Meteorologia

  • 31 MAIO 2020
Tempo
27º
MIN 19º MÁX 29º

Edição

AO MINUTO: 209 mortes em Portugal; AR aprova renovação da Emergência

No total, mais de 930 mil pessoas foram diagnosticadas com a Covid-19 no mundo inteiro. Morreram mais de 47 mil e mais de 194 mil recuperaram da doença. Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19 em Portugal e no Mundo.

AO MINUTO: 209 mortes em Portugal; AR aprova renovação da Emergência

Depois de esta quarta-feira o Governo, em sede de Conselho de Ministros extraordinário, ter concordado com a renovação do Estado de Emergência proposta pelo Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, cabe aos deputados da Assembleia da República votarem a autorização ao decreto presidencial, cujo texto apresenta algumas alterações face ao decreto de Estado de Emergência anterior.

Se for aprovado no Parlamento, o Conselho de Ministros volta a reunir, desta feita para aprovar as medidas "que regulamentam e tornarão aplicáveis o decreto presidencial de prorrogação do estado de emergência por mais 15 dias", como disse o primeiro-ministro, António Costa. 

Como Marcelo já tinha afirmado, a renovação do Estado de Emergência visa manter a pressão sobre o surto do novo coronavírus em Portugal, que nesta altura infetou 9.034 pessoas e provocou 209 mortes. Outras 68 pessoas recuperaram

Na Europa, Itália e Espanha continuam a apresentar os números mais graves desta pandemia. Em Itália, no total já foram contagiadas mais de 110 mil pessoas e verificaram-se mais de 13 mil vítimas mortais. No entanto, os números diários mostram uma tendência de decrescimento, o que parece indiciar, pelo menos, uma estabilização do surto. Espanha superou esta quarta-feira os 10 mil mortos e contabiliza mais de 110 mil casos de infeção

Os números nos Estados Unidos seguem em sentido oposto aos de Itália, por exemplo, e demonstram que a propagação do vírus parece estar a acelerar. Os Estados Unidos somam já um total de mais de 213 mil casos confirmados e mais de 4.400 mortos

A abordagem do presidente Donald Trump mudou e o líder norte-americano já não esconde que a situação é grave. Trump recusou decretar a quarentena obrigatória no país, mas frisou que "nunca se viu nada como isto"

No mundo inteiro, no total, foram infetadas mais de 930 mil pessoas com o vírus SARS-CoV-2, que causa a doença Covid-19. Mais de 47 mil pessoas morreram e mais de 194 mil recuperaram da doença. Pode acompanhar aqui os dados do centro de pesquisa da Universidade Johns Hopkins, que estão em permanente atualização

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19 em Portugal e no Mundo:

15h30 - Chega ao fim este registo mas pode continuar a acompanhar o AO MINUTO aqui

15h29 - Os jogadores dos plantéis principais masculino e feminino e da equipa B do Atlético de Madrid vão sofrer um corte de 70% nos salários enquanto durar o Estado de Emergência em Espanha. 

15h23 - As forças de segurança e os bombeiros vão ser a partir de hoje prioritários nos testes à Covid-19, anunciou a secretária de Estado da Administração Interna, Patrícia Gaspar. 

15h20 - O Governo Regional dos Açores anunciou que vão ser fixadas cercas sanitárias nos concelhos da ilha de São Miguel, "ficando interditadas as deslocações entre concelhos a partir das 00h00 do dia 3 de abril e até às 00h00 do dia 17 de abril". 

15h16 - A Organização Mundial de Saúde (OMS) vai reavaliar as suas recomendações sobre o uso de máscaras para prevenir a contaminação com Covid-19. Também os Estados Unidos estão a ponderar mudar a sua posição, e podem tornar obrigatório o uso de máscaras. 

15h12 - Milhares de austríacos fizeram download de uma aplicação para telemóvel desenvolvida para ajudar a localizar e saber se os seus contactos foram infetados com o SARS-CoV-2

15h08 - O ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, apelou hoje aos emigrantes portugueses para que não "regressem temporariamente a suas casas" e "terras de origem" com o objetivo de conter a pandemia provocada pelo novo coronavírus.

14h59 - Mais de 95% dos mortos na Europa infetadas pelo novo coronavírus tinham mais de 60 anos, mas os jovens não devem descurar as medidas de proteção, lembrou hoje o responsável da Organização Mundial de Saúde (OMS) para a Europa

"A ideia de que a Covid-19 apenas afeta as pessoas com mais idade é factualmente errada. As pessoas jovens não são invencíveis", afiançou Hans Kluge

14h48 - O Ministério Público alemão está a investigar as circunstâncias da morte de 22 pessoas infetadas com o novo coronavírus num lar de idosos em Wolfsburg. A investigação foi aberta após uma queixa fundamentada por informações facultadas por funcionários da equipa do lar que apontam para uma eventual negligência e uma "situação de higiene catastrófica". 

14h37 - O governo irlandês considera estar no "bom caminho" para suster o avanço do novo coronavírus, após verificar que o número de contagiados é menor que o previsto. O chefe médico adjunto do Ministério da Saúde, Ronan Glynn, confirmou que o endurecimento das medidas de confinamento da população anunciadas na passada sexta-feira estão a produzir resultados.

Até esta quarta-feira, foram registados 212 novos casos da Covid-19, num total de 3.447 positivos e 85 mortos.

14h33 - O primeiro-ministro da Tailândia anunciou um recolher obrigatório no país que entra em vigor já nesta sexta-feira. O recolher obrigatório vai decorrer entre as 22 horas e as 4 horas, revelou Prayuth Chan-ocha. Esta medida visa travar a propagação do coronavírus e quem a infringir enfrenta uma pena de prisão que pode chegar aos dois anos, avança o The Guardian. 

14h25 - O primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, continua a sentir "sintomas ligeiros" de infeção pelo novo coronavírus, afirmou um porta-voz, acrescentando que Johnson está a seguir "as indicações do sistema de saúde de Inglaterra". 

14h21 - Dezasseis bombeiros dos Sapadores de Braga acusaram positivo nos testes de despistagem da Covid-19 e estão em casa em isolamento, sendo que a esmagadora maioria não apresenta "grandes sintomas", disse hoje o presidente da Câmara minhota, Ricardo Rio. 

14h20 - A União Africana estimou hoje que, no final de abril, haverá países no continente a ultrapassar os 10 mil casos de Covid-19, assinalando que as infeções estão a crescer de forma "brusca" e "consistente".

14h16 - O Departamento de Saúde britânico anunciou que morreram mais 569 pessoas no espaço de 24 horas, elevando o total de mortes causadas pela Covid-19 para 2.921. Desde que o surto teve início no Reino Unido foram diagnosticados 33.718 casos positivos. 

14h08 - O Livre concordou hoje com a renovação do Estado de Emergência, mostrando confiança na conduta do Governo e do Presidente da República na gestão da pandemia mas prometeu estar atento à preservação do estado democrático

14h05 - Espanha terá registado um recorde diário mundial de mortes por Covid-19. Morreram 950 pessoas nas últimas 24 horas

13h57 - Na Índia, foi criado um ventilador que tem o tamanho de uma torradeira. O aparelho já está a ser colocado ao serviço dos profissionais de saúde. A Índia detetou 1.600 casos de infeção e 38 mortes. 

13h43 - Uma bebé de pais infetados pelo novo coronavírus nasceu no Hospital Pedro Hispano, em Matosinhos, na segunda-feira, tendo já feito um primeiro teste que deu negativo. A menina nasceu de cesariana e o primeiro teste à Covid-19 deu negativo, devendo hoje ser-lhe feito um segundo teste.

13h34 - O diretor-geral da Organização Mundial de Saúde disse hoje que, nos próximos dias, o mundo registará mais de um milhão de casos confirmados de Covid-19 e 50.000 mortesTedros Adhanom Ghebreyesus pediu, ainda, que surjam "soluções inovadoras" para proteger comunidades que não dispõem de água limpa ou que vivem em condições onde é difícil manter a recomendada distância social.

13h32 - O mais recente balanço levado a cabo pela agência AFP estima que a pandemia de Covid-19 tenha já provocado a morte de quase 48 mil pessoas em todo o mundo. O número total de infetados já ultrapassou os 944 mil, sendo que Itália (110.574 casos e 13.155 mortes) é, neste momento, o país mais afetado.

13h20 - O governo húngaro não se considerou hoje visado na carta em que 13 países da União Europeia, incluindo Portugal, pedem que as medidas de emergência de combate à pandemia do novo coronavírus se limitem ao estritamente necessário. 

13h13 - O Irão registou, nas últimas 24 horas, 124 mortes e 2.875 novos casos de infeção por Covid-19. O país conta, neste momento, com um total de 50.468 pessoas diagnosticadas com o novo coronavírus e 3.160 vítimas mortais.

12h56 - O secretário de Estado da Saúde, António Sales, anunciou, na conferência de imprensa desta quinta-feira, que, "entre ofertas, compras e empréstimos", o país está "em condições de duplicar a capacidade de ventilação" no combate ao surto de Covid-19. O responsável revelou, ainda, que, "na próxima semana, chegam mais 200 mil testes a Portugal", com o intuito de fortalecer "os mecanismos de resposta do sistema de saúde, capacitando-o para as novas fases da epidemia".

12h52 - O número de vítimas mortais causado pela doença Covid-19 aumentou para 209 em Portugal, numa altura em que o número de infetados é já de 9.034. Há mais 22 óbitos a lamentar face a ontem, mas há uma boa notícia: o número de recuperados subiu para 68.

12h45 - António Costa anunciou hoje que na próxima quarta-feira vai receber delegações dos partidos com representação parlamentar, na véspera de tomar uma decisão sobre a forma como vai decorrer o terceiro período do ano letivo.

12h43 - A Autoridade de Saúde dos Açores elevou hoje para 63 o número de casos positivos de Covid-19 na região, com três novos infetados em São Miguel, dois na Terceira e um na Graciosa

12h38 - A presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, manifestou-se hoje "muito preocupada" com a situação na Hungria, onde o primeiro-ministro, Viktor Orbán, tem agora poderes acrescidos enquanto durar a pandemia da Covid-19. 

"Percebo que os estados-membros devem tomar medidas de urgência para enfrentar a crise sanitária, mas inquieta-me que algumas medidas possam ir longe demais", salientou Von der Leyen

12h32 - A Coreia do Norte reafirmou que não regista nenhum caso de coronavírus, numa declaração feita por um alto responsável pelo setor da Saúde de Pyongyang. A Coreia do Norte declarou no final de janeiro o encerramento das fronteiras e anunciou medidas drásticas de confinamento

12h29 - Bruxelas propôs hoje a adoção de várias medidas de cariz temporário para auxiliar os setores das pescas e da aquicultura, "particularmente atingidos pela disrupção do mercado" provocada pela pandemia, face ao súbito declínio de procura.

12h27 - Mais de 500 mil casos de infeção pelo novo coronavírus foram oficialmente diagnosticados na Europa, mais de metade do total mundial, segundo um balanço da AFP

12h16 - A Feira Nacional da Agricultura foi adiada para o próximo ano. O evento que estava agendado para decorrer entre os dias 6 e 14 de junho, em Santarém, foi reagendado para o período entre 5 e 13 de junho

12h11 - A Comissão Europeia destacou hoje "os desafios" que a pandemia de Covid-19 coloca ao funcionamento das prisões e exortou os estados-membros da União Europeia a "garantirem proteção" aos reclusos e funcionários.

12h08 - O Infarmed pediu hoje a fabricantes e a distribuidores para disponibilizarem de forma continua oxigénio e dispositivos médicos tanto para os hospitais como para as casas dos doentes, no contexto da pandemia de Covid-19. 

11h59 - A Bélgica ultrapassou hoje a barreira das mil mortes pela Covid-19. No total, o país já registou 15.348 casos positivos

11h48 - O Governo da Madeira deu parecer favorável à proposta de prorrogação do estado de emergência durante mais 15 dias em Portugal, anunciou hoje a presidência do executivo. 

11h43 - A operação para o repatriamento de todos os passageiros que se encontravam a bordo do navio de cruzeiro MSC Fantasia, no porto de Lisboa, terminou nesta quarta-feira, anunciou hoje o Governo. O MSC Fantasia, proveniente do Brasil, acostou a 22 de março no porto de Lisboa com 1.338 passageiros a bordo.

11h24 - Decreto presidencial para o prolongamento do Estado de Emergência foi aprovado no Parlamento. O decreto foi aprovado com os votos a favor do PS, PSD, Bloco de Esquerda, CDS-PP e PAN. O PCP, 'Os Verdes', o Chega e a deputada não-inscrita Joacine Katar Moreira abstiveram-se. Apenas o Iniciativa Liberal votou contra a renovação do Estado de Emergência por mais 15 dias. 

O Governo vai reunir-se à tarde em sede de Conselho de Ministros para definir as medidas concretas deste decreto. 

11h14 - O primeiro-ministro fala no hemiciclo em nome do Governo e realça a importância de prolongar o Estado de Emergência. "Se há 15 dias era absolutamente necessário impor o Estado de Emergência, hoje é absolutamente necessário impor o Estado de Emergência", ressalvou António Costa

O líder do Governo assegurou que "seria uma mensagem errada não renovar o Estado de Emergência" e voltou a indicar que "ainda é cedo para qualquer um de nós antever a luz ao fundo do túnel".

O primeiro-ministro terminou a sua intervenção com palavras de esperança no futuro. "É o momento de começar a pensar como é que vamos viver depois deste túnel da Emergência e da pandemia, porque há mais vida para viver", destacou. 

11h09 - Os partidos Chega e Iniciativa Liberal revelaram que não vão votar a favor da renovação do Estado de Emergência

11h02 - O Partidos 'Os Verdes' admitiu ser "imperioso prosseguir com as medidas de contenção", que não devem ser confundidas com o Estado de Emergência. José Luís Ferreira assinalou que as medidas restritivas mais efetivas foram implementadas antes de vigorar o Estado de Emergência. 'Os Verdes' vão voltar a abster-se na votação

10h57 - O PAN considera que o Governo "deve ir mais longe na restrição dos movimentos, nos testes e nos rastreios, no apoio às famílias". André Silva indicou desta forma o apoio do partido à renovação do Estado de Emergência. 

10h51 - Telmo Correia, deputado do CDS-PP, elogiou o cumprimento do Estado de Emergência e afirmou que o partido vai votar a favor do seu prolongamento.

10h47 - O PCP mantém a sua postura relativamente à forma como o Estado de Emergência está a ser usado. "O Estado de Emergência não pode impor uma lei da selva", destacou João Oliveira, líder parlamentar do PCP, assinalando que o partido poderá optar pela abstenção, como já tinha feito quando foi votado o decreto do Estado de Emergência. 

10h38 - Catarina Martins, a coordenadora do Bloco de Esquerda, assinalou hoje que o Estado de Emergência é necessário para evitar a rutura do Serviço Nacional de Saúde, mas considerou que o decreto não deveria conter "referências ao direito à greve e direito à resistência".

10h35 - Espanha registou um novo máximo diário e ultrapassou os 10 mil mortos causados pela Covid-19. Foram detetados mais de oito mil novos casos positivos, o que aumentou o total para 110.238 pessoas infetadas. Mais de 26 mil pessoas recuperaram. 

10h28 - Rui Rio, presidente do PSD, destacou na sua intervenção no hemiciclo que "sem Estado de Emergência teria sido um desastre", antes de revelar que o PSD vai votar favoravelmente o decreto presidencial para a renovação do Estado de Emergência

Rio sublinhou que "vivemos um drama em que o que é bom para a saúde é mau para a economia" e referiu que é preciso apoiar as empresas e as famílias "com muito rigor" e "com critério". 

Depois o líder social-democrata dirigiu palavras fortes à banca. "A banca não pode querer ganhar dinheiro com a crise. O objetivo da banca tem de ser lucro zero em 2020 e em 2021 (...) Se apresentar lucros avultados, esses lucros serão uma vergonha e uma ingratidão para com os portugueses"

10h22 - Ana Catarina Mendes, a líder parlamentar do PS, anunciou que o partido vai votar a favor do prolongamento do Estado de Emergência

"O Estado de Emergência acarreta sempre riscos. Mas temos a garantia de que não vai ser instrumentalizado como está a acontecer noutros países", observou Ana Catarina Mendes. 

10h05 - Começou o plenário no hemiciclo da Assembleia de República no qual será debatido e votado o decreto presidencial de prolongamento do Estado de Emergência

9h59 - Groundforce Portugal anunciou que vai colocar mais de 2.400 trabalhadores em lay-off, sendo que 69 terão o seu horário de trabalho reduzido e os administradores executivos propuseram uma redução de 30% do salário. A empresa frisa que foi "fortemente afetada pela paragem de quase toda a frota TAP".

9h53 - As autoridades russas revelaram que foram diagnosticados 771 novos casos positivos de Covid-19 no espaço de 24 horas, o que representa um recorde diário. O país contabiliza 3.458 casos de infeção e 30 vítimas mortais. 

9h49 - A Comissão Nacional de Saúde da China anunciou, esta quinta-feira, que o país registou apenas 35 novos casos de infeção por Covid-19, todos eles em cidadãos que chegaram recentemente do estrangeiro. Face ao número de casos importados, o governo de Pequim decidiu repor algumas medidas restritivas para evitar uma segunda vaga pandémica

9h44 - O ministro iraniano dos Negócios Estrangeiros, Javad Zarif, criticou a resposta de Trump à pandemia, argumentando que o presidente norte-americano está a usar a crise para obter ganhos políticos. 

"Nós nunca testemunhámos na história uma utilização tão hedionda de uma catástrofe humanitária para vingança e para espalhar o ódio e fazer uma exploração eleitoral como o atual presidente americano e a sua equipa estão a fazer", afirmou Zarif, adianta a agência estatal IRNA

9h37 - O principal especialista de infecciologia dos Estados Unidos e consultor da Casa Branca, Anthony Fauci, vai passar a ter segurança reforçada no seguimento de ameaças que tem recebido por parte de autores de teorias da conspiração, que o acusam de tentar minar a reeleição de Donald Trump.  

9h25 - O músico norte-americano de jazz Ellis Marsalis morreu infetado pelo novo coronavírus. O pianista de 85 anos estava internado no hospital desde sábado. 

9h22 - O governo do Canadá vai destinar 71 mil milhões de dólares canadianos (45 mil milhões de euros), através de um fundo de compensação salarial, para as empresas poderem suportar 75% dos ordenados dos funcionários

9h11 - Blaise Matuidi, companheiro de equipa de Cristiano Ronaldo na Juventus, voltou a testar positivo para a Covid-19 e vai permanecer mais 14 dias em quarentena

9h08 - De acordo com estimativas das Nações Unidas (ONU), duas em cada cinco pessoas em todo o mundo, ou seja, 3 mil milhões de pessoas, não têm água potável ou sabão em casa para lavar as mãos, uma medida considerada "crítica" na prevenção de várias doenças, incluindo o novo coronavírus

9h04 - O governo grego impôs hoje o confinamento a mais de duas mil pessoas que vivem no campo de refugiados de Ritsona, após terem sido detetados 20 casos da Covid-19. 

9h01 - O Papa Francisco rezou hoje pelos sem-abrigo na missa matinal, pedindo às pessoas que mostrem proximidade "nestes dias de dor e tristeza" devido à pandemia.

8h59 - Os 25 idosos que contraíram o novo coronavírus num lar em Alvaiázere encontram-se estáveis e assintomáticos, disse à agência Lusa a presidente da Câmara, Célia Marques. 

"Tendo em conta o quadro estável dos utentes do lar 'Solar Dona Maria', as autoridades de saúde decidiram manter os idosos infetados na instituição e colocar em isolamento os dois utentes que testaram negativo", referiu a autarca

8h56 - O ministro da Saúde de Israel, Yaakov Litzman, está infetado com a Covid-19, anunciaram hoje as autoridades daquele país. Litzman, de 71 anos, e a sua mulher, que também tem o vírus, estão isolados, sentem-se bem e estão a ser tratados.

8h54 - Marcelo Rebelo de Sousa elogiou hoje a ação dos agentes das forças e serviços de segurança na sensibilização dos portugueses para o cumprimento das medidas decretadas durante o Estado de Emergência

"Cada um de vós é essencial para o cumprimento deste objetivo de interesse nacional, por isso pede o Presidente da República, a cada um de vós, que continuem a cumprir, com o mesmo rigor e profissionalismo, a vossa missão, para bem dos portugueses e de Portugal", realçou Marcelo

8h50 - O município de Ovar ativa hoje um serviço telefónico de apoio médico destinado a libertar a linha Saúde 24 e a garantir à população local aconselhamento profissional em caso de suspeita de contaminação por Covid-19.

8h46 - O antigo Presidente da República, Ramalho Eanes, fez um apelo ao espírito de união e de corresponsabilidade para se vencer a "batalha" contra a pandemia de Covid-19. "O eu, o meu interesse, o meu idealismo, estão ultrapassados", sublinhou durante uma entrevista à RTP.

"Nós, os velhos devemos dar o exemplo: não sairmos de casa, recorrermos sistematicamente aos cuidados que nos são indicados. E mais, quando chegarmos ao hospital, se for necessário, oferecemos o nosso ventilador ao homem que tem mulher e filhos", salientou Ramalho Eanes

8h39 - A British Medical Association redigiu um documento no qual fez recomendações aos profissionais de saúde que combatem o surto de Covid-19 no Reino Unido. Uma das recomendações feitas é de que devem dar prioridade a "pacientes com maior probabilidade de sobrevivência".

8h33 - Durante um discurso à nação, o primeiro-ministro australiano, Scott Morrison, não evitou as lágrimas. Morrison recordou os relatos da avó sobre as consequências da Grande Depressão, e comparou-as à pandemia de Covid-19

Na Austrália foram detetados até ao momento 5.106 casos positivos e morreram 23 pessoas. 

8h27 - Conhecido pelas suas afirmações polémicas, Rodrigo Duterte, o presidente das Filipinas, volta a centrar atenções. Duterte avisou a população filipina que deu ordens às autoridades para disparar sobre quem desrespeitar as medidas de combate à propagação do novo coronavírus

"As minhas ordens para a polícia e para os militares são que, se houver problemas e se houver uma ocasião em que tenham de ripostar e as suas vidas estejam em perigo, matem-nos a tiro. Percebido? Mortos em vez de a causar problemas. Vou enterrar-vos", disse o presidente das Filipinas. 

8h21 - As despesas que as autarquias vão realizar para combater a pandemia de Covid-19 vão ficar de fora dos limites de endividamento previstos na Lei das Finanças Locais, medida que também abrange os municípios sujeitos a programas de ajustamento, referiu a ministra da Modernização do Estado e da Administração Pública, Alexandra Leitão.

8h05 - Uma das mais prósperas cidades chinesas, Shenzhen, emitiu hoje a proibição mais abrangente até à data de criação e consumo de animais selvagens, num esforço para evitar um surto futuro do coronavírus.

Esta proibição prevê multas a partir dos 150 mil yuans (19.000 euros), um valor que aumentou consideravelmente.

7h54 - As empresas portuguesas estão com dificuldades no acesso aos apoios anunciados pelo Governo, para fazer face ao impacto da pandemia de Covid-19, de acordo com um inquérito levado a cabo pela Câmara de Comércio e Indústria Portuguesa. 

"Para 66,1% das empresas que responderam ao inquérito promovido pela CCIP a maior dificuldade é a imprevisibilidade decorrente das sucessivas alterações às medidas", indicou a confederação. 

7h49 - O Instituto Robert Koch anunciou esta quinta-feira que foram registados mais de seis mil novos casos de Covid-19 nas últimas 24 horas na Alemanha, o que elevou para 73.522 o total de casos no país. Morreram 872 pessoas desde o início do surto na Alemanha. 

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório