Meteorologia

  • 15 DEZEMBRO 2017
Tempo
11º
MIN 10º MÁX 11º

Edição

Nova plataforma de fotografia pode ser solução para artistas emergentes

A associação Procur.arte recebeu um financiamento europeu de dois milhões de euros para criar uma nova plataforma de fotografia e estabelecer relações entre artistas emergentes e instituições numa área com "procura crescente".

Nova plataforma de fotografia pode ser solução para artistas emergentes
Notícias ao Minuto

15:30 - 21/11/17 por Lusa

Tech Arte

O primeiro momento desse projeto é a exposição Parallel Intersection Lisboa, que vai reunir 41 artistas da fotografia contemporânea nacionais e estrangeiros a partir de quinta-feira, numa exposição no Convento da Trindade, e promover o debate sobre a massificação da imagem.

Em declarações à agência Lusa, Nuno Ricou Salgado, da direção da associação cultural e social Procur.arte, com sede em Lisboa, revelou que demorou um ano e meio a preparação deste trabalho, que acabaria por ser escolhido entre 64 candidaturas europeias.

"A competição foi muito forte, mas o projeto de Portugal acabou por ser o escolhido, com mais outros dois", indicou sobre a plataforma, que é lançada esta semana com a exposição e a realização de um debate.

Monica Alcazar Duarte, João Grama, António Júlio Duarte, Phil Toledano, Gaël Bonnefon e Andrejs Strokins serão alguns dos artistas visuais com obras expostas.

A iniciativa do projeto Parallel - European Photo Based Platform partiu da Procur.arte, fundada há 11 anos, que se candidatou aos fundos do programa Europa Criativa, e recebeu apoio para coordená-lo durante quatro anos.

O Parallel - European Photo Based Platform envolve 16 países da União Europeia, 18 instituições artísticas-membro - nacionais e estrangeiras - e 10 parceiros portugueses.

Entre os parceiros portugueses e estrangeiros contam-se O Centro Internacional de Arte José de Guimarães (Portugal), A Fondazione Fotografia Modena (Itália), e a Gaalerie Image (Dinamarca).

No âmbito do orçamento comunitário, através do programa Europa Criativa, o projeto recebeu, em setembro último, o apoio de dois milhões de euros.

Questionado pela Lusa sobre como vai ser usado esse financiamento, Nuno Ricou Salgado explicou que a organização irá receber 500 mil euros por ano para as despesas com a estrutura, produção e viagens que o projeto implica.

Lisboa recebe o primeiro momento da plataforma, este ano, e em 2018 será a vez de Zagreb, na Croácia.

De acordo com o responsável, esta é a primeira plataforma portuguesa dedicada à fotografia, sendo que na Europa existem 15 no género.

"O interesse na fotografia é cada vez maior enquanto objeto artístico, pelos museus e outras instituições, e nota-se igualmente a sua presença crescente nas redes sociais", salientou Nuno Ricou Salgado.

A plataforma irá trabalhar - segundo o responsável - fazendo uma ligação entre artistas emergentes, curadores e exibidores, estreitando as redes existentes nas várias esferas.

O Parallel Intersection Lisboa termina em Torres Vedras, com dois dias de tutorias, para criar parcerias das quais resultarão a produção de novos corpos de trabalho.

Durante quatro anos, decorrerá, anualmente, um Intersection, em diversas cidades europeias, no qual serão expostos trabalhos que resultam do acompanhamento do projeto, que funcionará por ciclos.

Nestes encontros, os artistas, curadores e exibidores juntam-se aos participantes que foram convocados para dar início ao ciclo seguinte, que, por sua vez, resultará num novo encontro Intersection.

A Procur.arte - Associação Cultural e Social de Lisboa, que se tem dedicado a vários projetos culturais, nomeadamente no teatro, focou-se nos últimos anos na área da fotografia para promover esta disciplina e "quebrar barreiras, muitas vezes fictícias, entre estes profissionais".

Seja sempre o primeiro a saber. Acompanhe o site eleito pela Escolha do Consumidor 2017.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Recebe truques e dicas sobre Internet, iPhone, Android, Instagram e Facebook!

O mundo tecnológico em noticias, fotos e vídeos.

Obrigado por ter ativado as notificações de Tech ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório