Meteorologia

  • 21 AGOSTO 2019
Tempo
28º
MIN 25º MÁX 30º

Edição

Anúncio oferecia preservativos para celebrar Dia da Secretária no México

A cadeia de lojas de conveniência responsável pelo anúncio emitiu um pedido de desculpas público após ser alvo de críticas nas redes sociais.

Anúncio oferecia preservativos para celebrar Dia da Secretária no México

Uma cadeia de lojas de conveniência internacional, a Circle K, foi forçada a emitir um pedido de desculpas público no México depois de ter feito um anúncio no Twitter que foi classificado como sexista nas redes sociais. O anúncio pretendia celebrar o 'Dia da Secretária' mas uma das ofertas era um pack com uma garrafa de vinho, um chocolate e uma caixa de preservativos.

A publicação rapidamente ganhou dimensão nas redes sociais com críticas de promover os estereótipos associados às mulheres. O anúncio acabou por ser apagado da conta oficial da marca.

O México celebra diferentes profissões em vários dias ao longo do ano, mas esses festejos não são de grande dimensão nem vão além de um cartã o ou de um pequeno presente. Tradicionalmente flores ou um chocolate. O 'Dia da Secretária' é celebrado normalmente na terceira quarta-feira de julho.

Mas no caso desta 'promoção' muitos consideraram que em vez de honrar as secretárias fazia exatamente o oposto. No anúncio era possível ver três ofertas, duas delas eram uma garrafa de vinha e um chocolate, mas na terceira podia ver-se a combinação com o acréscimo de uma caixa de preservativos por 199 pesos mexicanos (cerca de 9 euros). Ao lado da expressão 'combinação executiva' podia ainda ler-se a sugestiva frase: "If you know what I mean" ("Se é que me entendes").

A senadora mexicana Patrícia Mercado foi uma das críticas ao anúncio. "Ontem vimos novamente uma publicidade sexista que foi retirada depois graças à força da cidadania que não deixa passar estas coisas", pode ler-se num tweet que partilhou na sua conta.

"Esta publicidade não só era sexista por reproduzir estereótipos de género e misoginia por insinuar que o reconhecimento que as secretárias merecem é sexual como promovia uma prática que necessitamos de erradicar o assédio sexual no trabalho", continuou a senadora num tweet de seguimento.

No seu pedido de desculpas, a Circle K disse estar "profundamente arrependida pelos conteúdos partilhados nas suas redes sociais, que pretendiam partilhar uma oferta e nunca promover um estereótipo". Garantiram ainda estar a tomar as "medidas necessárias para que algo semelhante não volte a acontecer".

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório