Meteorologia

  • 21 SETEMBRO 2019
Tempo
20º
MIN 17º MÁX 22º

Edição

Guterres condena atentado no Afeganistão que matou 63 pessoas

O secretário-geral da ONU, António Guterres, condenou hoje o "atentado terrorista horrível" numa festa de casamento no Afeganistão, que matou no sábado 63 pessoas e feriu 182.

Guterres condena atentado no Afeganistão que matou 63 pessoas
Notícias ao Minuto

22:28 - 18/08/19 por Lusa

Mundo Guterres

Guterres expressou as condolências às famílias das vítimas, ao Governo e ao povo afegãos, desejando uma rápida recuperação dos feridos, indicou o seu porta-voz, Stéphane Dujarric.

O atentado, reivindicado hoje pelo grupo extremista Estado Islâmico, ocorreu no sábado num hotel da cidade de Cabul quando houve uma explosão provocada por um suicida.

O ataque foi condenado por organismos internacionais e pelo Presidente do Afeganistão, Ashraf Ghani, que o considerou um "crime contra a humanidade".

Segundo Ashraf Ghani, os talibãs (movimento fundamentalista islâmico) não podem ser desresponsabilizados pelo sucedido, uma vez que "fornecem uma plataforma para os terroristas".

O atentado, condenado pelos talibãs, aconteceu numa altura em que é esperado um acordo de paz entre estes e os Estados Unidos.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório