Meteorologia

  • 21 FEVEREIRO 2024
Tempo
14º
MIN 10º MÁX 20º

AO MINUTO: Marcelo e Costa ouvem peritos amanhã; 23 mil casos no Brasil

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19 em Portugal e no Mundo.

AO MINUTO: Marcelo e Costa ouvem peritos amanhã; 23 mil casos no Brasil
Notícias ao Minuto

15:45 - 08/02/21 por Notícias ao Minuto

País Coronavírus

O número de casos e de mortes continua a evidenciar uma tendência de descida em Portugal. Os dados divulgados esta segunda-feira pela Direção-Geral da Saúde (DGS) deram conta de 2.505 novos contágios nas últimas 24 horas, o valor mais baixo desde o dia 28 de dezembro. O número de óbitos foi de 196, o mais baixo desde 18 de janeiro.

Em termos globais, Portugal soma nesta altura 767.919 infeções e 14.354 vítimas mortais. O total de recuperados é de 612 mil.

A descer mantêm-se os casos ativos, que se fixam agora em 140 mil.

Mais de seis mil pessoas estão internadas nos hospitais, dos quais 877 pacientes em unidades de cuidados intensivos.(UCI).

Foi detetado em Portugal um segundo caso da estirpe sul-africana do SARS-CoV-2, mas os dados do Instituto Nacional de Ricardo Jorge (INSA) indicam que a circulação desta variante ainda "é limitada" no país.

Pode consultar nestes mapas interativos a evolução da pandemia de coronavírus em Portugal e no mundo.

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19 em Portugal e no Mundo.

00h00 -Chegou ao fim este registo, mas o acompanhamento será retomado na manhã de terça-feira. Já sabe, acompanhe as comunicações das autoridades competentes e, caso tenha sintomas, contacte:

SNS24 de Portugal Continental: 808 24 24 24

SNS24 da Madeira: 800 24 24 20

SNS24 dos Açores: 808 24 60 24

23h57 - A região italiana de Calábria comprou centenas de milhares de máscaras de proteção contra a Covid-19 a uma empresa que alegadamente está ligada à máfia, revelaram procuradores italianos.

A região negociou a compra das máscaras com um empresário que recentemente foi detido e que os investigadores descrevem como alguém que pertence ao ramo empresarial dos clãs da ‘Ndrangheta de Crotone, na Calábria.

23h54 - Pete Buttigieg, o secretário dos Transportes dos Estados Unidos, vai ficar em isolamento profilático por um período de 14 dias após um dos elementos da sua equipa de segurança ter testado positivo para o coronavírus.

De acordo com a Reuters, Buttigieg não apresenta sintomas e fez um teste PCR esta segunda-feira. Recentemente, recebeu a primeira dose da vacina contra a Covid-19. A segunda dose vai ser-lhe administrada após o período de isolamento profilático.

23h33 - Gaza, que ainda não tem vacinas contra a Covid-19, vai receber as primeiras doses em 14 de fevereiro, enquanto aguarda para iniciar a campanha de vacinação da sua população, disse hoje um funcionário do ministério da Saúde palestiniano.

A Autoridade Nacional Palestiniana (ANP), que já começou a vacinar pessoal da saúde na Cisjordânia, recebeu 10.000 doses da vacina russa Sputnik V na semana passada, e planeia enviar parte dos carregamentos para o enclave costeiro no próximo domingo.

23h17 - A Madeira registou hoje 83 novos casos de Covid-19 e uma morte, elevando para 55 o número de óbitos na região devido ao novo coronavírus desde o início da pandemia, de acordo com a Direção Regional da Saúde.

23h02 - O secretário de Estado para a Saúde Pública informou hoje que Angola registou, nas últimas 24 horas, mais 26 casos novos de Covid-19 e 56 recuperações.

22h35 - O Brasil contabilizou 636 mortes e 23.439 infeções pelo novo coronavírus nas últimas 24 horas, informou hoje o Ministério da Saúde brasileiro. Desde o início da pandemia, foram registados 232.170 óbitos e 9.548.079 casos de Covid-19 no país, de acordo com o último boletim epidemiológico difundido pelo executivo.

22h25 - O bispo de Cartagena, região de Múrcia (Espanha), José Manuel Lorca Planes, vacinou-se contra a Covid-19 sem cumprir o protocolo estabelecido, alegando que presta auxílio a pessoas vulneráveis e, por isso, era prioritário na inoculação.

21h13 - A equipa de especialistas da Organização Mundial de Saúde (OMS) que se encontra na China para tentar descobrir a origem da pandemia de Covid-19 vai dar terça-feira uma conferência de imprensa, anunciou hoje a instituição.

20h44 - O congressista Ron Wright morreu esta segunda-feira devido a complicações associadas à Covid-19. Wright, que tinha 67 anos, é o primeiro congressista norte-americano a morrer vítima da doença causada pelo SARS-CoV-2.

20h43 - Os imigrantes ilegais e indocumentados no Reino Unido terão o direito de ser vacinados gratuitamente contra a Covid-19 sem necessidade de provarem o direito de residência, anunciou hoje o governo britânico.

20h30 - Israel e a Grécia concluíram hoje um acordo para revitalizar o setor turístico que permitirá aos respetivos cidadãos vacinados contra o coronavírus viajarem sem restrições nos dois países.

20h18 - O governo holandês anunciou hoje o prolongamento do recolher obrigatório até 2 de março, medida para tentar travar a propagação da Covid-19 e que tem estado na origem dos piores incidentes registados no país nos últimos 40 anos.

19h57 - O número de mortes de residentes nos lares portugueses por Covid-19 ascende a 3.750 desde o início da pandemia e até 4 de fevereiro, mostram dados da Direção-geral da Saúde (DGS) obtidos pela Agência Lusa.

Do total de mortes de residentes em lares, 1.583 aconteceram entre 4 de janeiro e 4 de fevereiro.

19h48 - O Presidente da República, o primeiro-ministro e os partidos reúnem-se novamente na terça-feira com epidemiologistas, mas desta vez por videoconferência, num momento em que o país se encontra em confinamento geral por causa da Covid-19.

No Infarmed, em Lisboa, a partir das 10h00, estarão presentes a maioria dos epidemiologistas e a ministra da Saúde, Marta Temido.

19h43 - A presidente da Comissão Europeia pediu hoje à União Europeia (UE) para "oferecer uma parte" das suas vacinas à Ucrânia, após Kiev, que recusou a vacina russa, ter solicitado aos europeus ajuda para as obter.

"A UE está ao lado da Ucrânia uma vez que somos uma família europeia", sublinhou Ursula Von der Leyen.

19h41 - Os novos casos de Covid-19 em Portugal caíram para metade na primeira semana de fevereiro quando comparados com a última de janeiro, o pior mês de sempre da pandemia.

19h39 - A Federação Nacional dos Professores (Fenprof) exigiu hoje que o Ministério da Educação regularize diversas situações verificadas no primeiro dia do ensino à distância, como a obrigação de docentes cumprirem o teletrabalho nas próprias escolas.

"Há escolas que estão a impor a presenças dos professores nas suas instalações, sendo nelas que estão obrigados a exercer atividade em regime de teletrabalho", denuncia um ofício da Fenprof enviado ao ministério, no dia em que cerca de 1,2 milhões de alunos do 1.º ao 12.º ano retomaram as atividades letivas através do ensino a distância.

19h31 - As autoridades de saúde francesas referiram esta segunda-feira que foram diagnosticados 4.317 novos contágios por coronavírus e que morreram mais 458 pessoas devido à Covid-19 no espaço de 24 horas. No total, França contabiliza nesta altura 3.341.365 infeções e 79.423 vítimas mortais.

19h27 - A Covid-19 provocou 342 mortes no domicílio em janeiro, mais 183% do que no mês anterior, e mais de metade dos óbitos no domicílio causados pela doença desde o início da pandemia em Portugal, segundo dados oficiais.

18h50 - A presidente do Banco Central Europeu (BCE), Christine Lagarde, afirmou hoje que as restrições adotadas para conter a Covid-19 e as novas variantes do vírus criam "riscos significativos" à economia da zona euro, mas disse ter esperança na vacinação.

"O início das campanhas de vacinação em toda a zona euro proporciona a luz ansiosamente esperada no final do túnel, mas ao mesmo tempo o ressurgimento dos casos de Covid-19, as mutações do vírus e as medidas rigorosas de contenção constituem um risco negativo significativo para a atividade económica da zona euro", declarou.

18h26 - A variante do novo coronavírus inicialmente detetada no Reino Unido está a espalhar-se rapidamente nos Estados Unidos, duplicando o número de casos diários a cada 10 dias, de acordo com um estudo.

Uma equipa de investigadores descobriu que a variante entrou nos Estados Unidos através de vários pontos, em novembro de 2020, e, apesar de revelar uma frequência de deteção relativamente baixa, deverá tornar-se a estirpe do novo coronavírus dominante nos Estados Unidos já em março.

18h17 - O presidente da Comissão de Resposta em Medicina Intensiva para a Covid-19 alertou hoje que o país está "muito perto" do limite de camas de cuidados intensivos e que faltam enfermeiros, mas descarta para já mais ajuda internacional.

"Estamos muito perto do total da expansão da Medicina Intensiva. Nós conseguimos expandir 200 camas, ainda existem mais camas que podemos expandir, mas já estamos praticamente (no limite) em todos os blocos operatórios, em todos os recobros, em quase todos os hospitais, portanto a capacidade já é diminuta e não só por espaço mas sobretudo por recursos humanos, e os recursos humanos que nos fazem falta são intensivistas e principalmente enfermagem", disse João Gouveia, durante uma conferencia de imprensa no Hospital da Luz, em Lisboa.

17h59 - O diretor-geral da Organização Mundial de Saúde (OMS) indicou que a suspensão da vacina de Oxford na África do Sul, na sequência do estudo que indica menos eficácia contra a variante dominante no país, é "preocupante", mas indicou que há aspetos a considerar.

"Ontem, a África do Sul anunciou que ia suspender o início da imunização com a vacina da Oxford-AstraZeneca depois de um estudo mostrar que é marginalmente eficaz na prevenção da doença leve a moderada causada pela primeira variante identificada na África do Sul. Isto é claramente preocupante", disse hoje Tedros Adhanom Ghebreyesus.

"Porém, há algumas ressalvas importantes", acrescentou o diretor da OMS. "Dado o limitado tamanho da amostra do ensaio e o perfil mais jovem e mais saudável dos participantes, é importante determinar se a vacina continua eficaz em prevenir uma doença mais severa".

17h56 -O Ministério da Saúde espanhol reporta, esta segunda-feira, um acréscimo de 47.095 casos de contágio ao balanço total, número que inclui sexta-feira, sábado e domingo, uma vez que os dados não são atualizados ao fim de semana. São também notificados mais 909 óbitos, o maior número reportado pelas comunidades num fim de semana.

O número total de casos de pessoas com diagnóstico positivo é agora de 2.989.085 desde o início da pandemia em Espanha. O número de óbitos é de 62.295.

17h54 - Os hospitais da região Centro registaram no domingo um ligeiro aumento no número de internados em enfermaria e unidades de cuidados intensivos, de acordo com o relatório de hoje da Administração Regional de Saúde do Centro (ARSC).

17h48 - O secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros e da Cooperação disse hoje que Portugal defende que uma parte das 2,3 mil milhões de doses de vacinas contra a Covid-19 encomendadas pela União Europeia seja doada a países africanos.

"Até agora, a União Europeia recebeu alguns milhões de vacinas contra a covid-19 para uma população de 450 milhões, o que não é muito [...] Mas a União Europeia comprou antecipadamente 2,3 biliões de doses, com a possibilidade de doar parte dessas vacinas a outros países. Portugal apoia os esforços para um mecanismo em cadeia e, nesse contexto, precisamos de ajudar África em particular", referiu Francisco André.

"Nenhuma região pode estar a salvo até que todo o mundo esteja protegido contra o vírus e é por isso que as vacinas têm de ser disponibilizadas para os nossos parceiros, especialmente nos países em desenvolvimento", defendeu o Secretário de Estado.

17h24 - Os cidadãos mais ricos do Brasil podem furar a fila da vacinação e serem inoculados antes do previsto. Uma associação de clínicas privadas brasileiras pode fechar um acordo para comprar cinco milhões de vacinas contra a Covid-19. Algo que vai beneficiar uma minoria de brasileiros mais ricos que procuram um processo mais fácil para serem vacinados.

Apesar das críticas, o presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, já prometeu que não vai interferir no negócio.

17h21 - O Hospital de Santo António, no Porto, que recebeu cerca de 30 doentes Covid-19 de Lisboa e Vale do Tejo nas últimas semanas, regista uma situação "estável", embora "difícil" na unidade de cuidados intensivos, descreveu hoje o diretor clínico.

17h02 - A Proteção Civil italiana notificou esta segunda-feira o registo de mais 7.970 novos casos de infeção por novo coronavírus. Itália contabiliza agora um total de 2.644.707 casos positivos confirmados desde o início da pandemia no país, a 21 de fevereiro.

As autoridades de Saúde notificam ainda mais 307 óbitos referentes às últimas 24 horas. O número total de mortes associadas à doença causada pelo vírus SARS-CoV-2 é agora de 91.580, o segundo maior número de mortes associadas à Covid-19 na Europa, depois do Reino Unido (112.798).

16h49 -O Departamento de Saúde e de Assistência Social britânico reporta esta segunda-feira mais 333 mortes associadas à Covid-19. O total de óbitos com teste positivo nos 28 dias anteriores é agora de 112.798.

Foram contabilizados, ainda, mais 14.104 novos casos de contágio. Até ao momento, 3.959.784 pessoas obtiveram diagnóstico positivo no conjunto da região, que inclui Inglaterra, Escócia, País de Gales e Irlanda do Norte.

16h46 - Portugal deixou de ser o país com mais novos contágios pelo novo coronavírus por milhão de habitantes nos últimos sete dias, mas continua à frente no número de mortos, segundo os números do site estatístico Our World in Data.

Portugal era hoje o sétimo país do mundo de alguma dimensão com mais novos casos por dia confirmados por milhão de habitantes (344), superado por Israel (753), República Checa (454), Peru (414), Albânia (390), Brasil (364) e Bahrain (362).

Quanto à média diária de mortes por milhão de habitantes, Portugal continua no topo da lista, com 20 novos óbitos diários por milhão.

16h44 - A ministra da Saúde, Marta Temido, assumiu hoje a preferência pelo tratamento dos doentes com Covid-19 em Portugal ao invés de os transferir para outros países que se mostraram disponíveis para ajudar nesta fase mais aguda da pandemia.

"São hipóteses que, obviamente, consideramos com a maior atenção, sendo certo que, por razões de estabilidade do próprio doente e de resposta em saúde junto do meio familiar, preferiríamos garantir o tratamento no nosso país e o mais possível junto de casa. É um esforço que continuaremos a tentar fazer", disse hoje a governante, a propósito das propostas de auxílio que chegaram de Espanha e da Áustria.

16h32 - Os serviços de saúde identificaram 957 mil pessoas para vacinar contra a Covid-19 correspondentes a idosos acima de 80 anos e pessoas entre os 50 e os 79 com uma das comorbilidades de risco, adiantou hoje o Governo.

16h30 - O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, vai ouvir os nove partidos com assento parlamentar, por videoconferência, entre terça e quarta-feira sobre a renovação do Estado de Emergência.

De acordo com uma nota da Presidência da República enviada à comunicação social, as audiências acontecerão por ordem crescente de representação parlamentar, com Iniciativa Liberal, Chega, PEV, PAN e CDS-PP ouvidos na terça-feira, a partir das 15h00.

PCP, Bloco de Esquerda, PSD e PS serão ouvidos a partir das 15h15 quarta-feira pelo chefe de Estado, que estará no Palácio de Belém.

16h03 - O Ministério da Saúde está a avaliar junto da Direção-Geral da Saúde (DGS) o possível alargamento dos critérios para a realização de testes de diagnóstico ao novo coronavírus no rastreio de contactos, revelou hoje a ministra Marta Temido.

"Neste momento, os testes são sobretudo preconizados para os contactos de alto risco e aquilo que pedimos que fosse avaliado tecnicamente era a possibilidade de o teste ser mais abrangente, independentemente do risco do contacto", afirmou a governante.

16h02 - Mais de 70% dos 308 concelhos portugueses estão em risco extremo devido ao número de casos de Covid-19, tendo registado uma taxa de incidência acumulada superior a 960 por 100 mil habitantes, entre 20 de janeiro e 2 de fevereiro, segundo dados oficiais.

16h00 - O conselheiro da diáspora madeirense na África do Sul criticou hoje o Governo português por permitir o envolvimento de médicos europeus no combate à pandemia da Covid-19 em detrimento de profissionais de saúde portugueses e lusodescendentes.

"Como é que os alemães ultrapassam a Ordem dos Médicos, há critérios diferentes?" - questionou José Nascimento, sublinhando que "um dos requisitos que a Ordem exige para que os profissionais lusodescendentes não residentes sejam reconhecidos profissionalmente no país é o domínio da língua portuguesa".

15h28 - A equipa de profissionais de saúde enviada pela Alemanha elogiou as condições no Hospital da Luz e frisou numa conferência de imprensa que tem "apenas um objetivo: salvar vidas". "É nisso que estamos concentrados", acrescentou o chefe da equipa alemã.

15h26 - Quase 400 mil doses da vacina contra a Covid-19 foram administradas até às 13h00 de hoje, disse a ministra da Saúde, Marta Temido, revelando que esta semana inicia a vacinação de profissionais de serviços não essenciais.

Leia Também: AO MINUTO: Portugal com 196 mortes. Valor mais baixo desde 18 de janeiro

Recomendados para si

;
Campo obrigatório