Meteorologia

  • 17 NOVEMBRO 2018
Tempo
17º
MIN 17º MÁX 17º

Edição

Wall Street negoceia em baixa no início da sessão

A bolsa de Nova Iorque negociava hoje em baixa ao início da sessão, no mesmo dia em que Moscovo reiterou não estar ligado ao inquérito sobre acusações de ingerência nas presidenciais 2016 nos EUA.

Wall Street negoceia em baixa no início da sessão
Notícias ao Minuto

15:05 - 08/11/18 por Lusa

Economia Mercados

Às 14:48 (hora de Lisboa), o índice Dow Jones caía uns ligeiros 0,01% para 26.181,29 pontos e o Nasdaq cedia 0,34% para 7.544,46 pontos.

Por sua vez, o índice alargado S&P 500 fixava-se em 2.806,89 pontos, menos 0,25% do que na véspera.

Moscovo reiterou hoje que "não tem nada a ver" com o inquérito norte-americano sobre as acusações de ingerência russa na campanha para as presidenciais de 2016 nos Estados Unidos.

"Esse inquérito é uma dor de cabeça para os nossos colegas americanos. Não tem nada a ver connosco", disse o porta-voz do Kremlin, Dmitri Peskov, aos jornalistas, quando questionado sobre se a demissão do procurador-geral dos EUA, Jeff Sessions, na quarta-feira poderia influenciar a investigação do procurador Robert Mueller.

"Até agora, o que a comissão Mueller produziu dificilmente pode sustentar uma avaliação crítica séria", acrescentou Peskov.

O procurador-geral dos Estados Unidos, Jeff Sessions, demitiu-se do cargo na quarta-feira, a pedido do Presidente norte-americano, Donald Trump.

Numa mensagem na rede social Twitter, Trump anunciou que o chefe de gabinete de Sessions, Matt Whitaker, será o procurador-geral interino.

Na quarta-feira, a bolsa de Nova Iorque encerrou em alta com o índice Dow Jones a valorizar 2,13% para 26.180,30 pontos.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório