Meteorologia

  • 21 FEVEREIRO 2024
Tempo
18º
MIN 10º MÁX 20º

Covid-19. Bispo de Cartagena vacinou-se sem pertencer a grupo prioritário

O bispo de Cartagena, região de Múrcia (Espanha), José Manuel Lorca Planes, vacinou-se contra a covid-19 sem cumprir o protocolo estabelecido, alegando que presta auxílio a pessoas vulneráveis e, por isso, era prioritário na inoculação.

Covid-19. Bispo de Cartagena vacinou-se sem pertencer a grupo prioritário
Notícias ao Minuto

21:34 - 08/02/21 por Lusa

Mundo Covid-19

Em comunicado, o bispado dá conta de que Lorca Planes recebeu a primeira dose no mesmo centro onde todos os anos recebe a vacina contra a gripe sazonal, que pertencia à diocese de Cartagena.

Contudo, o prelado não consta nos grupos prioritários definidos pelas autoridades sanitárias de Espanha, pelo que, apesar de alegar assiduidade regular a uma instituição de auxílio a pessoas vulneráveis.

De acordo com a diocese, o bispo preencheu o formulário de consentimento necessário para as autoridades sanitárias autorizarem a inoculação, poucos dias antes de ser vacinado, mas não é clarificado se o departamento autonómico deu o consentimento.

O bispado acrescentou que o prelado não acreditou "em nenhum momento estar a atuar mal" e "jamais" contemplou a possibilidade de faltarem doses da vacina contra o SARS-CoV-2 a grupos prioritários -- definidos pelas autoridades sanitárias de Espanha.

Por isso, Lorca Planes disse que não vai receber a segunda dose da vacina contra a covid-19, que teria de ser recebida nos próximos dias para cumprir a planificação prevista e melhorar as chances de imunidade, ou seja, um intervale de três semanas entre a primeira e a segunda dose.

Espanha contabiliza desde o início da pandemia quase três milhões de infeções (2.989.085) e mais de 60.000 pessoas morreram por complicações associaddas à covid-19.

Recomendados para si

;
Campo obrigatório