 de dezembro, anunciou hoje o gabinete do comissário especial designado pelo governo para gerir a pandemia. As doses da vacina Pfizer-BioNTech "representam uma primeira parcela que vai continuar em janeiro e estará disponível a partir de 15 de dezembro, para que todos os postos de vacinação nas regiões e províncias autónomas possam vacinar as crianças a partir de 16 de dezembro", indicou o gabinete do general Francesco Figliuolo, em comunicado.

20h27 - Governo quer regras "escrupulosamente cumpridas" no dérbi
 
As restrições em vigor para eventos desportivos devido à pandemia de covid-19 têm de ser cumpridas, realçou hoje o secretário de Estado da Juventude e do Desporto, apelando à responsabilidade dos adeptos no dérbi entre Benfica e Sporting. "Espero para todos [os jogos] e, particularmente para um grande encontro que acontece amanhã [na sexta-feira, entre Benfica e Sporting], que as regras sejam escrupulosamente cumpridas", afirmou João Paulo Rebelo, à margem da cerimónia de entrega dos prémios do Cartão Branco, em Lisboa.

20h20 - Sporting de Braga com serviço alternativo de testagem para sócios
 
O Sporting de Braga vai colocar à disposição dos seus sócios um serviço alternativo de testagem à covid-19 para os jogos disputados no seu estádio, informou hoje o clube quarto classificado da I Liga de futebol. O custo desta operação será maioritariamente suportado pelo Sporting de Braga, cabendo aos associados o pagamento unitário de 2,5 euros.

19h59 - Madeira com mais uma morte e 88 novos casos
 
As autoridades de saúde da Madeira sinalizaram 88 novos casos de covid-19 nas últimas 24 horas, reportando 780 situações ativas e mais um óbito associado à doença, foi hoje anunciado. Uma informação divulgada pelo gabinete do secretário da Saúde e Proteção Civil do arquipélago indica que a vítima mortal é uma mulher com 94 anos, residente na Madeira, que faleceu no Hospital Dr. Nélio Mendonça, no Funchal, elevando para 108 o número de óbitos associados à infeção por SARS-CoV-2.

19h45 - ANA. Metade do tráfego recuperado mas variante pode fazer rever previsões

ANA, gestora aeroportuária, diz que a recuperação do tráfego nos dez aeroportos que gere é no global de cerca de metade face a 2019, sendo que os comportamentos são assimétricos e a nova variante pode obrigar a rever as previsões. "Em termos globais da ANA, a recuperação anda entre os 40-50% em relação a 2019, cerca de metade do tráfego. Esta recuperação é assimétrica e acontece a diferentes velocidades", afirmou hoje o administrador Francisco Pita no 46.º Congresso Nacional da Associação Portuguesa das Agências de Viagens e Turismo (APAVT), que decorre em Aveiro.

19h27 - PJ investiga cerca de 10 casos ligados a falsificação de certificados
 
A Polícia Judiciária tem em curso "cerca de uma dezena de investigações" relacionadas com falsificações de certificados digitais covid-19 da União Europeia, indicou hoje à Lusa aquele polícia. Numa resposta enviada à Lusa, a PJ apenas refere que há "cerca de uma dezena de investigações em curso", adiantando ser prematuro avançar com mais pormenores.

19h04 - Moçambique com mais casos em dois dias do que nas últimas duas semanas
 
O número de casos de covid-19 em Moçambique nos dois primeiros dias de dezembro foi maior que nas duas últimas semanas de novembro, mas sem óbitos, segundo dados do Ministério da Saúde. Na quarta-feira e hoje, o país registou 104 novos casos, enquanto nas duas últimas semanas de novembro somou 91. 

18h42 - França reporta 48.416 novos casos e 103 mortes nas últimas 24 horas

Esta quinta-feira, a França reporta 48.416 novos casos e 103 mortes desde ontem, segundo dados do Ministério da Saúde do país. Assim, a pandemia já provocou 119.330 mortos e 7.725.114 infeções no território. Há também registo de um caso da variante Ómicron foi detetado na Île-de-France, confirmam as autoridades de saúde da região. Trata-se de um residente de Seine-et-Marne, que terá estado na Nigéria.

18h36 - Açores exigem teste negativo à chegada a passageiros do estrangeiro

Os passageiros provenientes do estrangeiro vão passar a estar obrigados a apresentar um teste negativo à covid-19 para entrar nos Açores a partir das 00h00 desta sexta-feira, tal como acontece no continente português.

18h30 - Incidência dispara em Espanha, que regista 14.500 casos e 42 mortos

O Ministério da Saúde espanhol contabilizou hoje mais 14.500 casos de Covid-19 e 42 mortos associados à doença, revelando ainda que incidência acumulada disparou 17 pontos, situando-se, agora, nos 234 casos por 100 mil habitantes. O país totaliza, desde o início da pandemia, 5.189.220 infeções e 88.122 óbitos.

18h28 - Testes Covid: Farmácias fazem "tudo o que é humanamente possível"
 
As farmácias estão a fazer "tudo o que é humanamente possível" para responder à procura de testes de covid-19, que regista "picos" em Lisboa e Porto, assegurou hoje a presidente da Associação Nacional das Farmácias (ANF).

18h24 - Passageiros da África do Sul com Ómicron estavam vacinados

As autoridades de saúde dos Países Baixos disseram esta quinta-feira que a maioria dos 62 passageiros da África do Sul infetados com Covid-19 estavam vacinados, apelando à realização de testes à doença antes dos voos, independentemente do estado de vacinação. Os 14 passageiros nos quais foi detetada a Ómicron também estavam vacinados.

18h17 - Itália volta a impor uso de máscara obrigatório em grande parte do país

As autoridades de várias regiões da Itália decidiram voltar a tornar obrigatório o uso da máscara nos centros das cidades, com o objetivo de tentar conter as infeções antes do Natal. O autarca de Roma, Roberto Gualtieri, assinou a portaria que implica que, a partir deste sábado até 31 de dezembro, será obrigatório o uso de máscara no centro da capital italiana, mesmo ao ar livre. As autoridades das cidades de Milão, Bérgamo e Bolonha, no norte do país, tomaram medidas semelhantes. O governante de Torino, Stefano lo Russo, também anunciou que a população deverá utilizá-las ao longo do dia em algumas partes do centro da cidade. 

18h05 - Casos em Itália voltam a aumentar. País soma 16.806 infeções e 72 óbitos

Nas últimas horas, a Itália regista mais 16.806 infeções e 72 óbitos, fruto da pandemia da Covid-19. Com estes valores, o país contabiliza, agora, 5.060.430 casos desde o início da pandemia, e 134.003 mortos. Há ainda a registar um aumento de 7.650 recuperados, traduzindo-se em 4.717.556 pessoas que ficaram curadas da doença.

17h33 - Voo para repatriar espanhóis de Moçambique transporta 15 portugueses
 
Um avião fretado pelo Governo espanhol saiu hoje de Maputo com 122 passageiros, entre os quais 65 espanhóis e 15 portugueses, retidos em Moçambique devido à variante Ómicron do coronavírus, disse hoje à Lusa fonte diplomática de Madrid. A mesma fonte do Ministério dos Negócios Estrangeiros em Madrid acrescentou que estão também a ser transportados cidadãos de outras nacionalidades, principalmente europeus, estando previsto que o avião, que saiu de Maputo cerca das 17:00 locais (15:00 em Lisboa), aterre em Madrid cerca das 03:00 (02:00 em Lisboa) de sexta-feira.

17h27 - Vacinação em Lisboa? "O Dr. Moedas demorou pouco a mostrar-se..." 

O Centro de Vacinação de Lisboa, que abriu portas esta quarta-feira, dia 1 de dezembro, na Feira Internacional de Lisboa (FIL), no Parque das Nações, continua a ser notícia e, um dos argumentos de Carlos Moedas para o 'defender' - "o custo de ter apenas um local é menor" - levou a que Porfírio Silva, deputado pelo PS, se insurgisse contra o presidente da Câmara de Lisboa. "Face à pandemia, o recente presidente da Câmara de Lisboa pensa em cortar nos custos. Antes diziam que era 'cortar nas gorduras do Estado'. O Dr. Moedas demorou pouco a mostrar-se...", considerou o socialista.   

17h15 - Reino Unido regista mais de 50 mil casos, o número mais alto desde julho

Nas últimas 24 horas, o Reino Unido regista mais 53.945 casos e 141 mortos pela Covid-19. O número de casos é o mais elevado desde 17 de julho, dia em que o país somou 54.674. Desde o início da pandemia, o Reino Unido soma 10.329.074 infeções pela Covid-19 e 145.281 óbitos.

17h11 - Multados 152 passageiros e 10 companhias nas fronteiras aéreas
 
A PSP e o SEF registaram na quarta-feira 152 contraordenações de pessoas que desembarcaram nos aeroportos portugueses sem teste negativo à covid-19 ou certificado de recuperação, revelou hoje à Lusa o Ministério da Administração Interna (MAI). Os dados do MAI avançam também que pelo menos 10 companhias aéreas foram multadas por terem transportado passageiros sem teste negativo à covid-19 ou certificado de recuperação, condições obrigatórias desde quarta-feira para entrar em Portugal continental através das fronteiras aéreas.

17h06 - Foram dadas mais 63.405 doses de reforço no ultimo dia

Já foram administradas mais de 63 mil doses de reforço da vacina contra a Covid-19 nas últimas 24 horas, elevando o total para 1.345.575. A informação consta no relatório de vacinação, referente a Portugal Continental, revelado esta quinta-feira pela Direção-Geral da Saúde (DGS). Relativamente aos vacinados com a dose de reforço nas últimas horas, 515.205 são pessoas com 80 ou mais anos, 442.127 com 70 a 79 anos e 177.567 têm entre 65 e 69 anos.  A vacinação primária completa (as duas primeiras doses) já chegou a 8.584.706 pessoas, com mais 3.215 desde ontem.

17h02 - EUA confirmam segundo caso da Ómicron no Minnesota

O segundo caso da variante do coronavírus Ómicron nos Estados Unidos foi identificado no estado norte-americano do Minnesota, de acordo com um comunicado das autoridades de saúde estaduais. O Laboratório de Saúde Pública do estado encontrou a variante num residente de Minnesota com histórico recente de viagens à cidade de Nova Iorque. Segundo as autoridades, a pessoa com a variante é um homem residente no condado de Hennepin e foi vacinado.

16h52 - Fauci alerta que poderá ser necessário receber vacina anualmente

Anthony Fauci alertou os norte-americanos para estarem preparados para poder precisar de receber a vacinação contra a Covid-19 todos os anos, de forma a protegerem-se contra a infeção. Insiste, no entanto, que as viagens durante as festividades ainda são seguras para os vacinados.

16h19 - Produtores e promotores de espetáculos com dúvidas sobre eventos
 
Os produtores e promotores de espetáculos querem esclarecimentos sobre as novas orientações para eventos culturais, por considerarem que levantam dúvidas sobre a obrigatoriedade de realização de testes à Covid-19. "É muito confuso. Em todas as fases desta pandemia nós começámos a sentir os efeitos desta comunicação deficiente muito antes de as medidas serem implementadas", afirmou à agência Lusa Rafaela Ribas, da associação Espetáculo, que representa agentes e produtores, referindo que pediu mais informações à Inspeção-Geral das Atividades Culturais (IGAC).

16h03 - Espanha realizou voo de repatriamento de 150 pessoas retidas em Maputo
 
O Governo da Espanha realizou hoje um voo de repatriamento de Maputo para Madrid, com 150 passageiros de 15 nacionalidades que estavam retidos em Moçambique devido ao fecho de fronteiras, anunciou a embaixada espanhola. O avião partiu às 16h30 locais (14h30 em Lisboa) com espanhóis, moçambicanos e pessoas de outras nacionalidades residentes naquele país, bem como passageiros da União Europeia, "cujos voos foram cancelados", referiu a embaixada da Espanha em Moçambique, numa nota enviada à comunicação social.

15h53 - Ministra da Presidência disse "não estar prevista reunião com peritos"
 
A ministra da Presidência afirmou hoje não estar prevista para breve nova reunião com peritos sobre a situação epidemiológica e salientou que a expectativa é que não se repita a vaga grave de covid-19 de janeiro passado. Estas posições foram transmitidas por Mariana Vieira da Silva no final do Conselho de Ministros, numa conferência de imprensa em que foi questionada sobre quando é que o Governo tenciona marcar nova reunião com peritos, no Infarmed, em Lisboa, para analisar a evolução da pandemia em Portugal.

15h46 - África do Sul classifica de apartheid sanitário as restrições impostas

O presidente sul-africano denunciou hoje em Abidjan, "todas as formas de apartheid sanitário" de que o seu país tem sido alvo, através de restrições de deslocações internacionais desde que detetou a nova variante do coronavírus, a Ómicron.

15h39 - Governo diz que regras nas fronteiras terrestres são as necessárias

O Governo disse hoje que as novas regras para entrar em Portugal por via terrestre são as necessárias tendo em conta que, na época do Natal, aumenta o número de emigrantes que regressam e de visitantes.

15h31 - Alemanha vai impor confinamento parcial aos não vacinados

O governo alemão anunciou hoje um aumento das restrições para pessoas não vacinadas contra a Covid-19, impondo-lhes um confinamento parcial e negando-lhes acesso a lojas não essenciais, restaurantes, locais de cultura ou de lazer.

15h22 - Duas mortes no surto em lar do concelho de Nisa

O surto de Covid-19 no lar Joaquim Maria da Costa, em Montalvão, no concelho de Nisa (Portalegre), já provocou duas mortes, disse hoje à agência Lusa a provedor da instituição, Maria Júlia Lopes.

15h16 - Restrições às viagens vão perder eficácia para conter Ómicron

O Centro Europeu de Prevenção e Controlo das Doenças (ECDC) considerou hoje que, devido ao número crescente na Europa de surtos relacionados com a variante Ómicron do SARS-CoV-2, as restrições às viagens "vão significativamente perder eficácia". Por isso, "os países devem preparar-se para uma rápida e ponderada retirada de tais medidas", aconselha a agência europeia num documento com uma atualização da avaliação de risco relativamente a esta estirpe, considerada de preocupação. A agência europeia estima, com base no pressuposto de que já foram importados casos para muitos países da UE/EEE, que "os encerramentos de fronteiras ou proibições de viagem provavelmente só irão atrasar o impacto da nova variante em termos de número de casos e hospitalizações nos países em duas semanas, no máximo".

15h11 - Em dia com mais internados, Portugal soma 13 mortes e 2.898 infetados

Portugal contabilizou, nas últimas 24 horas, 13 mortes e 2.898 casos positivos de Covid-19, indica o boletim epidemiológico divulgado esta quinta-feira pela Direção-Geral da Saúde (DGS). Ao todo, desde o início da pandemia, o país soma já 1.154.817 casos de infeção e 18.471 óbitos associados à doença. Os hospitais registaram, no último dia, um aumento significativo do número de internados: são mais 75 em enfermaria e 12 em unidades de cuidados intensivos. Assim sendo, no total, há 916 pessoas com Covid-19 internadas em enfermaria e 128 em unidades de cuidados intensivos.

15h08 - Encerramento de fronteiras pelo Ocidente é "um novo tipo de apartheid"

Organizações da sociedade civil da África Austral manifestaram-se hoje, em Maputo, indignadas com o fecho de fronteiras aos países da região, classificando a decisão do Ocidente como "um novo tipo de apartheid".

14h35 - Novas medidas a anunciar na Alemanha devem seguir tendência de restrições
 
As restrições impostas para combater a disseminação da covid-19 multiplicam-se em todo o mundo face à expansão da variante Ómicron, devendo a Alemanha anunciar hoje o encerramento de locais públicos ou a obrigação de vacinação. Esta imposição de tomar a vacina anti-covid-19 já está a ser estudada em vários países, ainda que a resistência seja forte.

14h33 - Problemas na app SNS24? "Expectativa é que erro não volte a acontecer"

A ministra de Estado e da Presidência, Mariana Vieira da Silva, afirmou esta quinta-feira que o erro na aplicação do SNS24 está ultrapassado e que a expectativa é que não se repita. A governante respondia, no final da reunião do Conselho de Ministros, a uma questão sobre as dificuldades no acesso à aplicação ocorridas no dia de ontem. "A aplicação do SNS24, onde é possível consultar o certificado de vacinação, esteve de facto em baixo ontem pela hora de almoço. Até às duas da tarde o problema já tinha sido resolvido", assegurou Mariana Vieira da Silva. "Foi um problema informático que foi prontamente resolvido."

14h25 - Clínica russa Ómicron quer proibir uso do nome para variante do vírus

O fundador de uma rede de clínicas oftalmológicas russas, chamada Ómicron, quer proibir a Organização Mundial da Saúde (OMS) de usar esse nome para designar a nova variante do coronavírus, divulgou hoje uma rádio local.

13h56 - Albuquerque considera desnecessário aplicar medidas do continente

A testagem massiva da população contra a Covid-19 na Madeira tem sido "um sucesso" e o Governo Regional considera desnecessário adotar no arquipélago os procedimentos do estado de calamidade declarado no continente, disse hoje o presidente do executivo.

13h54 - Nova variante "não é motivo de pânico", diz diretor do África CDC

O diretor do África CDC assegurou hoje que a nova variante do SARS-CoV-2 preocupa, mas não é motivo de pânico e defendeu que a fase aguda da pandemia de Covid-19 já acabou.

13h51 - Portugal está longe de atingir "linhas vermelhas" no SNS

O Governo considerou hoje que, apesar do gradual aumento da incidência da Covid-19, em Portugal, o país está ainda longe de atingir as "linhas vermelhas", designadamente no que respeita a internados em cuidados intensivos.

A ministra de Estado e da Presidência afastou, pelo menos a curto prazo, novas medidas restritivas para o combate à pandemia.

"Julgamos que as medidas que entraram em vigor ontem [na quarta-feira] são as necessárias", declarou Mariana Vieira da Silva, elogiando depois o grau de cumprimento verificado em relação a essas novas medidas, assim como o número recorde de testes realizados em Portugal.

13h21 - Pandemia matou pelo menos 5.223.072 pessoas em todo o mundo

A pandemia provocada pelo novo coronavírus já fez pelo menos 5.223.072 mortos em todo o mundo desde que foi notificado o primeiro caso na China no final de 2019, segundo o balanço diário da agência France-Presse (AFP).

13h11 - Novos casos duplicam numa semana em África devido à nova variante

O número de novos casos de Covid-19 em África mais do que duplicou na última semana, muito devido ao aparecimento da nova variante do SARS-CoV-2 na África do Sul, anunciou hoje o África CDC.

13h03 - EUA vão exigir teste negativo realizado até 24 horas antes do embarque

Os Estados Unidos vão exigir, a partir de segunda-feira, que os viajantes que chegam por via aérea ao país apresentem um teste negativo à Covid-19 realizado nas 24 horas anteriores ao voo, foi hoje divulgado.

A decisão surge no âmbito do aparecimento da nova variante do coronavírus Ómicron e visa travar a disseminação da estirpe, que já foi identificada no território norte-americano.

A medida vai ser exigida independentemente do nível de vacinação da pessoa ou do país de partida do viajante e foi hoje anunciada pela Casa Branca (presidência norte-americana), no âmbito de um plano de inverno contra a doença Covid-19 que tem mais oito disposições.

12h59 - Anticorpos de infeções anteriores não impedem nova infeção com Ómicron

Os anticorpos resultantes de uma primeira infeção com Covid-19 não impedem uma pessoa de contrair novamente a doença com a variante Ómicron, afirmou hoje uma investigadora, na conferência de imprensa virtual semanal do escritório da OMS em África.

11h27 - "É provável que seja necessária uma vacinação anual". O presidente e CEO da Pfizer, Albert Bourla, indicou esta quinta-feira, à BBC, que existe uma grande probabilidade de as vacinas contra a Covid-19 serem necessárias anualmente durante vários anos. O especialista afirma que a medida será necessária para manter "um alto nível de proteção".

10h50 - Guiné Equatorial encerra fronteiras até 2 de janeiro por causa da Ómicron

O governo da Guiné Equatorial vai fechar a partir de segunda-feira e até 2 de janeiro as suas fronteiras a voos internacionais devido à nova variante do coronavírus, Ómicron, anunciada há uma semana na África do Sul.

10h20 - Trump testou positivo para a Covid-19 dias antes do debate com Biden

Donald Trump testou positivo para a Covid-19 três dias antes do primeiro debate com Joe Biden tendo em vista as eleições presidenciais do ano passado, revela o seu antigo chefe de gabinete, Mark Meadows, num livro que vai ser publicado na próxima semana, e ao qual o The Guardian teve acesso.

O antigo presidente testou positivo no dia 26 de setembro do ano passado. A Casa Branca não anunciou o resultado positivo na altura.

No livro ‘The Chief’s Chief’, Meadows afirma que embora soubesse que os candidatos tinham de “testar negativo para o vírus 72 horas antes de começar o debate… Nada iria travar Trump de participar no debate”.

Meadows acrescenta que Trump foi submetido a um novo teste antes do debate e testou negativo.

9h54 - Cidade chinesa oferece mais de mil euros a quem testar positivo

Os residentes da cidade chinesa de Harbin que fizerem um teste de ácido nucleico para o coronavírus e acusarem positivo vão receber uma recompensa equivalente a 1.386 euros, anunciaram hoje as autoridades locais.

A decisão das autoridades visa "bloquear os canais de transmissão do vírus", ao estimular a população a fazer o teste.

9h29 - Novo medicamento aprovado no Reino Unido permanece ativo contra Ómicron

A Agência Britânica de Medicamentos (MHRA) autorizou o anticorpo monoclonal do laboratório britânico GlaxoSmithKline contra o coronavírus, anunciou o regulador, sublinhando que o tratamento permaneceu ativo contra a nova variante Ómicron.

"Até o momento, o sotrovimab mostrou que permanece ativo contra todas as variantes de preocupação e de interesse definidas pela Organização Mundial da Saúde (OMS)", afirmou a GSK. 

8h52 - Mais um caso Ómicron detetado em França

Um caso da variante Ómicron foi detetado na Île-de-France, confirmam as autoridades de saúde da região. Trata-se de um residente de Seine-et-Marne, que terá estado na Nigéria.

Este é o segundo caso da nova variante do SARS-CoV-2 detetado em França. 

8h09 - Portugal realiza número recorde de testes desde o início da pandemia

Foram feitos em Portugal, na passada terça-feira, dia 30 de novembro, cerca de 117 mil testes à Covid-19, anunciou esta quinta-feira a Direção-Geral da Saúde (DGS) em comunicado. É o maior número de testes feitos num só dia no país desde o início da pandemia.

Até agora, o dia com o maior número de testes realizados tinha ocorrido a 21 de abril deste ano, com cerca de 98 mil testes.

8h05 - Governo alemão pode impor mais restrições, nomeadamente aos não vacinados

A chanceler da Alemanha, Angela Merkel, e o seu sucessor Olaf Scholz, vão manter conversas com líderes regionais esta quinta-feira relativamente à quinta vaga da pandemia que está a ser devastadora para o país. De acordo com a CNN, dessas reuniões poderão resultar novas restrições para a população alemã, nomeadamente para os não vacinados. O encerramento de bares e a limitação de eventos de grande capacidade estão a ser equacionados, mas os lideres alemães também vão abordar a imposição da vacinação obrigatória, algo que no início desta semana Scholz assumiu que apoiava. 

7h59 - Estudo alerta para danos cerebrais causados pela Covid-19

Os doentes hospitalizados com Covid-19 podem vir a desenvolver complicações cerebrais, sendo o acidente vascular cerebral (AVC) a mais frequente, conclui um estudo apresentado recentemente na reunião anual da Sociedade Radiológica da América do Norte (RSNA, na sigla original).

"O estudo mostra que as complicações no sistema nervoso central representam uma causa significativa de morbidade e mortalidade", aponta Scott H. Faro, principal autor do estudo, que envolveu 40 mil doentes internados em sete hospitais dos Estados Unidos e da Europa Ocidental.

7h58 - Alemanha regista 73.209 casos, um dos números mais elevados na pandemia

A Alemanha reportou 73.209 casos de infeção no último dia, segundo os dados divulgados esta quinta-feira pelo Instituto Robert Koch. Este é a terceira cifra mais elevada de casos diários desde o início da pandemia. Foram notificadas mais 388 mortes causadas pela Covid-19. 

A Alemanha totaliza 5.977.208 e 102.178 óbitos. 

A incidência acumulada voltou a baixar, e situa-se em 439,2 casos por 100 mil habitantes. 

7h56 - Japão cancela suspensão de reservas em voos vindos do estrangeiro

O governo japonês anunciou hoje ter cancelado o seu pedido às companhias aéreas para suspenderem as novas reservas para o país porque quer assegurar que os seus cidadãos possam regressar.

7h53 - África debate em Cabo Verde desafios do financiamento pós-pandemia

Governos, investidores e académicos de países africanos debatem a partir de hoje, na ilha cabo-verdiana do Sal, os desafios do financiamento ao continente no pós-pandemia de Covid-19 na II edição da Conferência Económica Africana.

7h51 - China deteta 73 casos nas últimas 24 horas

A China detetou 73 casos de Covid-19, nas últimas 24 horas, 53 por contágio local e os restantes oriundos do estrangeiro, anunciaram hoje as autoridades de saúde do país. A Comissão de Saúde da China adiantou que o número total de casos ativos é de 906, entre os quais sete graves.

Desde o início da pandemia, o país registou 98.897 casos da doença e 4.636 mortos.

07h00 - Bom dia! Este é um novo registo de acompanhamento dos mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19. Pode recordar aqui o registo anterior. 

Leia Também: AO MINUTO: Portugal tem 19 casos de Ómicron; Crianças sem "risco zero"

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório