Meteorologia

  • 26 JANEIRO 2021
Tempo
16º
MIN 15º MÁX 19º

Edição

AO MINUTO: Natal? É difícil antecipar. Privados prontos a libertar camas

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19 em Portugal e no Mundo.

AO MINUTO: Natal? É difícil antecipar. Privados prontos a libertar camas

Após mais de dois meses de interrupção, decorreu, esta quinta-feira, uma reunião sobre a evolução da Covid-19 em Portugal no Infarmed, em Lisboa, que juntou especialistas, políticos e parceiros sociais. 

No final da reunião, o Presidente da República Presidente da República afirmou que "é necessário" estender o Estado de Emergência e abriu a porta a outras renovações, tendo em conta que o "desafio não termina nos próximos 15 dias".

Marcelo Rebelo de Sousa informou ainda que o decreto presidencial para a renovação do Estado de Emergência vai ser enviado ainda hoje para debate e votação na Assembleia da República.

Quanto às novas medidas que virão com a prorrogação do Estado de Emergência, o gabinete do primeiro-ministro, esclareceu que o Governo ainda não tomou qualquer decisão sobre as novas medidas e que qualquer anúncio nesse sentido constitui "pura especulação", remetendo novidades para o o próximo sábado, depois de votado o Estado de Emergência. 

Sobre a situação epidemiológica no país, João Gouveia, da Coordenação da Resposta em Medicina Intensiva, alertou hoje que existe o risco de já não se conseguir receber todos os doentes com Covid-19 que precisem de cuidados intensivos. "Neste momento, temos 84% de taxa de ocupação das camas de unidades de cuidados intensivos dedicados à Covid-19. (...) Não acho que estejamos em situação de catástrofe, ainda, mas estamos já em situação de rutura".

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19 em Portugal e no Mundo:  

00h00 - Termina aqui o registo desta quinta-feira. De manhã publicaremos um novo artigo no qual vai poder continuar a acompanhar os principais desenvolvimentos da pandemia em Portugal e no mundo. E, não se esqueça: se sentir sintomas relacionados com o coronavírus ligue para a Linha SNS24 - 808 24 24 24.

23h51 - "A aceleração do processo das vacinas não comprometeu a segurança". Anthony Fauci, diretor do Instituto Nacional de Alergia e Doenças dos Estados Unidos, assegurou que as vacinas que estão a ser desenvolvidas para travar a Covid-19 são seguras. "A aceleração do processo das vacinas não comprometeu a segurança, nem põe em causa a sua integridade científica", afirmou o especialista, esta quinta-feira, numa conferência de imprensa, na Casa Branca, sobre a pandemia.

23h27 - Biden rejeita novo confinamento apesar de aumento de casos nos EUA. O Presidente eleito dos Estados Unidos, o democrata Joe Biden, rejeitou hoje um novo confinamento a nível nacional, apesar do aumento no número de infeções pelo novo coronavírus em todo o país nas últimas semanas.

23h02 - Maioria dos portugueses quer mais competências para a UE. A maioria dos portugueses (83%) defende que a União Europeia (UE) devia ter mais competências para combater a Covid-19 e quase metade (45%) dizem que a pandemia teve impacto no seu rendimento, segundo um inquérito hoje divulgado.

22h24 - Protestos na Colômbia. Apesar das restrições devido à pandemia, milhares de trabalhadores e estudantes manifestaram-se hoje em várias cidades colombianas contra as políticas sociais e económicas implementadas pelo Governo e pelo Presidente Ivan Duque. 

Os protestos, adianta a Reuters, foram pacíficos e os participantes respeitaram as medidas de distâncimento social e uso de máscaras individuais. "Este é um governo que não quer debater nem negociar, o que significa que temos de continuar as manifestações. O Presidente é surdo, cego e mudo perante opiniões que diferem da sua", disse Diogenes Orjuela, presidente do Sindicato Central de Trabalhadores, em declarações à agência noticiosa. 

Notícias ao MinutoCidadãos manifestam-se em Bogotá© Reuters

22h15 - Bares e restaurantes fechados até meados de dezembro na Irlanda do Norte. Os bares e restaurantes da Irlanda do Norte vão permanecer encerrados até meados de dezembro, anunciou hoje o Governo. De acordo com o The Guardian, estava prevista a reabertura destes estabelecimentos em 27 de novembro

22h08 - Atualização dos números no Brasil. O Ministério da Saúde brasileiro revelou hoje que, nas últimas 24 horas, foram reportados mais 35.918 casos confirmados de Covid-19 e 606 mortos devido ao novo vírus. Em termos acumulativos, o país já conta com quase seis milhões de contágios e mais de 168 mil óbitos.  

21h52 - Dois jogadores dos Rangers de fora de jogos por quebrarem regras. Jordan Jones e George Edmundson, jogadores do Rangers, adversário do Benfica na Liga Europa, foram esta quinta-feira duramente sancionados por quebrarem as regras Covid-19.

21h48 - Discussões prosseguirão em busca de "solução aceitável para todos"O presidente do Conselho Europeu confirmou hoje que "alguns" países continuam a rejeitar aprovar o orçamento comunitário plurianual e o Fundo de Recuperação, pelo que prosseguirão as discussões "para encontrar uma solução aceitável para todos".

21h45 - Cantor Jeremih ainda em "estado crítico". O cantor norte-americano Jeremih encontra-se internado nos cuidados intensivos, em "estado crítico", dias depois de ter sido hospitalizado com o novo coronavírus, confirmou o agente do artista.

21h36 - Município da Praia da Vitória reforça medidas de contenção. A Câmara Municipal da Praia da Vitória, nos Açores, decidiu encerrar parques e zonas de lazer e reforçar a desinfeção de espaços públicos, devido ao agravamento da situação epidemiológica do concelho, no âmbito da pandemia.  

21h25 - Estado social deve ser a "espinha dorsal" da resposta europeia à crise. Os apoios extraordinários para a pandemia abrangeram já 25% da população portuguesa, disse hoje a ministra do Trabalho, num debate virtual no qual defendeu que o "pilar social" deve ser a "espinha dorsal" da resposta europeia à crise.

21h19 - Privados disponíveis para desmarcar cirurgias. Os hospitais privados estão disponíveis para desmarcar cirurgias para libertar camas e capacidade de cuidados intensivos, adiantou hoje o presidente da Associação Portuguesa da Hospitalização Privada (APHP), Óscar Gaspar.

21h13 - Portugal preparado para comprar 16 milhões de doses de vacinas. O primeiro-ministro afirmou hoje que Portugal está preparado para comprar cerca de 16 milhões de doses de três vacinas contra a Covid-19 e adiantou que Bruxelas prepara um combate às campanhas de desinformação em relação à vacinação.

21h09 -  Atualização em São Tomé e Príncipe. São Tomé e Príncipe registou nas últimas 24 horas sete novos casos do novo coronavírus, em 133 testes realizados, aumentando as infeções acumuladas para 974, anunciou hoje a porta-voz do Ministério da Saúde.

20h51 - Difícil é "antecipar" o que irá acontecer na época natalícia. António Costa afirmou esta noite que é difícil "antecipar" como irá ser o Natal. Em declarações após o Conselho Europeu, o primeiro-ministro esclareceu: "Acontece que, em todos os Estados-membros - e Portugal não é exceção - temos ainda dificuldade de antecipar hoje qual será a situação que vamos ver na época natalícia". 

Sobre o que foi discutido na Cimeira Europeia a propósito desta matéria, António Costa, "não houve uma discussão sobre medidas em concreto", mas sim uma "preocupação geral" de "poder haver regras comuns" porque "há muitas famílias que residem em pontos diversos da Europa e tendem a circular." 

20h48 - Empresários do Alto Minho exigem "mais e melhores apoios". A Associação Empresarial de Viana do Castelo (AEVC) exigiu hoje ao Governo "mais e melhores apoios" para "salvar" as micro e pequenas empresas e manter "muitos postos de trabalho".

20h36 - Bazuca? "Urgência aumentou". Ainda em declarações aos jornalistas após a Cimeira Europeia, sobre o impasse dos fundos europeus com a Eslovénia, Hungria e Polónia, o primeiro-ministro sublinhou: "Se a bazuca era urgente na primeira vaga, agora a urgência aumentou".

"Ao mesmo tempo que temos de combater a pandemia, temos de responder à grave crise económica e mundial que a pandemia gerou", considerou, esperando que já existam conclusões na próxima reunião, prevista para dezembro, e manifestando que Portugal "dá todo o seu apoio às diligências da presidência alemã" nas negociações.

20h16 - CE já assinou contratos com 4 empresas para aquisição de vacinas. António Costa revelou, no início da noite de hoje, que a Comissão Europeia já assinou contratos com quatro empresas que estão a desenvolver vacinas contra a Covid-19, designadamente, com Astrazeneca, Sanofi GsK, Johnson & Johnson e com a Pfizer. Há ainda negociação com a Moderna e outras duas empresas.

"A presidente da Comissão informou que há uma visão otimista por parte da Agência Europeia do Medicamento, de que durante o mês de dezembro, poderá conceder as primeiras autorizações condicionais para as vacinas", apontou ainda o primeiro-ministro. 

20h12 - OMS reforça capacidade de testagem de Moçambique. A Organização Mundial da Saúde (OMS) disponibilizou hoje ao Ministério da Saúde de Moçambique equipamentos para o reforço da capacidade de testagem para o novo coronavírus do país.

20h02 - Cruz Vermelha vai receber 10 milhões de euros para testes rápidos. A Cruz Vermelha Portuguesa (CVP) anunciou hoje que vai receber 10 milhões de euros da União Europeia para comprar testes rápidos de diagnóstico da Covid-19 e material médico no âmbito de um apoio da União Europeia.

19h42 - Darwin Núñez e Weigl testam positivo. O Benfica confirmou, nesta quinta-feira, que dois jogadores do plantel principal testaram positivo à Covid-19: Julian Weigl e Darwin Núñez. Desta forma os dois jogadores irão estar fora das opções para o jogo com o Paredes a contar para a 3.ª eliminatória da Taça de Portugal, a realizar no próximo sábado.

19h30 - Número de casos aumenta em escola básica de Évora. Mais dois funcionários estão infetados com Covid-19 na Escola Básica André de Resende, em Évora, o que faz com que o estabelecimento, já encerrado desde segunda-feira, continue de portas fechadas, disse hoje o diretor do agrupamento.

19h17 - Serviços Prisionais com 371 casos positivos. A Direção-Geral de Reinserção e Serviços Prisionais (DGRSP) contabiliza hoje 371 casos positivos de Covid-19 entre trabalhadores, reclusos e jovens internados em Centros Educativos, tendo 18 casos positivos sido agora detetados na cadeia de Izeda (Bragança).

19h11 - Centro Hospitalar de Trás-os-Montes já processou 35 mil testes. O Centro Hospitalar de Trás-os-Montes e Alto Douro (CHTMAD) reforçou o Serviço de Patologia Clínica com 12 profissionais para uma resposta mais célere à Covid-19, tendo processado 35 mil testes desde o início da pandemia.

19h04 - Marcelo vai falar ao país. O Presidente da República vai fazer uma comunicação ao país, na sexta-feira, às 20h00, sobre a renovação do Estado de Emergência, avançou a RTP.

18h58 - Atualização dos números em Cabo Verde. Cabo Verde reportou mais 82 novos casos positivos do novo coronavírus e aumentou para 10.082 o acumulado de infeções desde 19 de março, informou hoje o Ministério da Saúde. 

18h53 - Frequentar ginásios ou viver em casas lotadas aumentam risco de infeção. Frequentar ginásios ou viver em casas mais lotadas são fatores de risco acrescido de infeção com o novo coronavírus, ao contrário da utilização de transportes públicos, espaços comerciais e de restauração, revela um estudo hoje divulgado.

18h49 - Macedónia do Norte declara o Estado de Emergência. A Macedónia do Norte vai instaurar o Estado de Emergência para tentar travar a propagação galopante da pandemia de Covid-19 no país, anunciou hoje o primeiro-ministro norte-macedónio, Zoran Zaev.

18h42 - Assembleia da Madeira dá parecer favorável à renovação da Emergência. A Assembleia Legislativa da Madeira deu hoje parecer favorável à renovação do estado de emergência em Portugal.

18h36 - Situação no lar de Alhandra está "controlada". O presidente da Câmara Municipal de Vila Franca de Xira, Alberto Mesquita, afirmou hoje que a situação no lar de Alhandra onde morreram 21 idosos de Covid-19 está controlada, fruto de um esforço das entidades competentes.

18h24 - Prefeito de São Paulo nega segunda onda. O prefeito de São Paulo, a maior cidade do Brasil, negou hoje a existência de uma segunda onda de contaminações por Covid-19 e disse que não há motivos para retroceder no plano de flexibilização das medidas de distanciamento social.

18h20 - Atualização dos números em Espanha. O Ministério da Saúde espanhol revelou que, nas últimas 24 horas, foram registados mais Espanha notifica mais 16.233 casos confirmados e 252 óbitos associados ao novo coronavírus. Em termos globais, Espanha acumula 1,541.574 infeções e 42.291 mortos. 

18h14 - Norte ultrapassa 100 mil testes protocolados e expande testes rápidos. A Administração Regional de Saúde do Norte (ARS-Norte) revelou hoje que realizou mais de 100 mil testes moleculares à Covid-19 em protocolo com a academia e que os testes rápidos vão estender-se a toda a região na próxima semana.

18h06 - Atualização dos números no Chile. O Chile está perto de registar 15.000 mortes devido à Covid-19 desde o início da pandemia, depois de registar 58 óbitos e 1.455 novos casos nas últimas 24 horas, informaram hoje as autoridades de saúde.

18h07 - Território indígena do Brasil com aumento de mais de 250% de casos. O número de casos de covid-19 aumentou mais de 250% em três meses na Terra Indígena Yanomami, maior área demarcada brasileira, e um em cada três moradores da região pode ter sido contaminado, segundo a Rede Pró-Yanomami e Ye'kwana.

18h01 - Atualização dos números em França. As autoridades sanitárias francesas indicaram esta quinta-feira que o número de óbitos associados à Covid-19 em meio hospitalar aumentou para 47.127, mais 429 mortos do que ontem. 

17h54 - Ristovski testa positivo. O futebolista macedónio do Sporting Stefan Ristovski assumiu hoje que testou positivo para o novo coronavírus, bem como a sua companheira e filho. "Família Covid-19 positiva. Vamos continuar a lutar e voltar mais fortes. Mantenham-se seguros e saudáveis", revelou o jogador.

17h44 - Suspensão de férias no CHMT é "contraproducente". O Sindicato dos Enfermeiros Portugueses (SEP) criticou hoje a suspensão de férias decretada aos profissionais do Centro Hospitalar do Médio Tejo (CHMT), afirmando que a medida é "extemporânea" e "contraproducente", além de "contribuir para o aumento do absentismo".

17h35 - Viagens nos EUA. O Centro de Prevenção e Controlo de Doenças (CDC) dos EUA pediu aos norte-americanos para não viajarem no feriado do dia de Ação de Graças, na próxima semana, dia 26 de novembro, por causa da pandemia de Covid-19.

17h32 - Negócios com menos 43% de faturação no fim de semana. As empresas do retalho sofreram quebras de 43% na faturação durante o primeiro fim de semana de recolher obrigatório decretado em 121 concelhos, em comparação com o anterior, de acordo com um relatório da Reduniq, hoje divulgado.

17h24 - Apenas 25% dos portugueses mantêm distância recomendada. Mais de um terço dos portugueses saíram de casa nas últimas duas semanas sem ser para ir trabalhar e apenas 25% mantiveram a distância recomendada de dois metros entre as pessoas, segundo um estudo da Escola Nacional de Saúde Pública.

17h15 - Atualização dos números no Reino Unido. Autoridades britânicas reportam mais 22.915 novos casos de infeção confirmados na região, elevando o número total de contágios, desde o início da pandemia, para 1.453.256. Quanto ao número de mortos, foram registados mais 501, aumentando para 63.873 o total de óbitos associados até hoje à Covid-19. 

16h51 - Presidente já enviou à AR decreto para renovação do Estado de Emergência. Marcelo Rebelo de Sousa informou, através de uma nota divulgada na página oficial da Presidência da República, que já enviou para a Assembleia da República o decreto presidencial para a renovação do Estado de Emergência por mais 15 dias

Leia aqui o decreto do Estado de Emergência.

16h43 - Atualização dos números em Itália. A Itália registou 653 mortes associadas ao novo coronavírus nas últimas 24 horas, aumentado o total de óbitos para 47.870, informou esta quinta-feira o Ministério da Saúde. Quanto aos casos, foram reportados mais 6.176, elevando o número total de contágios no país, desde o início da pandemia, para 1,308.528.

16h33 - Atualização dos números em Portugal. Já foram divulgados os dados epidemiológicos desta quinta-feira. De acordo com a Direção-Geral da Saúd (DGS), nas últimas 24 horas, Portugal registou mais mais 69 mortes e 6.994 infetados. Em termos acumulados, o país regista 3.701 vítimas mortais e 243.009 infeções por SARS-CoV-2.

16h32 - CDS quer conhecer medidas antes de votar em Emergência. O CDS apelou hoje ao primeiro-ministro que dê a conhecer aos partidos as medidas que o Governo prevê implementar para combater a pandemia de covid-19 antes de o parlamento votar a renovação do estado de emergência.

16h31 - Lar residencial de Pombal com 27 infetados. O lar residencial de Pombal da CERCIPOM tem 16 utentes e 11 funcionários infetados com Covid-19, disse hoje à agência Lusa a diretora-geral da instituição que apoia pessoas com deficiência ou incapacidade.

16h28 - Chega quer reabrir restaurantes. O presidente do Chega mostrou-se hoje confiante na ação judicial interposta no Supremo Tribunal Administrativo para reverter as restrições de horário dos restaurantes e criticou Presidente da República e chefe do Governo por acenarem com o "fantasma do confinamento".

16h26 - PAN sublinha papel "regulador" da AR em Emergência. A líder parlamentar do PAN considerou hoje que o Estado de Emergência "não deve ser desgastado", mesmo sendo necessário ao contexto atual, defendendo que o parlamento "pode e deve" assumir um papel regulador de certas medidas

16h21 - Plataforma para monitorizar contágios no Ensino Superior? O Sindicato Nacional do Ensino Superior (SNESup) quer que seja criada uma plataforma para reportar e monitorizar casos de infeção pelo novo coronavírus no ensino superior, criticando aquilo que descreve como secretismo por parte das instituições.

16h19 - PEV alerta para necessidade de proteger trabalhadores e transportes. O Partido Ecologista 'Os Verdes' defendeu hoje medidas que protejam os trabalhadores nos locais de trabalho e nos transportes públicos, afirmando que essa segurança não está sempre garantida, e exigiu o reforço dos cuidados primários de saúde.

16h14 - Ordem dos Enfermeiros "seriamente preocupada" com os Açores. A Ordem dos Enfermeiros manifestou-se hoje "seriamente preocupada" com o aumento de casos de Covid-19 nos Açores, apontando "fragilidades" ao Sistema Regional de Saúde, agora "muito mais agravadas" com "a intensidade" do combate à pandemia.

16h12 - PCP indica que restauração representa apenas 2% dos contágios. O dirigente comunista Jorge Pires sublinhou hoje que o setor da restauração é responsável por apenas 2% dos contágios com o novo coronavirus, citando um estudo, mas sem precisar qual. "Independentemente do crescimento que se mantém do número de casos, é de realçar que há um decréscimo desse crescimento, que está a ser mais lento", acrescentou, em declarações aos jornalistas após a reunião no Infarmed

16h09 - Atualização dos números em Moçambique. Moçambique registou a morte de mais um paciente infetado pelo novo coronavírus, elevando o número de óbitos para 120, tendo também 94 novas infeções, anunciou hoje o Ministério da Saúde.

16h07 - mara de Viseu contrata taxistas para entrega de refeições. O presidente da Câmara de Viseu anunciou hoje que, neste fim de semana, os residentes do concelho que queiram encomendar as refeições nos restaurantes aderentes terão um serviço de entrega gratuito feito pelos taxistas.

16h01 - BE defende "responsabilidade do Estado" e mais direitos. O Bloco de Esquerda (BE) defendeu hoje a necessidade de mais medidas e "mais ação social" para combater a pandemia, mas considerou que devem passar pela "responsabilidade do Estado" e pela criação de mais direitos. 

15h53 - Madeira vai anunciar regras complementares devido ao Natal. O presidente do Governo da Madeira anunciou hoje que vão ser divulgadas "regras complementares" devido ao regresso de milhares de estudantes e emigrantes para as comemorações do Natal, tendo recusado a antecipação das férias nas escolas da região.

15h50 - PSD aponta "falta de preparação" ao Governo. O PSD afirmou hoje que foi "falta de preparação" que conduziu ao "descontrolo da situação pandémica" em Portugal, e pediu uma "mudança radical" na estratégia de identificação, isolamento e testagem de casos suspeitos ou identificados.

15h48 - África teme segunda vaga. África teme uma segunda vaga de Covid-19 e prepara-se para a chegada da vacina, disse hoje a diretora regional da Organização Mundial de Saúde (OMS) para o continente, no balanço semanal da pandemia.

15h41 - Autarcas do Alentejo Central lamentam falta de dados. O presidente da Comunidade Intermunicipal do Alentejo Central (CIMAC), Carlos Pinto de Sá, lamentou hoje a ausência de dados atualizados sobre os casos de Covid-19 nos concelhos do território, alertando que a situação causa "preocupações e dificuldades".

15h39 - Costa quer que 'reuniões do Infarmed' ocorram com regularidade. O primeiro-ministro, António Costa, propôs hoje que as reuniões entre especialistas e políticos sobre a evolução da Covid-19 em Portugal voltem a realizar-se com regularidade, anunciou o secretário-geral adjunto do PS, José Luís Carneiro.

15h33 - Teste negativo obrigatório para embarque para os Açores. Os passageiros que viajarem para os Açores estão obrigados, a partir de sexta-feira, a apresentar antes do embarque um comprovativo de realização de teste de despiste do novo coronavírus com resultado negativo, segundo um diploma hoje publicado.

15h24 - Brasil recebe 120 mil doses de vacina chinesa. O Brasil, um dos países do mundo mais afetados pela pandemia, recebeu hoje 120 mil doses da Coronavac, potencial vacina produzida pelo laboratório chinês Sinovac, que está em fase final de desenvolvimento. 

15h20 - Um em cada quatro professores pertencem a grupos de risco. Cerca de um em cada quatro professores pertencem a algum grupo de risco para a Covid-19, segundo os resultados de um inquérito da Federação Nacional da Educação (FNE) divulgados hoje. Entre os mais de mil docentes inquiridos, 26,4% indicaram pertencer a algum grupo de risco, revela o relatório 'Condições das Escolas no Regresso das Aulas Presenciais'.

15h11 - Segunda vaga mortal no Médio Oriente? Ahmed al-Mandhari, um dirigente da Organização Mundial de Saúde (OMS) avisou hoje que, perante o aumento do número de casos de Covid-19, a única maneira de evitar mortes em massa no Médio Oriente é aplicar restrições e medidas preventivas rapidamente.

15h00 - Alojamento local dá sinais de melhoria. O alojamento local deu sinais de melhoria em setembro, o melhor mês desde o início da pandemia tanto em Lisboa como no Porto, de acordo com os dados revelados pela Confidencial Imobiliário

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório