Meteorologia

  • 16 JULHO 2020
Tempo
39º
MIN 25º MÁX 39º

Edição

AO MINUTO: 357 mil óbitos no mundo. Fronteiras com Espanha terão horários

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19 em Portugal e no Mundo.

AO MINUTO: 357 mil óbitos no mundo. Fronteiras com Espanha terão horários

Portugal regista esta quinta-feira 1.369 mortes relacionadas com a Covid-19, mais 13 do que na quarta-feira, e 31.596 infetados, mais 304, segundoDireção-Geral da Saúde. 

O boletim epidemiológico hoje divulgado indica, ainda, que a região Norte continua a ser a que regista o maior número de mortos (761), seguida da região de Lisboa e Vale do Tejo (340), do Centro (237), do Algarve (15), dos Açores (15) e do Alentejo, que regista um óbito.

Recorde-se que as autoridades reuniram-se hoje no Infarmed, pela sétima vez, para analisar a situação epidemiológica em Portugal, na véspera de o Conselho de Ministros decidir em relação à terceira fase de desconfinamento.

Consulte os mapas da evolução da pandemia do novo coronavírus em Portugal e no resto do mundo.

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19 em Portugal e no Mundo:

00h00 - O registo de hoje termina por aqui, será retomado na manhã de sexta-feira. Já sabe, consulte a informação no site da DGS e acompanhe sempre as comunicações das autoridades competentes. Caso tenha sintomas:

SNS24 de Portugal Continental: 808 24 24 24

SNS24 da Madeira: 800 24 24 20

SNS24 dos Açores: 808 24 60 24

Só quer tirar dúvidas? Não assoberbe as linhas telefónicas: [email protected]

23h45 - A situação em Portugal. Portugal regista hoje 1.369 mortes relacionadas com a Covid-19, mais 13 do que no dia anterior. Em comparação com os dados de quarta-feira, em que se registavam 1.356 mortos, hoje constatou-se um aumento de óbitos de 1%.

Em baixo, pode ver uma relação do registo diário de óbitos desde o dia 18 de março, data da primeira morte.

23h30 Os números globais da pandemia, às 23h30 desta quinta-feira:

  • 5,875,366 casos de infeção, dos quais;
  • 2,573,872 estão recuperados (44%);
  • 2,940,871 são casos ativos (50%), dos quais 52,866 estão em estado grave (2%);
  • 360,623 morreram (6%).

Estes dados foram retirados daqui, um mapa global com atualizações automáticas. Aqui pode confirmar os dados disponibilizados hoje pelo Centro Europeu de Prevenção e Controlo de Doenças Transmissíveis (ECDC), mas estes não incluem os números avançados pelos diversos países ao longo do dia.

23h09 - Algumas atualizações sobre a pandemia, a nível local:

  • A lotação das praias do concelho de Mafra definida pela Agência Portuguesa do Ambiente (APA) no quadro da pandemia de Covid-19 "é aceitável", disse hoje o presidente da câmara;
  • A Câmara de Santarém perspetiva manter montado o hospital de retaguarda criado na EB2,3 Alexandre Herculano até ao final de junho, tendo em conta que o número de casos da Covid-19 ainda não estagnou, disse o presidente do município;
  • O presidente da Câmara de Monção apresentou hoje ao executivo municipal um plano de apoio a famílias, empresas e instituições, no valor de um milhão de euros, para "amenizar" o impacto da pandemia de Covid-19, informou aquela autarquia;
  • O Governo da Madeira aprovou hoje um sistema de financiamento às micro, pequenas e médias empresas, no valor de 2,5 milhões de euros;

23h02 - Hidroxicloroquina muito prejudicial para doentes de cancro com Covid-19. Aglomeram-se os estudos que descobrem os efeitos potencialmente nefastos do antiviral aconselhado por Donald Trump. Investigadores da Sociedade de Clínica Oncológica Americana (American Society of Clinical Oncology, ASCO) apuraram que os doentes de cancro com Covid-19 que foram tratados com a combinação de fármacos que inclui a hidroxicloroquina e o antibiótico azithromycin, para prevenir a infeção, ficaram com três vezes mais hipóteses de morrer num mês do que aqueles que apenas tomaram um dos fármacos.

O estudo apela a que se cesse o uso destes dois fármacos em conjunto em doentes de cancro. "Tratamentos com hidroxicloroquina e azithromycin estão fortemente associados um maior risco de morte", indicou Howard Burris, presidente da ASCO, citado pelo Guardian.

22h48 Presidente queniano repreendeu filho por violar recolhimento obrigatórioUhuru Kenyatta afirmou que o comportamento do filho pôs em perigo a saúde da avó.

22h40 A partir de 1 de junho, fronteiras com Espanha passam a ter horários. Foi hoje publicado em Diário da República um despacho que determina os horários para atravessar a fronteira entre Portugal e Espanha, nas localidades de Rio de Onor (Bragança), Tourém (Vila Real) e Barrancos (Beja), na sequência da pandemia.

22h38 Marcelo agradece acolhimento de sem-abrigo durante pandemia da Covid-19. O presidente da República agradeceu hoje às instituições que têm acolhido sem-abrigo neste período de pandemia de Covid-19 e disse esperar que as coletividades de cultura e recreio possam reabrir o mais rapidamente possível.

22h31 Teatros com custos de reabertura e limites de público que aviões não têm. A descapitalização das companhias de teatro, com a paralisação, desde março, e os custos da reabertura, com encargos acrescidos para desinfeção de instalações, são obstáculos apontados por entidades contactadas pela agência Lusa, sobre o regresso à atividade.

22h14 - O ex-candidato presidencial e ex-autarca de São Paulo, Fernando Haddad (PT), recorreu às redes sociais para criticar a administração brasileira, por causa da pandemia.

21h59 DGS publica orientação para a utilização de espaços culturais. Orientação define um conjunto de medidas a adotar em salas de espetáculos, de exibição de filmes e similares; livrarias, arquivos e bibliotecas; museus, palácios e monumentos e na programação ao ar livre.

21h16 - Atualização a nível global. A pandemia do novo coronavírus já matou 357.311 pessoas e infetou mais de 5,7 milhões em todo o mundo desde dezembro, segundo um balanço da agência AFP, às 19:00 TMG de hoje.

21h07 - Açores. Os passageiros que se encontrem numa ilha dos Açores que não seja a do seu destino final deixam de estar obrigados a seguir viagem até 24 horas após a sua chegada, foi hoje anunciado pelo presidente do Governo Regional.

21h06 - O Centro Bem Estar de Queluz, onde foram detetados 32 casos positivos da Covid-19 e se registaram dois óbitos, vai retomar as visitas na segunda-feira, após um processo de desinfeção, disse hoje à Lusa a diretora da instituição.

20h53 - Marcelo Rebelo de Sousa comentou esta quinta-feira a proposta da Comissão Europeia para o fundo de recuperação económica da União Europeia, indicando que espera que "Conselho esteja à altura da bitola" da Comissão.

20h51 - Momento de celebração. Bebé Dom tem cinco meses e passou 32 dias em coma induzido, mas venceu a Covid-19.

20h49 - Fake news no Brasil. O presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, pediu hoje "limites" a ordens policiais "absurdas" ao defender aliados que são alvo de uma investigação por suspeitas de disseminação de notícias falsas nas redes sociais, acrescentando que o "gabinete do ódio" foi inventado.

Paralelamente, o governo de Bolsonaro é rejeitado por 43% de inquiridos numa sondagem do Instituto Datafolha, hoje divulgada. Segundo a sondagem divulgada pelo jornal Folha de S. Paulo, consideraram o governo brasileiro ótimo ou bom 33% dos entrevistados, regular (22%), enquanto outros 2% declararam não saber ou não quiseram opinar.

20h36 - Impacto no desporto, por cá e lá fora:

  • A Supertaçandido de Oliveira vai deixar de ter prolongamento a partir da próxima edição, decidiu hoje a direção da Federação Portuguesa de Futebol (FPF)
  • A final da Taça de Portugal, que se vai disputar entre Benfica e FC Porto, também poderá ter cinco substituições por equipa;
  • O Lask Linz foi castigado com a perda de seis pontos por ter desrespeitado regras sanitárias relativas à pandemia de covid-19, o que lhe custou a liderança do campeonato austríaco de futebol.

20h23 - A Azores Airlines, do grupo SATA, vai retomar em 15 de junho as ligações aéreas entre Lisboa e Ponta Delgada e Lisboa e a Terceira, bem como entre o Funchal e Ponta Delgada, anunciou hoje a empresa.

20h06 - O presidente de Moçambique, Filipe Nyusi, anunciou hoje a segunda prorrogação do estado de emergência no país, por mais 30 dias. Moçambique registou hoje a segunda morte por Covid-19 e chegou ao total acumulado de 233 casos, com 82 recuperados.

19h53 - A Maratona de Boston foi cancelada pela primeira vez nos seus 124 anos de história, avança o The New York Times. Inicialmente, a prova tinha sido adiada do dia 20 de abril para o dia 14 de setembro. Mas com o número de casos a subir em certos estados, a Boston Athletic Association e o mayor de Boston, Martin Walsh, anunciaram esta quinta-feira que a maratona não teria lugar este ano. 

19h46 - Pelo 22º dia consecutivo, a Madeira não registou qualquer caso de Covid-19. Mantém assim um total de 90 pessoas infetadas, 19 das quais em situação de infeção ativa, informou o Instituto de Administração da Saúde (IASAÚDE).

19h25 Governador da Lombardia está sob proteção da polícia após receber ameaças. Em causa está o descontentamento pela forma como Attilio Fontana geriu o surto de coronavírus, naquela que foi a região mais afetada em Itália.

19h22 - São Tomé regista mais 15 novos casos totalizando 458 acumulados. Os pacientes nos serviços sintomáticos respiratórios aumentaram de três para quatro, os casos recuperados mantêm-se em 68 pessoas, assim como os 12 óbitos.

19h19 - O primeiro-ministro publicou, através do seu perfil de Twitter, algumas imagens da reunião que hoje ocorreu no Infarmed, para analisar a situação epidemiológica em Portugal. António Costa indicou, ainda, que os "próximos passos" serão analisados amanhã "prudentemente", em sede de Conselho de Ministros.

19h05 - França regista novamente 66 mortes nos hospitais nas últimas 24 horas, elevando o número total para 28.662. O número de infetados contabilizados é de 3.325, fixando-se o número total em 149.071. Não foi atualizado o número de mortes em lares e centros sociais.

18h56 - Impacto no desporto, por cá e lá fora:

  • O Vitória de Guimarães, da I Liga portuguesa de futebol, lançou hoje uma campanha para ter fotografias de sócios no Estádio D. Afonso Henriques, durante os jogos à porta fechada no recinto, devido à pandemia;
  • O campeonato russo de futebol, que será retomado a 21 de junho, vai contar com público nas bancadas, anunciou hoje a federação, que recebeu autorização governamental para o efeito;
  • A Liga italiana de futebol vai recomeçar em 20 de junho, depois de mais de dois meses suspensa, devido à Covid-19, anunciou hoje o ministro do Desporto, Vincenzo Spadafora.

18h36 - Um conjunto de pessoas aguarda, dentro dos seus veículos, no Autocine Madrid Race, em Madrid, que comece a exibição ao ar livre do filme 'Grease' (1978), realizado por Randal Kleiser, com John Travolta e Olivia Newton-John.

Notícias ao MinutoUm cinema drive-in em Madrid, na quarta-feira, dia 27 de maio© REUTERS/Sergio Perez

18h35 Governo britânico autoriza grupos de até seis pessoas. Londres vai autorizar o ajuntamento até seis pessoas a partir de segunda-feira no âmbito do plano para aliviar o regime de confinamento em vigor para travar a pandemia de Covid-19, anunciou hoje o primeiro-ministro britânico, Boris Johnson.

18h30 - Número de mortes pela Covid-19 na Rússia será muito superior. As autoridades sanitárias de Moscovo atualizaram hoje o número de mortes associadas ao novo coronavírus, o que parece dissipar as dúvidas sobre um total de óbitos relativamente baixo face à dimensão de casos de infeção

18h21 Novos "focos mostram que precisamos respostas para além da infeção". Marta Temido defendeu esta quinta-feira no Parlamento que enquanto não existir um tratamento ou uma vacina contra a Covid-19, "os riscos de uma segunda permanecem".

Independentemente disso, quis notar: "Assistimos hoje a focos de doença que nos mostram claramente que as respostas de que precisamos vão para além da infeção à SARS-CoV-2. São problemas que reclamam e justificam a existência de um Estado Social, de um Estado solidário, baseado em fortes políticas públicas".

18h13 - Algumas atualizações relacionadas com a pandemia, a nível local:

  • A Associação Académica de Coimbra (AAC) angariou cerca de seis mil euros, no âmbito da campanha solidária 'Das palmas à ação', para apoiar o Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra no combate à pandemia;
  • As farmácias de São João da Madeira assinam na sexta-feira um protocolo que permitirá agilizar o apoio municipal a idosos na aquisição de medicamentos, revelou hoje a autarquia;
  • A Câmara de Alcácer do Sal (Setúbal) solicitou ao Governo a atribuição de um subsídio de insalubridade e risco para os trabalhadores da autarquia, como "compensação" por estarem expostos a "elevado risco de contágio" pela Covid-19;
  • Os deputados do Grupo Municipal do Bloco de Esquerda do Porto defenderam hoje que devem ser asseguradas "respostas" habitacionais às pessoas em condição de sem-abrigo, considerando que a autarquia deve "rapidamente redirecionar as suas prioridades" nesse sentido;
  • Juntas de freguesia de Celorico de Basto, apoiadas pela câmara, exigem a reabertura das extensões de saúde encerradas em março e o "regresso à normalidade" no atendimento no centro de saúde;
  • O presidente da Câmara de Faro disse hoje que vai contratar mais nadadores salvadores para aumentar a área vigiada das quatro praias do concelho, de acordo com a capacidade indicativa de ocupação das praias no contexto da pandemia de Covid-19;
  • A vereação do PS na Câmara de Ponta Delgada propõe a isenção de taxas e um vale de educação mensal para famílias que venham a beneficiar do programa '+ Habitação', permitindo a fixação de pessoas no concelho;
  • A Câmara do Porto disse hoje que os custos de funcionamento do hospital de campanha, montado para aliviar a pressão sobre os dois hospitais da cidade, não devem ultrapassar o valor angariado em donativos;

17h48 - O PSD e o CDS-PP apontaram hoje falhas na resposta do Estado social na pandemia de Covid-19, com o PS a recuperar as críticas aos cortes feitos pelo último executivo destes partidos na saúde e segurança social.

17h32 - Depois de escrever sobre os mais variados assuntos, o presidente norte-americano, Donald Trump, apresentou hoje condolências, nas redes sociais, aos familiares e amigos dos 100.000 mortos com o novo coronavírus nos Estados Unidos, várias horas depois daquele número trágico ter sido ultrapassado na quarta-feira. Esta dramática barreira dos 100 mil mortos contrasta com as palavras do líder republicano, no final de fevereiro: "Está tudo sob controlo, temos feito um ótimo trabalho".

Por outro lado, a Casa Branca anunciou que não divulgará as estimativas económicas para a primeira metade do ano, este verão, recusando-se a fornecer os dados que revelam a recessão provocada pela pandemia de covid-19 nos Estados Unidos. Ficam assim por conhecer os mais variados indicadores económicos e de desemprego no país.

17h31 - A ministra do Trabalho e da Segurança Social disse hoje no Parlamento que os projetos-piloto dos cuidadores informais serão iniciados em junho.

17h29 - Ainda tem presente as regras do confinamento? Recorde-as aqui.

17h09 - Itália com 70 óbitos e 593 novos casos nas últimas 24 horas. Itália totaliza agora 231.732 casos positivos desde o início da pandemia de coronavírus. Já morreram 33.142 pessoas. 

16h56 - Infarmed suspende tratamentos com hidroxicloroquina, avança a Antena 1. Regulador do medicamento português terá tomado a decisão depois da OMS ter optado pela suspensão dos ensaios do fármaco antiviral, utilizado na profilaxia da malária e doenças autoimunes, que parecia obter algum efeito junto de doentes de Covid-19, sendo usado de forma preventiva, mas que inúmeros estudos ligam a efeitos adversos nefastos ao nível cardíaco.

Um estudo publicado pela revista científica The Lancet indicou que tratar a Covid-19 com cloroquina ou hidroxicloroquina não tem benefícios, aumentando o risco de problemas cardíacos e a taxa de letalidade.

Este medicamento é, porém, aconselhado por chefes de Estado como Jair Bolsonaro, no Brasil, e Donald Trump, nos Estados Unidos, uma postura que alguns especialistas dizem ser adotada para que os cidadãos sintam confiança no regresso ao trabalho. Ambos os países, sublinhe-se, defendem o regresso à normalidade o quanto antes. Ambos demonstram, também, os piores números de mortos e infetados a nível mundial.

16h50 - Espanha volta a registar um óbito nas últimas 24 horas e 38 nos últimos sete dias. O Ministério da Saúde de Espanha tem procedido a revisões em baixa do número de mortos e tem corrigido alguns dos dados anteriores. Por esse motivo, de ontem para hoje o total de óbitos regista apenas mais uma vítima e situa-se agora nos 27.119. 

16h37 - Reino Unido com mais 377 mortes e 1.887 casos de infeção nas últimas 24 horas. O Reino Unido está assim próximo de chegar aos 270 mil casos de infeção - contabiliza nesta altura 269.127. O total de mortes ascende às 37.837. 

16h35 - Feira do Livro em agosto. A 90.ª edição da Feira do Livro de Lisboa vai realizar-se nos próximos dias 27 de agosto a 13 de setembro, disse à Lusa a Associação Portuguesa de Editores e Livreiros (APEL).

16h23 - Impacto no desporto (lá fora):

  • Premier League aponta regresso para 17 de junho
  • European Tour de golfe volta em julho com seis provas no Reino Unido
  • Union Berlin afasta único jogador do plantel que rejeitou corte salarial

16h19 - Japão cria novas regras nos parques de diversões, entre as quais não gritar.

16h09 - Ainda que com medidas de proteção, os cinemas chineses reabriram no início deste mês, depois de meses encerrados. Eis alguns posters criados para celebrar a reabertura, mas atentando ao distanciamento, através da colocação digital de máscaras em algumas cenas de filmes conhecidos.

16h03 - Quase metade dos testes de despiste de Covid-19 em Portugal foi feita em maio, o mês em que mais se testou no país desde o início da pandemia, revelou hoje o secretário de Estado da Saúde.

16h00 - Ministra do Trabalho no Parlamento"Em dois meses, com as medidas extraordinárias que criámos, já abrangemos um milhão e 200 mil trabalhadores com apoios pagos, 140 mil empresas no valor global de 620 milhões de euros. Em dois meses, foram criadas medidas extraordinárias para responder às mais diversas situações imprevistas", disse Ana Mendes Godinho, esta quinta-feira. 

15h18 Sonae da Azambuja regista 175 trabalhadores infetados. Dos 833 trabalhadores testados na base logística da Sonae, na Azambuja, 175 acusaram positivo à Covid-19 e encontram-se a recuperar em casa, anunciou hoje a diretora-geral da Saúde na conferência de imprensa diária sobre a pandemia.

15h15 Moradores do bairro da Jamaica. Os moradores do bairro da Jamaica, no Seixal, no distrito de Setúbal, mostraram-se hoje a favor do fecho dos cafés nesta localidade, mas apelaram aos vizinhos e visitantes para seguirem as recomendações e "ficarem em casa".

15h10 - Profissionais de Saúde recuperados. O número de profissionais de saúde recuperados da doença Covid-19 é de 2.161 num total de 3.398 infetados, revelou hoje o secretário de Estado da Saúde. António Lacerda Sales iniciou o briefing sublinhando que “mais de metade de todos os portugueses infetados com Covid-19 estão recuperados”, sublinhando que a taxa de recuperados - entre os casos confirmados - é de 59%.

15h08 - Surto em lar de idosos em Queluz. Um lar de Queluz tem seis funcionários e 32 utentes infetados. "Há uma intervenção em curso neste lar, quer por parte das entidades gestoras do lar, quer por parte das autoridades", anunciou a diretora-geral da Saúde.

15h05 - "Hoje foi conhecido um estudo que dá nota disso: o confinamento não só salvou vidas como evitou o colapso das unidades de cuidados intensivos dos hospitais", afirmou António Lacerda Sales, durante a conferência de imprensa diária da DGS.

15h03 - Recorde abaixo a evolução dos casos confirmados, em números diários, desde o início de abril - quando o país já estava à duas semanas em estado de emergência - até hoje:

15h01 - Chegou agora aqui? Saiba quais são as notícias mais relevantes desta manhã:

  • Escola Nacional de Saúde Pública estima que o número de doentes graves internados nos cuidados intensivos seria o triplo na primeira quinzena de abril sem o confinamento imposto pelo Governo em 19 de março;
  • Alemanha regista 353 novos casos. Há quase 180 mil infetados no total;
  • easyJet vai eliminar 4.500 postos de trabalho por causa da pandemia;
  • Autoridades preparam encerramento dos cafés no bairro da Jamaica, no Seixal;
  • Rússia repete recorde de mortes com 174 vítimas em 24 horas;
  • Portugal pode receber 465 milhões com reforço para Fundo de Transição;
  • Presidente Marcelo Rebelo de Sousa falou à saída da reunião com os especialistas no Auditório do Infarmed: "A fotografia nacional é uma fotografia favorável", disse;
  • Portugal regista 1.369 mortos e 31.596 infetados por Covid-19.

15h00 - Iniciámos um novo registo diário, se quiser conferir as incidências da manhã, por favor, clique aqui.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório