Meteorologia

  • 27 JANEIRO 2021
Tempo
16º
MIN 14º MÁX 18º

Edição

AO MINUTO: As dúvidas de Marcelo. Novas medidas? Só no sábado

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19 em Portugal e no Mundo.

AO MINUTO: As dúvidas de Marcelo. Novas medidas? Só no sábado

Os dados mais recentes da Direção-Geral da Saúde (DGS) dão conta de 5.891 novos casos deinfeçãopelo novocoronavíruse 79 mortes associadas à doença Covid-19 nas últimas 24 horas. Desde o início dapandemia, Portugal já registou 3.632 mortes e 236.015 contágios pelo SARS-Cov-2, estandoativos78.641 casos, mais 1.555 do que no dia anterior.

Políticos, especialistas e parceiros sociais vão juntar-se novamente para as reuniões sobre aevolução da Covid-19 em Portugal, esta quinta-feira, pelas 10h, no Infarmed, em Lisboa. A última destas reuniões decorreu há mais de dois meses.

Apandemiado novocoronavírus já matou 1.350.275 pessoas no mundodesde que aOMSna China relatou o início da doença emdezembro.

Consulte os mapas da evolução dapandemiado novocoronavírusem Portugaleno Mundo.

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre aCovid-19:

16h - Este registo chega ao fim, mas pode continuar a acompanhar-nos aqui.

15h57 - Stefan Ristovski, internacional macedónio do Sporting, testou positivo para a Covid-19 e está em isolamento, anunciou o jogador nas redes sociais. O lateral leonino esteve ao serviço da sua seleção e encontra-se agora em casa acompanhado pela sua família. O jogador garante, contudo, que tanto ele como a mulher e o filho estão bem de saúde.

Notícias ao Minuto© Instagram/ Stefan Ristovski

15h34 - O primeiro-ministro, António Costa, propôs hoje que as reuniões entre especialistas e políticos sobre a evolução da Covid-19 em Portugal voltem a realizar-se com regularidade, anunciou o secretário-geral adjunto do PS, José Luís Carneiro. A proposta de António Costa foi apresentada na parte final da reunião de hoje, no Infarmed, em Lisboa.

15h27 - O presidente da Junta de Freguesia de Alhandra, em Vila Franca de Xira, disse hoje à agência Lusa que a população está "desesperada" com a situação do lar local onde já morreram 21 idosos de Covid-19. Segundo uma notícia de hoje da TSF, um surto da covid-19 vitimou 21 utentes do lar da Associação do Hospital Civil e Misericórdia de Alhandra, situado no concelho de Vila Franca de Xira, no distrito de Lisboa.

15h15 - Um dirigente da Organização Mundial de Saúde avisou hoje que, perante o aumento do número de casos de Covid-19, a única maneira de evitar mortes em massa no Médio Oriente é aplicar restrições e medidas preventivas rapidamente.

15h03 - Embora os especialistas apontem para uma ligeira desaceleração no valor de transmissão do novo coronavírus em Portugal, a taxa de incidência continua elevada, o que acaba por traduzir-se, inevitavelmente, dia após dia, numa pressão cada vez maior nos hospitais do país. Imagens captadas pela Getty mostram ao mundo o Hospital Curry Cabral, em Lisboa, em plena segunda vaga da pandemia da Covid-19. Notícias ao Minuto © Getty Images

14h56 - As negociações pós-Brexit entre a União Europeia e o Reino Unido voltaram hoje a ser suspensas, "por um curto período", devido a um caso positivo de Covid-19 na equipa comunitária, numa altura decisiva das discussões. Apesar da decisão de suspender as discussões numa altura em que se aproxima o fim do prazo para acordo entre os dois blocos, Michel Barnier garantiu que "as equipas continuarão o seu trabalho no pleno respeito pelas diretrizes" estipuladas no Acordo de Saída.

14h53 - Trezentos elementos da PSP, GNR, SEF e da Proteção Civil vão ser mobilizados para a realização de inquéritos epidemiológicos a doentes com Covid-19 e pessoas em vigilância ativa, avançou hoje à Lusa o Ministério da Administração Interna.

14h38 - MarceloRebelo de Sousa afirmou, após reunião com Infarmed, que uma das ideias mais ouvidas foi a necessidade de renovação do Estado de Emergência. Defende, contudo que "ao lado de medidas comuns a todo o território português, nomeadamente o continental, é importante avançar com medidas especificas que atendam à maior ou menor gravidade da situação nos vários concelhos".

14h07 -O diretor-geral da Organização Internacional para as Migrações (OIM), António Vitorino, apelou hoje à União Europeia (UE) para que garanta o acesso às futuras vacinas da Covid-19 aos migrantes que estão no bloco europeu."O desafio com o qual são confrontados os Estados-membros da UE é o degarantir o acesso à vacina a todas as pessoas no seu território, não apenas os cidadãos, mas também os refugiados, as pessoas deslocadas e os migrantes que se encontram na Europa", defendeu Vitorino, intervindo uma videoconferência sobre migração e asilo.

14h01 - Felgueiras recusa que novas medidas tenham por base dados "desfasados".O presidente da Câmara de Felgueiras defende que o concelho "não pode ser outra vez penalizado" por um "desfasamento" de dados reportados pelas autoridades de saúde, apelando ao Governo para ter "cautela" na sua decisão.

13h55 -Trabalhadores não docentes das escolasem greve dia 7 de dezembro. Odirigente da FNSTFPS, que convocou a greve, explica que em causa estão reivindicações antigas como a falta de pessoal e aprecariedade, problemas antigos que continuam sem resolução e que se agravaram com a pandemia.

"Esta greve faz-se porque o Ministério da Educação e o Governo do PS não estão a responder com a necessidade e a responsabilidade com que deviam estar afazê-lo para as escolas públicas estarem abertas", disse o dirigente sindical Artur Sequeira, sublinhando porém que aFNSTFPS é favorável à manutenção do ensino presencial.

13h48 - O deputado único do Iniciativa Liberal (IL) teve que abandonar a reunião no Infarmedmais cedo e à saída disse, aos jornalistas, que admite que "medidas de contenção são necessárias" e se for preciso do "ponto de vista legal" o Estado de Emergência, "somos os primeiros a defendê-lo", mas sempre com o "equilíbrionecessário para que não sejam mais gravosas para a economia do que a eficácia que têm na pandemia". O que, na opinião do dirigente do IL, não tem acontecido.

13h40 -Há risco de não se conseguir receber todos os doentes em UCI. O alerta sériofoi feito por João Gouveia, da Coordenação da Resposta em Medicina Intensiva,que durante a reunião no Infarmedfoi questionado pelo Presidente Marcelosobre o que pensa quanto à situação de stress nos cuidados intensivos.

"Neste momento, temos 84% de taxa de ocupação das camas de unidades de cuidados intensivos dedicados àCovid-19. Temos o risco de já não conseguir receber todos os doentes que precisem de Medicina Intensiva comCovid-19 e esta situação tem uma variedade regional enorme", afirmou João Gouveia.

"Não acho que estejamos em situação de catástrofe, ainda, mas estamos já em situação derutura"Apesar de ainda haver "almofada", com capacidade de expansão, de poder chegar às 967 camas,o coordenador mostrou-se preocupado por tal estar a ser feito com "sacrifício da assistência aos outros doentes", os não Covid.

13h32 - As autoridades de saúde dinamarquesas acreditam que a mutação do novo coronavírus encontrada em visons, que poderia ameaçar a eficácia de futuras vacinas, esteja erradicada e suspenderam hoje as restrições decretadas há duas semanas na área mais afetada.

13h24 - O gabinete do primeiro-ministro, António Costa, esclareceu, esta quinta-feira, que o Governo ainda não tomou qualquer decisão sobre as novas medidas de combate à pandemia e que qualquer anúncio nesse sentido constitui "pura especulação", remetendo novidades para sábado, depois de votado o Estado de Emergência. "Ao contrário do que tem vindo a ser noticiado, não foram ainda tomadas quaisquer decisões o que não faria sentido ocorrer antes da realização das audições em curso. Existem obviamente diversos cenários que são discutidos com os especialistas mas não foram tomadas quaisquer decisões pelo que qualquer anúncio constitui neste momento pura especulação", pode ler-se numa nota enviada às redações.

13h15 - O presidente da Autoridade Nacional do Medicamento (Infarmed) admitiu hoje que as primeiras vacinações contra a Covid-19 aconteçam no início do próximo ano, dependendo das autorizações da agência europeia que tutela o setor.

13h06 - Uma análise realizada a carne bovina congelada importada do Brasil deu positivo para o novo coronavírus em Wuhan, cidade do centro da China, divulgou na quarta-feira à noite a Comissão de Saúde local. A carne, com um peso total de cerca de 27 toneladas, foi processada no Brasil entre 10 e 27 de junho. O lote chegou ao porto de Tianjin, um dos mais movimentados da China, em 17 de setembro, tendo seguido para Wuhan seis dias depois.

12h59 - A pandemia da doença Covid-19 já causou pelo menos 1.350.275 mortos no mundo desde que o novo coronavírus foi descoberto em dezembro na China. Mais de 56.234.440 casos de infeção foram diagnosticados oficialmente no mesmo período, dos quais 36.029.400 são pessoas consideradas, até à data, como curadas.

12h28 - Depois de agradecer as exposições "claras, diretas e verdadeiras" até agora feitas pelos especialistas na reunião do Infarmed, o Presidente da República interveio para colocar várias perguntas. Marcelo Rebelo de Sousa questionou sobretudo quais as medidas a ser mantidas, como deve ser feita a graduação por grupos de municípios consolante o nível de contágio e se pode ou não existir um terceiro pico, em janeiro e fevereiro do próximo ano.

  • “Qual a situação de stress dos cuidados intensivos?”
  • “Há menor contágio nas escolas? Em que escolas? De grau superior? É importante para saber se faz sentido ou não haver decisões sobre universidades e politécnicos e até o ensino secundário?”
  • “Na vacinação, qual é o calendário?”

12h02 - O epidemiologista Manuel Carmo Gomes afirmou esta quinta-feira, na reunião no Infarmed sobre a evolução epidemiológica da Covid-19 em Portugal, que o pico de óbitos por Covid-19 no país se alcance na segunda semana de dezembro, com 95 a 100 mortes por dia. "A mensagem é esta: nós, em termos globais, estamos a abrandar a epidemia, temos algumas previsões de onde estará o pico, mas não podemos baixar a guarda de maneira nenhuma. Na primeira oportunidade, o R volta a subir. Pensando num futuro próximo, é preciso chegar ao pico, manter as medidas, fazer descer o R significativamente para um nível que seja gerível", defendeu.

11h36 - A região Norte está a registar um abrandamento do crescimento da pandemia de Covid-19, mas a incidência ainda é quase sete vezes superior à registada em abril, segundo um especialista da Faculdade de Ciência da Universidade do Porto. Segundo Óscar Felgueiras, na reunião que decorre no Infarmed, em Lisboa, mesmo onde a pandemia está a crescer, em geral, há abrandamento e, eventualmente, onde está a descer a tendência é de descida em muitas regiões.

11h27 - O Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) alertou hoje para as consequências a longo prazo do impacto da pandemia provocada pelo novo coronavírus na educação, nutrição e bem-estar de crianças e adolescentes. "Durante toda a pandemia da Covid-19, tem havido um mito persistente de que as crianças quase não são afetadas pela doença. Nada poderia estar mais longe da verdade", disse Henrietta Fore, diretora executiva do Unicef.

11h12 - Em conferência de imprensa, para dar conta dos números da Covid-19 na Europa, Hans Kluge, diretor regional da OMS, afirmou que "as vacinas não vão matar o vírus", embora representem "uma grande esperança na luta contra a Covid-19".“A Europa soma 28% dos casos à escala mundial e 26% dos mortos. Uma pessoa morre a cada 17 segundos pelo novo coronavírus na Europa", afirmou, referindo que, apesar destes dados preocupantes, "os confinamentos devem acontecer só em último recurso", uma vez que estes têm levado a outros problemas como o consumo excessivo de álcool e implicações na saúde mental.

11h05 - OSindicato dos Médicos da Zona Sul (SMZS) denuncia esta quinta-feira que, "apesar da dramática falta de recursos do Centro Hospitalar Universitário Lisboa Central (CHULC), recentemente reconhecida pelo Conselho de Administração, a presidente do Centro Hospitalar "insiste numa narrativa totalmente dissociada da realidade". Em causa estão declarações feitas à RTP, esta segunda-feira, em que a presidente do Conselho de Administração do CHULC, Rosa Valente Matos, "recusou admitir que a prestação de atividade a doentes Covid e não-Covid apenas tem sido possível devido ao recurso sistemático a horas extraordinárias e ao extraordinário esforço por parte dos médicos".

10h48 - O diretor do África CDC sublinhou hoje que só a monitorização das "zonas quentes" da pandemia da Covid-19 em África e uma resposta rápida adequada podem "baixar o impacto de uma segunda e eventual terceira vaga no continente". O continente africano ultrapassou hoje os dois milhões de casos de infeção reportados (2.013.388), o que corresponde a 3,6% do total de casos de infeção reportados em todo o mundo.

10h41 - O líder da Igreja ortodoxa grega, o arcebispo Ieronymos, foi hospitalizado com "sintomas ligeiros" de Covid-19. O arcebispo, de 82 anos, teve um teste positivo para o novo coronavírus antes de apresentar febre na quarta-feira, disse hoje o diretor do seu gabinete de imprensa, Harris Konidaris, citado pela agência AFP.

10h12 - A Rússia ultrapassou os 2 milhões de infetados esta quarta-feira depois de registar o maior número de infetados diários, desde o início da pandemia. Esta quinta-feira, o país registou 23.610 novos casos de Covid-19, num total de 2.015.608 casos. Já o valor acumulado de mortes é agora de 34.850, após o registo de mais 463 mortos em 24 horas.

9h34 - Perto de um milhão de pessoas tomaram doses de uma vacina experimental contra o novo coronavírus - desenvolvida pela Sinopharm - através do programa de uso de emergência do país. A China lançou o programa nacional de emergência em Julho, que até agora inclui três vacinas candidatas para trabalhadores essenciais e outros grupos limitados. Apesar de os ensaios clínicos que comprovam a sua segurança e eficácia ainda não estarem concluídos, até agora, não foi reportada qualquer reação adversa por parte daqueles que receberam a vacina, disse a farmacêutica chinesa.

9h26 - Hipertensão e diabetes aumentam risco de danos no cérebro por Covid-19? É o que conclui uma investigação que irá ser apresentada no encontro anual da Sociedade de Radiologia da América do Norte, que revela que certas patologias podem elevar perigosamente a probabilidade de incidência de danos cerebrais, consequentes da Covid-19. Sendo que, de acordo com os investigadores, a hipertensão e diabetes destacam-se como as principais ameaças.

9h14 - Conheça as histórias de Fernando, Rui e António, salvos da morte por Covid-19. Sintomas de febre, cansaço e tosse que se transformaram em meses de internamento em cuidados intensivos e em mais meses de reabilitação pós-infeção por novo coronavírus traduzem-se em "autoridade moral" para pedir: "Protejam-se e cuidem uns dos outros".

8h52 - Uma mulher de 60 anos foi agredida por um casal numa estação de metro de Brooklyn, nos EUA, na sexta-feira passada, depois de lhes ter dito para usarem máscaras de proteção facial. Imagens de videovigilância mostram o momento em que o rapaz empurra a mulher e entra no elevador, ignorando o pedido da mesma. A sexagenária tenta depois impedir a rapariga de entrar, ao que se seguem as agressões.

8h45 - O Hospital de Santa Maria quase esgotou na quarta-feira a capacidade atual de cuidados intensivos para doentes Covid-19, com apenas uma cama livre, mas prevê alargar a capacidade para 28 vagas e, se necessário, chegar às 48. Na quarta-feira, o hospital suspendeu toda a atividade cirúrgica não urgente que implique internamento, por causa da necessidade de resposta à pandemia.

8h37 - A pandemia de Covid-19, a crise económica daí oriunda e as ajudas económicas aos 73 países mais pobres do mundo vão centrar, no próximo fim de semana, a cimeira virtual das 20 economias mais industrializadas do planeta (G20). Organizada pela primeira vez por um país árabe, a Arábia Saudita, e no formato inédito de videoconferência, a cimeira vai abordar a questão das implicações da pandemia no contexto económico e sanitário mundial - a Covid-19 já infetou quase 56 milhões de pessoas e matou mais de 1,3 milhões - e eventuais medidas para relançar a economia no mundo.

8h24 - De acordo com um novo estudo britânico, os elixires bucais podem inativar o novo coronavírus, causador da Covid-19, em apenas 30 segundos. No entanto, apesar da pesquisa sugerir que a utilização da substância pode ajudar a matar o vírus na saliva, até ao momento não há qualquer prova científica de que possa ser usado para tratar o SARS-CoV-2, já que não alcança o trato respiratório ou os pulmões.

8h13 - O continente africano ultrapassou hoje a barreira dos dois milhões de infetados com o novo coronavírus, com a Covid-19 a causar 48.408 mortos, informou o Centro de Controlo e Prevenção de Doenças da União Africana (CDC África). Desde que a primeira infeção continental foi detetada a 14 de fevereiro no Egito, os 55 estados membros da União Africana acumularam 2.013.388 casos. Destes, 1.703.498 pacientes recuperaram.

7h39 - Onúmero de casos confirmados na Alemanha, nas últimas 24 horas, é de 22.609, um valor que aumenta o total acumulado deinfetadosno país para 855.912.Segundo os dados do Instituto Robert Koch, há a registar, também, mais 251 vítimas mortais desde ontem. O país germânico contabiliza, assim, um 13.370 mortes desde o início dapandemia.

7h33 -Os Estados Unidos registaram 1.751 mortos e 157.952 infetados com o novo coronavírus nas últimas 24 horas, segundo a contagem independente da Universidade Johns Hopkins.O total de óbitos desde o início da pandemia cresceu para 250.180 e o de casos para 11.498.515. Os EUA ultrapassam, assim, a marca sombria de 250 mil mortos.

7h31 -O México registou 502 mortos e 3.918 infetados com o novo coronavírus em 24 horas, elevando o total de óbitos para 99.528 e de casos para 1.015.071, informou o Ministério da Saúde.

7h27 -A vacina que está a ser desenvolvida pela universidade de Oxford mostra ser segura e provocar uma resposta imunitária em pessoas mais velhas, segundo um estudo divulgado hoje pela revista científica Lancet. De acordo com os resultados preliminares da segunda fase de testes clínicos hoje publicados, "a vacinabritânicacontra oSARS-CoV-2 mostra resultados de segurança e imunidade em adultos saudáveis com 56 anos ou mais semelhantes aos demonstrados em pessoas com idades entre os 18 e os 55 anos".

7h13 -O Japão está em "alerta máximo" após registar um número recorde de infeções diárias por coronavírus, disse hoje o primeiro-ministro, Yoshihide Suga, sem anunciar novas restrições imediatas. Mais de dois mil casos foram registados quarta-feira no país, incluindo quase 500 em Tóquio, dois novos máximos, de acordo com números oficiais.

7h09 -A Comissão de Saúde da China anunciou hoje ter identificado 12 casos de Covid-19, nas últimas 24 horas, todos oriundos do exterior.Os casos importados foramdetetadosnos municípios de Xangai (leste) eChongqing(centro) e nas províncias deSichuan(sudoeste),Fujian(sudeste),Guangxi(sul), Mongólia Interior (norte),Zhejiang(leste) eGuangdong(sudeste).

7h03 -As reuniões sobre a evolução daCovid-19 em Portugal, que juntam políticos, especialistas e parceiros sociais, vão ser retomadas, a partir das 10h, noInfarmed, em Lisboa. A última foi há mais de dois meses. Estarão em análise assuntos como a eventual prorrogação do estado de emergência, um balanço das medidas tomadas até agora e a tendência da evolução dadoençano país.

7h00 - Bom dia, iniciamos um novo registo. Pode recordar o acompanhamentoanteriorclique aqui.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório