Meteorologia

  • 15 OUTUBRO 2019
Tempo
16º
MIN 12º MÁX 20º

Edição

Tome nota: Cinco coisas que deve saber para começar o seu dia

Tome nota dos principais temas da Economia que marcam a agenda desta sexta-feira, dia 12 de abril.

Tome nota: Cinco coisas que deve saber para começar o seu dia
  • Estudo revela que idade da reforma deveria aumentar. Por que motivo?

O número de pensionistas deverá crescer de 2,7 para 3,3 milhões até 2045, o que deveria levar ao aumento da idade de reforma, para evitar transferências do Orçamento do Estado, refere um estudo a que a Lusa teve acesso. Face ao cenário demográfico e macroeconómico referido num estudo, que será hoje divulgado, em Lisboa, pela Fundação Francisco Manuel dos Santos (FFMS), e que prevê que "o número de pensionistas cresça consideravelmente", entre 2020 e 2045, os seus autores defendem o aumento da idade de reforma.

  • Preço da gasolina vai continuar a subir?

Também esta sexta-feira serão conhecidas as estimativas dos preços dos combustíveis para a próxima semana, mediante as cotações das matérias-primas nos mercados internacionais. A gasolina já sobe há nove semanas consecutivas. Irá manter-se esta tendência? E no caso do gasóleo?

  • Fundo de Estabilização da Segurança Social atinge valor recorde 

O Fundo de Estabilização Financeira da Segurança Social (FEFSS) ultrapassou pela primeira vez em março o valor de 18 mil milhões de euros, tendo aumentado 3,3 mil milhões de euros em três anos, segundo o Ministério do Trabalho.

  • Uber vai mesmo para a bolsa (e a valer 100 mil milhões)

Já se esperava há muito, mas agora é mesmo a sério. A Uber vai entrar para a bolsa norte-americana já em maio, de acordo com os orgãos de comunicação norte-americanos. A plataforma de transporte com motoristas privados está avaliada em 100 mil milhões de dólares (cerca de 89 mil milhões de euros). 

  • Há um novo apoio para contratação de jovens e desempregados 

As empresas que contratem simultaneamente e sem termo jovens desempregados à procura do primeiro emprego e desempregados de longa duração vão dispor de um novo estímulo que combina apoios financeiros à contratação com redução das contribuições. A nova medida de apoio à contratação integra-se no âmbito do 'Contrato-geração' e deverá entrar em vigor durante a próxima semana, segundo o Ministério do Trabalho, da Solidariedade e da Segurança Social.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório