Meteorologia

  • 19 AGOSTO 2019
Tempo
17º
MIN 16º MÁX 18º

Edição

Governo de São Tomé agraciou tripulação do navio português 'Zaire'

O Governo de São Tomé e Príncipe agraciou o comandante e a tripulação do navio-patrulha português 'Zaire' pela "competência e profissionalismo" na operação salvamento às vítimas do naufrágio do navio 'Anfitriti', foi hoje anunciado.

Governo de São Tomé agraciou tripulação do navio português 'Zaire'

O comandante Bruno Borges Mendes e a guarnição do 'Zaire' foram "agraciados com público louvor" do ministro da Defesa e Ordem Interna numa cerimónia na segunda-feira, no âmbito das comemorações do dia da Independência nacional de São Tomé, de acordo com um comunicado do Estado-Maior-General das Forças Armadas.

Além das operações de busca e salvamento ao naufrágio do 'Anfitriti', em abril último, em que morreram pelo menos oito pessoas, foi ainda sublinhado "o profissionalismo e coragem na intervenção" no combate ao incêndio" no navio 'Ville Abdjan', em maio, para justificar este ato por parte do Governo são-tomense.

O navio-patrulha 'Zaire' está, desde janeiro, em São Tomé e Príncipe numa missão de capacitação da Guarda Costeira do país, prestando ainda apoio às autoridades locais, na fiscalização das águas de jurisdição de São Tomé e Príncipe, segundo a Marinha Portuguesa.

O navio são tomense 'Anfitriti', que faz normalmente a ligação entre as ilhas de São Tomé e do Príncipe, viagem que dura entre seis e oito horas, naufragou às primeiras horas da manhã do dia 25 de abril, já próximo da ilha de destino, com mais de 60 pessoas a bordo.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório